Categoria: Política

Vereador Allysson Lindalrio se afasta temporariamente da Câmara Municipal

O vereador e Presidente da casa Legislativa de São Paulo do Potengi, Allysson Lindalrio, se afasta temporariamente da Câmara municipal por motivos que irá cuidar da saúde.

Quem passa assumir as sessões da casa durante o afastamento do vereador, é o vice-presidente, Jales Azevedo (PSD).

PF mira fraude em registros sindicais e faz buscas na Câmara dos Deputados

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (30) operação para desarticular organização criminosa suspeita de fraudes na concessão de registros sindicais junto ao Ministério do Trabalho. Entre os alvos da operação estão os gabinetes dos deputados federais Paulinho da Força (SD-SP), Jovair Arantes (PTB-GO) e Wilson Filho (PTB-PB).

De acordo com investigadores, a prisão dos parlamentares chegou a ser pedida, mas foi rejeitada pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ainda segundo investigadores, um dos objetivos da operação é apurar “loteamento” do Ministério do Trabalho pelo PTB e pelo Solidariedade. O G1 procurou os alvos da operação, mas até a última desta reportagem ainda não tinha obtido retorno.

Segundo as investigações, o núcleo político do esquema teria como participantes o ex-deputado e presidente do PTB, Roberto Jefferson, os deputados Paulinho da Força e Wilson Filho.

Ao todo, a operação batizada de Registro Espúrio cumpriu 64 mandados de busca e apreensão, 8 mandados de prisão preventiva e 15 mandados de prisão temporária, além de outras medidas cautelares.

A PF cumpriu mandados no Distrito Federal, São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná, Santa Catarina e Minas Gerais. Em São Paulo, a PF fez buscas na Força Sindical e na União Geral dos Trabalhadores (UGT).

As apurações começaram há um ano, segundo a PF. São investigados crimes de organização criminosa, corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro.

De acordo com a PF, as investigações revelaram “um amplo esquema de corrupção dentro da Secretaria de Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho, com suspeita de envolvimento de servidores públicos, lobistas, advogados, dirigentes de centrais sindicais e parlamentares”.

Entenda o esquema

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), o esquema de fraudes nos registros sindicais funcionava em secretarias do Ministério do Trabalho responsáveis pela análise de pedidos de registro.

As fraudes, de acordo com as investigações, incluíam desrespeito à ordem cronológica dos requerimentos e direcionamento dos resultados dos pedidos. Pagamentos envolviam valores que chegaram a R$ 4 milhões pela liberação de um único registro sindical, segundo a investigação.

Segundo o MPF, no decorrer do inquérito, a Polícia Federal identificou a existência de um esquema criminoso estruturado em cinco núcleos de atuação: administrativo, político, sindical, captador e financeiro.

Os núcleos de atuação de acordo com a PF:

Núcleo administrativo: formado por pelo menos menos 10 servidores do Ministério do Trabalho tinha a incumbência de viabilizar as fraudes.

Núcleo político: formado por parlamentares e ex-parlamentares atuava indicando e mantendo em cargos estratégicos do ministério os servidores que faziam parte do esquema.

Núcleo sindical: tinha a missão de fazer o contato com os funcionários públicos encarregados de operacionalizar as fraudes.

Núcleo captador: formado por lobistas e advogados que faziam a intermediação entre os sindicados interessados em registros com os demais integrantes da organização criminosa.

Núcleo financeiro: viabilizava os pagamentos (das entidades sindicais para os envolvidos) por meio da simulação de contratos fictícios de trabalho.

G1/RN

Pesquisa Consult confirma favoritismo de Garibaldi ao Senado

O senador Garibaldi Filho (MDB-RN) confirmou, na segunda-feira (28), o favoritismo como pré-candidato a reeleição após a divulgação da pesquisa de opinião pública do Instituto Consult/98Fm, que o coloca em primeiro lugar na soma dos dois votos para o cargo de senador pelo Rio Grande do Norte, totalizando 22.11% de intenção dos votos.

Na pesquisa, quando solicitado ao eleitor que indique o seu primeiro nome para o Senado, o senador Garibaldi Filho aparece na primeira colocação, com 15.76% das intenções de voto. Na escolha do segundo nome como opção de voto, a Consult apresenta Garibaldi Filho com 6.35%.

A pesquisa da Consult entrevistou 1700 eleitores, nas 12 regiões do estado abrangendo 57 municípios entre os dias 17/05/2018 e 20/05/2018, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob número RN-08377/2018. Os resultados estão sujeitos a um erro máximo permissível de 2.3%, com confiabilidade de 95%.

Pesquisa põe Fátima com 29,3%; Carlos Eduardo, 12%; e Robinson, 8,4%

A senadora Fátima Bezerra (PT) lidera a corrida eleitoral para o Governo do Estado e, se a eleição fosse hoje, estaria no segundo turno contra o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT) ou o governador Robinson Faria (PSD), que estão tecnicamente empatados.

Isso é o que mostra a mais recente pesquisa do Instituto Seta encomendada pelo Agora RN. A sondagem, realizada entre os dias 11 e 13 de maio, ouviu 1,3 mil eleitores em municípios de todas as regiões potiguares. A margem de erro do levantamento é de 3% para mais ou menos, com grau de confiabilidade de 95%.

Na pesquisa estimulada, quando os nomes dos possíveis candidatos são apresentados ao eleitor, Fátima Bezerra tem 29,3% das intenções de voto, seguida por Carlos Eduardo (12%) e Robinson Faria (8,4%).

Na sequência das citações, atrás de Fátima, Carlos Eduardo e Robinson, aparecem o deputado estadual Kelps Lima (SD), com 3,2%, que retirou recentemente sua pré-candidatura; o ex-governador Geraldo Melo (PSDB), com 2,6%; a vereadora de Grossos Clorisa Linhares (SD), com 1,4%; o general da reserva do Exército Girão Monteiro, com 1,1%; o professor Carlos Alberto Medeiros (PSOL), com 1,0%; o vice-governador Fábio Dantas (PSB), com 0,5%; e o professor Freitas Júnior (Rede), com 0,1% das intenções de votos.

Além disso, 31,3% dos entrevistados disseram que vão votar em branco ou nulo e outros 9,2% não souberam ou não quiseram responder ao Instituto Seta.

Os três primeiros colocados melhoraram seus desempenhos, em relação à pesquisa Agora RN/Seta anterior, realizada apenas em Natal. Naquela oportunidade, na estimulada, Fátima tinha 17,5%; Carlos Eduardo, 11,3%; e Robinson, 7%. Foram ouvidas 600 pessoas na capital potiguar entre os dias 20 e 22 de dezembro de 2017. A margem de erro foi de 3,5%, com grau de confiabilidade de 95%.

ESPONTÂNEA

Na pesquisa espontânea, em que o entrevistado pode declarar o voto em quem quiser, prevalece ainda a indecisão. Neste formato de sondagem, 43,3% disseram que vão votar em branco ou nulo e outros 38,8% não souberam ou não quiseram responder a pesquisa. Ou seja, mais de 82% do eleitorado não sabem em quem votar.

Entre os que disseram algum nome, a liderança também é de Fátima Bezerra, assim como na estimulada. Aqui, a petista aparece com 11,6% das citações, seguida por Carlos Eduardo (2,6%).

A novidade está no terceiro lugar. Na espontânea, este posto pertence ao capitão da Polícia Militar Styvenson Valentim, com 1,3% das intenções de voto. Na sequência, estão o governador Robinson Faria, com 0,9%; Kelps Lima, com 0,5%; General Girão, com 0,4%; Clorisa Linhares, Geraldo Melo e a deputada federal Zenaide Maia (PHS), cada um com 0,2%; e o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB), o falecido militar reformado Miguel Mossoró e “Rui”, ambos com 0,1%.

AGORA RN

Rogério Marinho afirma que crise dos caminhoneiros tem pai e mãe: “Lula e Dilma”

Ciro Marques

O deputado federal potiguar Rogério Marinho, do PSDB, comentou via Twitter a situação de crise provocada pela greve dos caminhoneiros em todo o País. E, em meio ao problema, o tucano fez questão de citar o PT que, segundo ele, teria envolvimento direto no momento vivenciado atualmente pelos brasileiros.

“Governo acena com soluções pontuais para encerrar greve, entretanto não é voltando a subsidiar preço do diesel que problema será resolvido. Todos precisam ceder é importante que Brasil lembre que nossa crise recente tem pai e mãe: Lula e Dilma. Repetir erros do passado não é o caminho”, afirmou o parlamentar.

Rogério Marinho lembrou que a crise se baseia no aumento do dólar e do barril de petróleo, que tem provocado seguidas altas no diesel e desestabilizado o setor de transporte, entretanto a política implantada na Petrobrás a partir de 2017 começa a recuperar a empresa que foi destroçada pela corrupções e má gestão dos governos petistas.

“Petrobras em setembro de 2015 chegou a ter dívidas de mais de R$ 500 bilhões, fruto do controle de preços feito para ganhar eleições e aparelhamento político da estatal que resultou em uma série de prejuízos e desvios que praticamente destruíram a empresa. Acordo assinado pelo governo com representantes de associações de caminhoneiros resolve de forma paliativa problema”, avaliou.

Rogério Marinho também cobrou uma reforma tributária, que há muito tempo se fala no legislativo federal. “Deve ser o tempo para refletirmos em relação a solução estruturante de longo prazo revendo estrutura tributária excessiva inclusive de governos estaduais que impactam de forma excessiva a composição de preços do combustível”, pontuou.

Geraldo Melo reafirma apoio a Fábio Dantas

Pré-candidato ao Senado Federal, o ex-governador Geraldo Melo (PSDB) reafirmou, nesta sexta-feira (25), apoio à pré-candidatura ao Governo do Estado do vice-governador Fábio Dantas (PSB). A declaração de Geraldo foi dada em entrevista ao Jornal das Seis, da 96 FM, na qual ele repetiu o que já havia escrito em aplicativo de troca de mensagens.

“Entre os pré-candidatos a governador, o meu apoio é a Fábio Dantas e vou fazer o que puder para ajudá-lo. Nós conversamos sobre o Estado e ele demonstrou ser um pessoa extremamente atualizada e bem informada sobre a nossa realidade”, argumentou Geraldo Melo.

O ex-governador disse ainda que a pré-candidatura de Fábio nasceu sob a inspiração de várias lideranças do PSDB e que vai trabalhar internamente para o partido formalizar apoio ao vice-governador.

Geraldo Melo já tinha compartilhado na quinta-feira (24), com amigos e familiares, mensagem pelo WhatsApp declarando o apoio a Fábio Dantas.

“É uma manifestação muito importante. Geraldo Melo já foi secretário de Estado, vice-governador, governador e senador da República e conhece bem o Estado. Fico honrado em saber que ele reconhece o que podemos fazer pelo Rio Grande do Norte. Muitos integrantes de nossa sociedade, inclusive políticos das mais diversas legendas, têm demonstrado o mesmo pensamento. Nossa pré-candidatura se fortalece a cada dia ancorada nos anseios da nossa gente”, afirmou Fábio Dantas, pré-candidato ao Governo pelo PSB.

Partido PMB de São Paulo do Potengi se reuniu com a Executiva Estadual

Na tarde deste domingo, 27, o Presidente Estadual do Partido da Mulher Brasileira – PMB, Dr° Mendes, esteve reunido com a executiva municipal do PMB de São Paulo do Potengi.

A legenda do Partido em São Paulo do Potengi é comandada pela Secretária Municipal de Saúde, Dailva Bezerra.

Em contato com o Blog, Dailva falou que a reunião foi para tratar sobre as eleições de 2018 e as pré-candidaturas.

Nas eleições de 2016 o PMB lançou Kátia candidata a Vereadora em São Paulo do Potengi.

Partido MDB de São Paulo do Potengi tem novo Presidente

Alegando falta de tempo e que a família necessita de mais atenção, João Maria Campos renunciou a Presidência Municipal do MDB de São Paulo do Potengi na tarde desta sexta-feira, 25.

O novo Presidente é o então ex-prefeito do município, Azevedo, que ficará na Presidência até Setembro, logo depois ocorrerá nova eleição.

O Blog teve acesso a carta de renuncia, confira abaixo.

Deputado Felipe Maia é designado primeiro vice-líder do Democratas na Câmara dos Deputados

O deputado federal Felipe Maia (DEM-RN), foi designado, pela bancada do Democratas na Câmara dos Deputados, como primeiro vice-líder do partido. Atualmente, o parlamentar é coordenador da bancada do Rio Grande do Norte no Congresso Nacional e está em seu terceiro mandato como deputado federal.

“Fico feliz em ter a confiança dos meus colegas para representar o nosso partido. Minha atuação na vice-liderança será coerente, sempre trabalhando para ser o porta-voz da população que me elegeu”, afirmou Felipe Maia.

Na Câmara, a bancada do Democratas é composta por 44 deputados federais. Já no Senado Federal são 5 senadores em exercício.

Garibaldi se mantém na terceira melhor colocação entre os senadores do Ranking Político

O senador Garibaldi Filho (MDB-RN) foi selecionado pelo Raking Político, mais uma vez, como o terceiro senador melhor avaliado do Senado Federal, pelo site que seleciona a pontuação de acordo com dados obtidos sobre gastos, assiduidade, fidelidade partidária, processos judiciais e qualidade legislativa.

Os senadores Ana Amélia (PP-RS) e Flexa Ribeiro (PSDB-PA) mantiveram a primeira e segunda colocação, respectivamente. Se comparado apenas com os políticos da bancada federal do Rio Grande do Norte, Garibaldi aparece em primeiro colocado e em 58º entre todos do Congresso Nacional. Confira a classificação completa: (www.politicos.org.br).

Open chat