Categoria: RN

Novo estilo: InterTV sonda Miguel Weber para o comando de um de seus principais jornais

O jornalista Miguel Weber, conhecidíssimo por sua atuação de longa data nas ondas do rádio, confidenciou a colegas que foi sondado para assumir a apresentação de um dos principais programas jornalísticos do Estado – dessa vez, nas telas. Miguel Weber estaria em conversas com a InterTV Cabugi para assumir a apresentação do RN TV 1ª edição, que representa a linha de frente do jornalismo da emissora e vive em eterna disputa pela audiência com seu concorrente do horário na TV Ponta Negra (SBT), o Patrulha Policial.

Atualmente, Miguel Weber apresenta programa diário na 98 FM Natal, que conta com quadros populares como o “Música da Minha Vida”. Hoje, inclusive, é o aniversário do apresentador.

As informações de bastidor são de que com a saída da jornalista Michelle Rincon e a transferência de Emmily Virgílio para a apresentação do Bom Dia RN, a TV estaria em busca de um nome popular, com carisma e apelo junto ao público, para comandar o jornal do meio-dia. Miguel Weber já esteve na sede da TV para uma conversa com o diretor de jornalismo, Marcelo Vicioli. Ele estaria sendo visto pela emissora como uma das possíveis apostas para consolidar novos telespectadores das classes C, D e E para o jornalismo da InterTV.

Blog da Juliska

MPF, PF e Receita investigam corrupção envolvendo eleições no RN

Uma atuação conjunta do Ministério Público Federal (MPF), da Polícia Federal e da Receita Federal resultou na deflagração, na manhã desta quarta-feira (8), da Operação Balcão, com a execução de sete mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal em Natal (RN). Os mandados estão sendo cumpridos em Natal, Parnamirim e em Brasília. Houve autorização de imediato levantamento do sigilo dos autos após o cumprimento dos mandados.

Os crimes investigados são os de corrupção passiva (art. 317 do Código Penal), corrupção ativa (art. 333 do Código Penal), lavagem de ativos (art. 1º, Lei nº 9.613/98) e crime contra a ordem tributária (art. 1º e 2º da Lei nº 8.137/90). A apuração teve início em 2014, após a divulgação de um vídeo em redes sociais.

Eleições – O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) havia determinado a realização de eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-Prefeito do Município de Francisco Dantas, localizado a 400 quilômetros da capital potiguar. Uma chapa, apoiada pelo então prefeito cassado, Gilson Dias Gonçalves, teve seu registro indeferido judicialmente e as partes recorreram ao TRE/RN. Uma cautelar foi distribuída ao relator, o então juiz Carlo Virgílio Fernandes de Paiva, que concedeu liminar para suspender a diplomação da outra chapa.

Um dia antes do julgamento do recurso principal pelo Plenário do TRE, um parente do candidato a vice-prefeito na chapa cujo registro foi indeferido divulgou vídeo em que relata suposta compra da decisão judicial, com pagamento a integrantes do tribunal. Após a divulgação do vídeo, o processo foi retirado de pauta e o então relator, Carlo Virgílio, se declarou suspeito, afastando-se do caso. Ao final, o TRE/RN decidiu por manter a cassação do registro da chapa apoiada pelo prefeito cassado.

Investigações – Com o objetivo de apurar a veracidade da denúncia feita no vídeo, o MPF obteve judicialmente o afastamento do sigilo bancário, fiscal, telefônico e telemático dos envolvidos, bem como requisitou documentos, colheu diversos depoimentos e realizou diligência no TRE/RN para obtenção de arquivos em computador.

A movimentação financeira de Gilson Dias e familiares revelou a ocorrência de diversos saques de elevada quantia em espécie (mais de R$ 200 mil) poucos dias antes do julgamento no TRE/RN. Na caixa de e-mail de Carlo Virgílio foi encontrada minuta de voto que atendia aos interesses da chapa apoiada pelo prefeito cassado. Somado a isso, registros de ligações telefônicas indicaram a possível intermediação do então juiz do TRE/RN, Verlano Medeiros, nos fatos investigados.

Em depoimento prestado no MPF, Gilson Dias declarou que em reuniões realizadas no escritório do advogado Erick Pereira, este teria indicado que – para além dos honorários advocatícios licitamente contratados – o caso poderia ser resolvido no TRE mediante o pagamento de R$ 150 mil. Os encontros foram confirmados por registros de ligações telefônicas e identificação de localização, através da triangulação das antenas de telefonia utilizadas nas ligações.

À época, Verlano Medeiros era juiz do TRE/RN e advogava no mesmo escritório de Erick Pereira. Tanto Carlo Virgílio quanto Verlano Medeiros integravam o tribunal nas vagas destinadas aos juristas, profissionais que podem continuar advogando mesmo durante o período em que são magistrados na Justiça Eleitoral.

Indícios de lavagem de ativos – O afastamento do sigilo fiscal e bancário de todos os investigados demonstrou movimentação financeira incompatível com as rendas declaradas ao Fisco. Relatório da Receita Federal indicou que Carlo Virgílio, no final de maio de 2014 – dez dias após conceder a liminar sob suspeita – adquiriu à vista um veículo Amarok, por R$ 123 mil, tendo registrado o bem em seu nome. Uma semana depois, ele devolveu a nota fiscal do veículo e pediu a emissão de uma nova, em nome de empresa administrada por sua esposa.

Relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) apontou que Verlano Medeiros, por sua vez, recebeu, em 2015, dois depósitos em espécie, o primeiro de R$ 190 mil e o segundo de R$ 149,9 mil. Constaram como depositantes a irmã de Verlano e um padre da cidade de Natal. Ambos foram ouvidos pelo representante do MPF, o procurador da República Renan Paes Felix – que conduziu as investigações –, e negaram ter feito tais depósitos.

Outras repercussões – O afastamento do sigilo dos investigados permitiu também reunir indícios de atuação dissimulada em outras esferas governamentais, para obtenção de vantagens indevidas. A análise da caixa de e-mails de Erick Pereira revelou a utilização de uma técnica de arquivar informações sensíveis no rascunho do próprio e-mail, com a suposta finalidade de evitar o tráfego de tais informações pela internet.

No entanto, quando autorizada a quebra de sigilo do correio eletrônico do investigado, tais dados foram enviados pelo provedor. Informações contidas em tais rascunhos, descobertas em encontro fortuito, contradizem depoimento prestado por Erick Pereira no Inquérito 4.618/DF, que tramitou no Supremo Tribunal Federal, referente à colaboração premiada de Ricardo Saud, do Grupo JBS. Tais achados foram encaminhados à Procuradoria-Geral da República.

Alerta de chuvas intensas é emitido pelo Inmet para 71 municípios do RN; veja lista

Alerta de chuvas intensas é emitido pelo Inmet para 71 municípios do RN — Foto: Fernanda Maribondo

Um alerta de perigo potencial de chuvas intensas foi emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia para Natal e outras 70 cidades do Rio Grande do Norte. O alerta vale da manhã desta terça-feira (7) até às 9h de quarta-feira (8). Confira abaixo as cidades afetadas.

De acordo com o alerta, a previsão é de que o volume de chuvas possa chegar a 50 milímetros por dia. Apesar disso, o risco de corte de energia elétrica, alagamentos e descargas elétricas nessas regiões é baixo, conforme o Inmet.

A recomendação do Instituto é para que a população evite enfrentar o mau tempo, observe alteração nas encostas e evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada.

Em nota, a Defesa Civil Estadual esclareceu que os avisos de atenção para chuvas intensas fazem parte de um procedimento padrão e têm o objetivo de alertar as coordenadorias municipais de Defesa Civil (Comdec) para que fiquem atentas a possíveis alagamentos ou inundações.

“Em caso de chuvas muito intensas, de acordo com o procedimento padrão, as Comdecs ativam seus planos de contingências, que são um conjunto de ações de resposta mobilizando recursos humanos e logísticos em caso de desastres envolvendo deslizamentos, alagamentos, enchentes, enxurradas, vendavais e tempestades”, diz a nota..

Confira a lista de municípios alertados pelo Inmet:

Afonso Bezerra
Alto Do Rodrigues
Areia Branca
Arês
Açu
Baraúna
Baía Formosa
Bento Fernandes
Boa Saúde
Bom Jesus
Brejinho
Caiçara Do Norte
Canguaretama
Carnaubais
Ceará-Mirim
Espírito Santo
Extremoz
Galinhos
Goianinha
Grossos
Guamaré
Ielmo Marinho
Jandaíra
Jardim De Angicos
João Câmara
Jundiá
Lagoa De Pedras
Lagoa Salgada
Lajes
Macau
Macaíba
Maxaranguape
Montanhas
Monte Alegre
Mossoró
Natal
Nova Cruz
Nísia Floresta
Parazinho
Parnamirim
Passagem
Pedra Grande
Pedra Preta
Pedro Avelino
Pedro Velho
Pendências
Porto Do Mangue
Poço Branco
Pureza
Riachuelo
Rio Do Fogo
Santa Maria
Santo Antônio
Senador Elói De Souza
Senador Georgino Avelino
Serra Caiada
Serra Do Mel
Serrinha
São Bento Do Norte
São Gonçalo Do Amarante
São José De Mipibu
São Miguel Do Gostoso
São Paulo Do Potengi
São Pedro
Taipu
Tibau
Tibau Do Sul
Touros
Vera Cruz
Vila Flor
Várzea

Reitores e bancada federal unem forças em favor das instituições federais do RN

Reitores e bancada federal unem forças em favor das instituições federais do RN

Diante do corte orçamentário nas instituições federais de Ensino Superior anunciado pelo Governo Federal, os reitores da UFRN, Ufersa e IFRN se reuniram nesta segunda-feira (6), em Natal, para unir forças e buscar soluções. A reunião foi provocada pelo deputado federal Rafael Motta (PSB), que coordena a bancada potiguar e propôs a elaboração de um diagnóstico com o impacto local da medida a ser apresentado ao Ministério da Educação (MEC).

“A bancada federal está pronta para defender as instituições federais do RN. Vamos levar esse documento, que é um diagnóstico detalhado, para o Governo Federal, para que o Executivo, por meio do MEC, tenha a noção exata dos prejuízos que o bloqueio trará ao Estado e possa rever a decisão. Caso não haja uma reconsideração, alternativas jurídicas não estão descartadas, já que os prejuízos são muito significativos”, afirmou o deputado Rafael Motta.

Participaram da reunião os reitores Ângela Paiva (UFRN) e José de Arimateia (Ufersa) e o pró-reitor Juscelino Medeiros (IFRN), além de representantes da OAB e do reitor da UERN, Pedro Fernandes. O mandato da deputada federal Natália Bonavides (PT) também esteve representado. A reunião aconteceu na Reitoria da UFRN.

Ângela Paiva disse acreditar que a ação conjunta pode reverter a questão. “Precisamos mobilizar forças, com o Legislativo e o Judiciário, em defesa das universidades. O apoio da bancada será muito importante para mostrar que esse é um pleito de todo o Rio Grande do Norte”, declarou a reitora. José de Arimateia afirmou que “as universidades precisam desse esforço coletivo para continuarem o trabalhem que desenvolvem”.

De acordo com o documento, confirmado o contingenciamento, as três instituições federais terão prejuízos quanto ao seu funcionamento e, consequentemente, a formação dos estudantes, comprometendo, inclusive, a pesquisa e a inovação.

Na última terça-feira (30), o Ministério da Educação anunciou o bloqueio de 30% no orçamento das instituições federais de ensino de todo o país. No Rio Grande do Norte, a medida afeta a UFRN, a Ufersa e o IFRN em R$ 75 milhões para custeio e investimentos.

ISI e Prefeitura de São Tomé tratam de parcerias para capacitação em energia renovável

O diretor do Instituto SENAI de Inovação (ISI) em Energias Renováveis, Rodrigo Mello, e o prefeito de São Tomé, Anteomar Pereira da Silva (Babá), se reuniram nesta segunda-feira (6) e trataram de parcerias para o município aproveitar o potencial de desenvolvimento com o parque eólico que deve ser instalado na região.

Rodrigo Mello destacou que o ISI poderá contribuir na capacitação, estudos, pesquisas e orientações para que o município e as comunidades locais tenham o melhor retorno possível com o empreendimento em São Tomé.

Babá, como Anteomar Pereira é conhecido, disse, após a reunião no ISI, que uma das expectativas é que sejam oferecidos cursos no município para treinar os trabalhadores locais que, assim, estarão aptos preencherem as vagas de empregos diretos e indiretos que deverão ser gerados com a presença do Parque Eólico em São Tomé.

O prefeito anunciou em abril deste ano que assinou a declaração de uso e ocupação do solo para a Empresa EDP Renováveis Brasil S,A, implantar o Complexo “Eólico Santa Rosa e Mundo Novo II, inclusive com a instalação do canteiros de obras e subestações”. “A chegada dessa obra que será a redenção de nosso município”, acrescentou.

MPRN recomenda exoneração de secretário municipal de Transportes no interior com direitos políticos suspensos

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça de Santa Cruz, expediu recomendação para que a prefeita de Lajes Pintadas, na região Agreste Potiguar, exonere o secretário municipal de Transportes, e abstenha-se de nomear novos secretários que estejam com os seus direitos políticos suspensos.

Na recomendação, o MPRN explica que Francisco Jucier Furtado encontra-se com os direitos políticos suspensos, em razão de condenações por atos de improbidade administrativa na esfera federal.

De acordo com a Lei de Improbidade Administrativa, o gestor público que nomear, para o cargo de secretário municipal, cidadão que não esteja em pleno gozo dos direitos políticos, poderá incorrer em ato de improbidade.

A prefeita deverá, no prazo máximo de 10 dias, informar as medidas adotadas, bem como enviar cópia dos atos administrativos comprobatórios. Em caso de não acatamento ou considerados impertinentes os motivos que levaram ao desatendimento, o Ministério Público informa que adotará as medidas legais para a responsabilização da gestora, através do ajuizamento da ação pertinente.

Deputado Ubaldo Fernandes deixará o PTC e PR é provável caminho

O deputado estadual Ubaldo Fernandes deve deixar o PTC em breve. O parlamentar ainda estuda qual partido se filiar, mas um caminho provável é o PR.

Ubaldo recebeu convite de várias legendas, mas o diálogo com João Maia é o que mais tem avançado. O projeto do PR é de montar uma nominata capaz de eleger dois vereadores na Câmara Municipal de Natal e Ubaldo tem nomes que pretende apoiar, com o objetivo de retomar o espaço deixado. Atualmente o PR tem o suplente César Andrade, filho do ex-vereador Adão Eridan.

O PTC foi um dos partidos que não atingiu a cláusula de barreira, ou seja, que está sem direito ao fundo partidário e sem direito ao tempo de televisão e rádio nas eleições.

BG

Joao Maia Consegue R$ 50 Milhões pra Novo Hospital em São Gonçalo do Amarante

O deputado João Maia (PR/RN) viabilizou junto ao ministro da Saúde, Luis Henrique Mandetta, a inclusão de R$ 50 milhões de reais no orçamento da União para este ano, cuja destinação é a construção de um hospital em São Gonçalo do Amarante. Os recursos foram alocados na programação própria do ministério e atendem ao pleito do prefeito Paulo Emídio que encampou luta pelo novo hospital da região metropolitana de Natal desde o início de sua gestão.

“Esse novo hospital é fundamental para São Gonçalo mas é muito importante, também, para a região metropolitana de Natal porque vai ajudar a desafogar o Walfredo Gurgel, diminuindo a vinda de pacientes daquela grande área norte do entorno da nossa capital”, destacou João Maia.

O prefeito Paulo Emídio definiu como uma “grande conquista pra São Gonçalo, para o grande Natal e para o Rio Grande do Norte” a implantação de um novo hospital. “Vamos atender nossa população de mais de 100 mil habitantes aqui mesmo e com isso liberamos espaço nos hospitais regionais de Natal para atender melhor a capital e os outros municípios. Isso ajuda na regionalização da saúde como deseja a governadora Fátima”, afirmou o prefeito.

O novo hospital já tem projeto pronto e será construído na região central da cidade, próximo ao campus do IFRN e do Museu Municipal. Terá capacidade para 120 leitos distribuídos nas clínicas médica, cirúrgica, pediátrica e obstetra com Pronto Socorro adulto e infantil integrado ao SAMU. O novo hospital terá, também, UTI’s adulta e neonatal, centro obstétrico com alojamento conjunto e ainda servirá como hospital-escola com espaço para ensino de medicina e outras formações da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, segundo informou Jalmir Simões, secretário de Saúde de São Gonçalo do Amarante.

Potengiense será chefe da Delegação Brasileira em competição na Croácia

Reprodução: SPP NEWS

Convocado pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar, o potengiense Gileno Perreira Souto, presidente da Federação Norte-rio-grandense do Desporto Escolar, será Chefe da Delegação Brasileira que representará o país no Campeonato Mundial Escolar de Atletismo.

O evento ocorrerá no período de 13 a 20 de maio, em Split, na Croácia.

A convocação foi realizada nesta sexta-feira, 03, pelo presidente da Confederação Brasileira de Desporto Escolar, Antônio Hora Filho.

Márcia Maia toma posse e será primeira mulher a presidir a Agência de Fomento do RN

José Aldenir / Agora RN

“A nossa intenção é fazer com que a AGN continue fomentando a economia do Rio Grande do Norte, focando nos pequenos negócios e na economia criativa. Só assim nossa economia irá se fortalecer e conseguiremos promover, também, o desenvolvimento social do nosso estado”. Esse foi o tom do discurso da nova diretora-presidente da Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN), Márcia Maia, que assume com a marca de ser a primeira mulher a ocupar o cargo, em 20 anos de história da Instituição.

A posse foi realizada nesta sexta-feira (3), na sede da AGN. Aliás, o prédio onde a agência funciona foi construído em 2008, durante o governo de Wilma de Faria, mãe da nova diretora-presidente. O ato de posse ocorreu dentro de uma reunião do Conselho de Administração da AGN e contou com a presença do seu agora ex-presidente Murilo Diniz; do secretário Chefe do Gabinete Civil do Estado, Raimundo Alves Júnior; e do Procurador-Geral Adjunto, José Duarte Santana; além de diretores e membros do Conselho. Márcia Maia assume para a complementação do mandato 2018/2020.

Durante a reunião, a nova diretora-presidente da AGN fez um breve balanço sobre sua vida pública. “Fui deputada estadual por cinco legislaturas. Atuei como presidente da Comissão de Justiça na Assembleia Legislativa, que julgo ser uma das comissões mais importantes da Casa, cargo que ensejava muitos desafios e que tive a honra de ocupar durante dois anos de mandato. Tenho, ainda, uma história de atuação nas áreas do trabalho, da habitação e da assistência social”, declarou.

A nova diretora-presidente da AGN, Márcia Maia, lembrou da época em que sua mãe, Wilma de Faria foi governadora. “Ela já fazia esse trabalho de fomento e eu participei de sua gestão com o Programa Jovem Empreendedor. Nesse programa, nós tínhamos a parceria do Sebrae e da AGN. Atualmente, existem pessoas que receberam o financiamento da Agência ainda produzindo. E isso me enche de orgulho. Tenho certeza de que, a frente da AGN, teremos plenas condições de realizar um trabalho muito profícuo, eficiente e eficaz de estímulo à geração de trabalho e renda para o nosso povo”, relatou.

Open chat