PESQUISA CONSULT/BLOGDOBG/98FM DEPUTADO FEDERAL: Walter Alves tem 3,24%, Benes Leocádio, 1,88%, Fábio Faria, 1,71% e Mineiro, 1,65%

O deputado federal Walter Alves ´(3,24%), o ex-prefeito de Lajes, Benes Leocádio (1,88%), o deputado federal Fábio Faria (1,71%), o estadual Mineiro (1,65%) e o senador José Agripino (1,29%) são os mais citados, espontaneamente, para deputado federal.

Depois deles, Natália Bonavides e Beto Rosado têm 0,94%. Caramuru marcou 0,59% e Gilvan Alves tem 0,47%.

João Maia, General Girão e Rafael Motta marcam 0,41%

Carla Dickson, Lawrence Amorim e Eucana Samuel aparecem com 0,35% cada. Karla Veruska pontuou 0,29%.

Com 0,24% aparecem Kerinho, Abraão Lincoln, Mestre Raimundo e Walter Fernades.

Pastor Sandoval, Rogério Marinho e Anderson Alves têm 0,18%.

Na lista dos que pontuaram 0,12% aparecem Jaime Groff, Garibaldi Leite, Thiago Cartaxo, Ana Michele, Bertone, Ricardo Motta, Vivaldo Costa, Márcio Cavalcanti, Hildebrando, Dra. Vanessa, Nelter Queiroz, Gilberto, Kelps Lima, Jumaria Costa, Robson Carvalho e Cacilda.

Por fim, com uma citação, ou 0,06% aparecem Henrique Alves, Major Moreira, Cristiane Dantas, Bispo Francisco de Assis, Ezequiel Ferreira, Keke, Katrim Paula, Juliana Cordeiro, Felipe Maia, Leleu Fontes, João Pedro, Francisco do PT, Kleber Rodrigues, Dr. Fernando, Ze Coco, Confessor, Getúlio Rego, Luis Carlos, Coronel Gomes, Carlos Augusto, Renato Fernandes, Albert Dickson, Henrique, Gláucio Tavares, Marcinho do PSL, Márcia Maia, Arthur Dutra, Professora Viviane, Silvino Baú e Jackon Bezerra.

Os entrevistados que não souberam ou não quiseram responder são 58,24% e 21,35% afirmam que não votarão em nenhum.

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 7 de setembro em todas as 12 regiões do Estado. Foram feitas 1.700 entrevistas, com margem de erro de 2,3% e índice de confiabilidade de 95%. O levantamento foi registrado no TSE sob o protocolo RN-08648/2018.


PESQUISA CONSULT/BLOGDOBG/98FM GOVERNO: Governo Robinson é desaprovado por 74,88%

A gestão do governador Robinson Faria é desaprovada por 74,88% dos eleitores, indica pesquisa Consult.

Já 15,88% aprovam a administração atual e 9,94% não souberam responder.

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 7 de setembro em todas as 12 regiões do Estado. Foram feitas 1.700 entrevistas, com margem de erro de 2,3% e índice de confiabilidade de 95%. O levantamento foi registrado no TSE sob o protocolo RN-08648/2018.


PESQUISA CONSULT/BLOGDOBG/98FM GOVERNO ESTIMULADA: Fátima tem 32%, Carlos Eduardo, 17,65% e Robinson, 10,53%

A senadora Fátima Bezerra lidera a corrida pelo Governo do Estado com 32% de intenções de votos, no cenário estimulado, ou seja, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados.

Nesse cenário, o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, marcou 17,65% e o atual governador, Robinson Faria, tem 10,53%.

Brenno Queiroga tem 1,18% e os demais não pontuaram acima de um ponto percentual.

14,88% não souberam ou não quiseram responder e 22,65% afirmam que não votarão em ninguém.

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 7 de setembro em todas as 12 regiões do Estado. Foram feitas 1.700 entrevistas, com margem de erro de 2,3% e índice de confiabilidade de 95%. O levantamento foi registrado no TSE sob o protocolo RN-08648/2018.


PESQUISA CONSULT/BLOGDOBG/98FM SENADO ESTIMULADA 1º VOTO: Styvenson tem 18,53%, Garibaldi, 14,88% e Zenaide, 11,94%

O capitão Styvenson Valentim lidera as intenções de voto para o primeiro voto do Senado com 18,53% das citações.

Ele é seguido por Garibaldi Filho (14,88%) e Zenaide Maia (11,94%).

Geraldo Melo tem 7,18% e Antônio Jácome marcou 2,18%, acompanhado por Magnólia, com 1,35%. Os demais não pontuaram acima de um ponto percentual.

Os entrevistados que não souberam ou não quiseram responder são 17,47% e 25,18% afirmam que não votarão em ninguém.

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 7 de setembro em todas as 12 regiões do Estado. Foram feitas 1.700 entrevistas, com margem de erro de 2,3% e índice de confiabilidade de 95%. O levantamento foi registrado no TSE sob o protocolo RN-08648/2018.


Hospital diz que Bolsonaro terá de fazer nova cirurgia ‘de grande porte’; estado do presidenciável “ainda é grave”

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) terá que passar por uma nova cirurgia de grande porte para reconstruir o trânsito intestinal e retirar bolsa de colostomia, informou o boletim médico divulgado na manhã desta segunda-feira pelo Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Atingido por uma facada durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG), na quinta-feira, o candidato segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A colostomia foi feita em função de lesões graves do intestino grosso e delgado. Ainda de acordo com o comunicado, o estado do presidenciável “ainda é grave”, mas sem sinais de infecção.

Bolsonaro permanece também com sonda gástrica aberta e em paralisia intestinal, que ocorre habitualmente depois de grandes cirurgias e traumas abdominais.

A rotina de Bolsonaro inclui sessões de fisioterapia respiratória e motora e ele se alimenta por via endovenosa.

Os relatórios médicos de Bolsonaro só são divulgados após aprovação da família. Desde sexta-feira, estão sempre sendo assinados equipe médica responsável pelo candidato: o cirurgião Antonio Luiz Macedo e o cardiologista Leandro Santini Echenique, além de Miguel Cendoroglo, diretor superintendente do hospital.

Bolsonaro foi atingido por uma facada na última quinta-feira, quando participava de uma caminhada no Centro de Juiz de Fora. Na ocasião, foi submetido a uma cirurgia de emergência para estancar uma hemorragia em um hospital da cidade. No dia seguinte, o candidato foi transferido para o Einstein.

O Globo


Ex-prefeito de Ruy Barbosa recebem Vivaldo e caminham pelas ruas da cidade

A cidade de Ruy Barbosa, localizada na Boborema Potiguar, recebeu neste domingo (9) o deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) em grande movimentação política. O Papa Jerimum foi recebido pelos ex-prefeitos Dr. João e Nica que caminharam e fizeram comícios relâmpagos pela cidade recebendo o carinho do povo.

Dr. João e Nica fizeram questão de ressaltar a história política de Vivaldo. Relembrou que através da medicina, o Papa Jerimum já salvou muita gente e que na política é um homem íntegro que nunca envergonhou sua gente e que representará o povo de Ruy Barbosa.

Os ex-prefeitos estão empenhados em renovar o mandato de Vivaldo na assembleia legislativa.


Hermano cumpre agenda no Seridó

O deputado estadual bem candidato a reeleição, Hermano Morais (MDB), foi à região do Seridó neste domingo, onde cumpriu agenda de campanha em Parelhas, Equador e Jardim do Seridó.

A ida a Parelhas foi em visitas ao grupo político de Carlinhos Assis e Dra.Guia, ex-presidente da Câmara do município. Foi realizado um almoço no Bar do Zé Filho, no Boqueirão e depois foram à residência do Dr.Arnaud, que foi prefeito três vezes. Além disso, esteve na Câmara Municipal, onde foi destinada emenda a estrutura da Casa na gestão da ex-presidente citada.

Em seguida, Hermano foi a Equador participar da comemoração do aniversário de Zé de Lola, no Balneário Pôr do Sol.

Em Jardim do Seridó, o deputado foi à Procissão de encerramento do Sagrado Coração de Jesus. Estiveram na sua companhia o ex-prefeito Padre Jocimar, a vereadora Andréia e o Conselheiro Tutelar, Cabral.

Ainda em Jardim do Seridó, foi realizada uma grande reunião organizada pelo ex-prefeito Padre Jocimar Dantas e pela vereadora Andreia. Estiveram presentes na festa dos bacuraus da cidade, o senador Garibaldi Filho, o deputado federal Walter Alves e o governadorável, Carlos Eduardo.


Justiça condena ex-prefeito de São José de Campestre por contratação de servidores sem concurso

A Vara Única de São José de Campestre proferiu sentença condenatória em processo de improbidade administrativa por atos cometidos pelo ex-prefeito daquela cidade, José Borges Segundo, no período de 2009 a 2012. Conforme o Ministério Público Estadual, a prefeitura realizou a admissão de pessoas no serviço público sem concurso, para realização de atividades permanentes. A decisão foi proferida pelo Grupo de Julgamentos de Processos de Improbidade Administrativa e Corrupção do TJRN, que cuida de ações referentes as Metas 4 e 6 do CNJ.

A defesa do ex-prefeito alegou que realizou a contratações dos servidores devidamente fundamentadas em decretos e na legislação municipal. O processo apontou sucessivas descumprimentos das determinações constitucionais e da própria legislação específica nos atos praticados pelo réu.

Primeiramente foi constatado que a mencionada legislação municipal previa a realização de contratações temporárias, até seis meses, e mediante processo seletivo simplificado. Todavia, “restou patente pelos documentos trazidos no processo que os referidos parâmetros legais não foram cumpridos pelo ex-gestor, ora demandado”, destaca a decisão judicial.

Posteriormente, a sentença destaca que por meio de lei de iniciativa do réu houve modificação e supressão na lei municipal n.º 002/2010, “especialmente nos artigos relativos a determinação de realização de processo seletivo para realizações das contratações em questão”. Dessa forma os atos do prefeito passaram a ser baseados em “instrumentos normativos de flagrante vício de constitucionalidade material, infringindo os preceitos constitucionais”, conforme explica a sentença.

Além disso foi percebido que a nomeação dos servidores foi conduzida “para funções que não demandam de necessidade de urgência”. Desse modo o magistrado concluiu que “a nomeação de centenas servidores públicos municipais sem prévia aprovação em concurso público na estrutura do Poder Executivo Municipal não demonstra amparo legal”.

Assim, na parte final da sentença, houve a condenação do ex-prefeito ao pagamento de multa civil, em favor do Município de São José do Campestre. Essa penalidade foi fixada em quantia correspondente a dez vezes o valor da remuneração percebida por ele no período que exerceu o cargo, acrescido de juros de mora e pagamento das custas processuais.

TJRN


Confira agenda dos candidatos ao Governo do RN para esta segunda

Confira a agenda dos candidatos ao Governo do RN para esta segunda-feira, 10. Confira:

Carlos Eduardo (PDT): 

10h: Sabatina SINDIFERN
14h: Entrevista à Tribuna do Norte
16h: Caravana 12 no bairro Nova Natal
18:30h: Reunião com lideranças políticas no bairro Lagoa Nova
19:30h: Reunião com comunidade Mossoroense no bairro Nova Descoberta

Brenno Queiroga (SD):

07h: Entrevista na TV Tropical
09h: Participação no Encontro dos Candidatos ao Governo do Estado no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea/RN)
11:30h: Entrevista na InterTV Cabugi
19h: Sabatina sobre a Uern na Câmara Municipal de Mossoró

Carlos Alberto (PSOL):

16h: Gravação de programas Eleitorais
12h: Entrevista ao Potiguar Notícias
13:30h: Sabatina SINDIFERN
18h: Entrevista no Programa Repórter 98 – 98 FM

Fátima Bezerra (PT): 

11h – Sabatina CREA/RN
14h – Gravação de programa eleitoral
18h – Sabatina Nominuto/96FM

Robinson Faria (PSD): 

9h: Reunião Pastor Martín
10h: Gravação programa eleitoral
16h: Caminhada em Brasília Teimosa
Concentração: Terminal de ônibus de Brasília Teimosa, praia do meio
18h: Caminhada em São Gonçalo do Amarante
20:30h: Reunião Nossa Senhora da Apresentação, comunidade aliança.
Próximo a escola Nossa Senhora da Apresentação.
(presença do Deputado Gustavo Carvalho)

Até o fechamento desta matéria, a assessoria dos demais candidatos não havia enviado a agenda política dos mesmos. 


Rosa Weber nega prorrogação de prazo para PT substituir Lula na chapa

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rosa Weber, negou a prorrogação do prazo para o PT substituir o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na cabeça de chapa presidencial.

Com a decisão, o PT tem até amanhã (11) para fazer a troca de nomes. Se não definir, o partido pode ficar sem coligação na disputa à Presidência da República.

Nas articulações políticas, o nome que ganha força para substituir Lula é o do candidato a vice-presidente Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação.

Para Rosa Weber, não há motivos para prorrogar o prazo para o PT substituir o nome do ex-presidente na chapa. “Não se justifica, contudo, o deferimento do pedido de sustação da eficácia do acórdão recorrido, ainda que na pretensa extensão mínima”, diz a decisão.

A defesa de Lula pediu a ampliação de prazo para o dia 17, a próxima segunda-feira. Os advogados justificam que é necessário considerar o apelo popular de Lula e as intenções de votos atribuídas a ele nas pesquisas de opiniãoe. A defesa já recorreu da decisão da presidente do TSE.

Agência Brasil


Open chat
Desenvolvido por João Paulo da Silva WhatsApp (84)9.9482-3070