Categoria: Política

Fábio Dantas e José Vieira retiram pré-candidaturas do pleito de 2018

O vice-governador do RN, Fábio Dantas e José Vieira, decidem tirar seus nomes da disputa do pleito de 2018. Veja nota divulgada no Facebook de Fábio Dantas:

Ao Rio Grande do Norte:

As visitas que fizemos a 40 municípios potiguares nos deram uma certeza: as pessoas querem mudança. Os norte-rio-grandenses almejam um outro Estado – moderno, eficiente e justo. A disposição para promovê-lo esteve sempre conosco, assim como o apoio do Partido Socialista Brasileiro (PSB), que nos quis protagonistas da desejada e profunda transformação.

O sonho de um Rio Grande do Norte estabilizado, com suas contas em dia, o dito equilíbrio fiscal. Com capacidade e poder de crescimento, investindo em setores vitais da administração pública, com o funcionalismo respeitado e pago e não apenas os intocáveis felizardos dos supersalários. Com devolução automática das sobras orçamentárias por parte dos poderes para serem gastas por setores necessitados e pelo conjunto da sociedade. Esse sonho está desde muito nos corações e mentes do nosso povo.

Ao que parece, não em grande parte da classe política, que luta para perpetuar as velhas práticas, o tráfico de influência, o uso desmascarado da máquina pública, o “toma lá dá cá”, o cachimbo apagado e a boca torta, a parceira arraigada ao atraso e aos maus costumes. Apegada, com todos os botões, ao que deu errado historicamente, ao que causou prejuízos, ao que segue ontem e hoje a subjugar o RN. Nada de novo. Nem nomes nem projetos. Lamentável descompasso entre uma sociedade crítica, consciente, carente e aquelas mesmas bandeiras desfiguradas, caducas.

Demos muitos passos à frente juntos, dialogando, divulgando ideias e pararemos a caminhada igualmente unidos. Não nos lançaremos candidatos ao Governo do Estado e ao Senado Federal. Uma vírgula e não um ponto final, pois permaneceremos de mãos dadas em torno dos desejos de mudança e de caminhos modernizantes para o Estado, grande e sofrido.

As soluções que tanto pregamos, frutos de observações e estudos, certamente continuarão a ecoar nesse mar de dificuldades no qual transformaram o querido RN. A todos que nos apoiaram nesse projeto de avanço, o nosso muito obrigado. Coragem não nos falta, nunca nos faltou, mas precisa avançar na profundeza da luta política e da coletividade. Os olhares esperançosos e os abraços dados permanecerão como estímulos e motivos a novos papeis de um mesmo roteiro. Vamos em frente!

Um grande abraço,
Fábio Dantas e José Vieira

Partidos potiguares com assento na Câmara vão priorizar candidaturas masculinas

Por Octávio Santiago – Apesar de a legislação exigir cota mínima de 30% por gênero nas candidaturas proporcionais, os partidos que atualmente constituem a bancada potiguar na Câmara dos Deputados admitem a priorização de candidaturas declaradas masculinas. MDB, PSDB, PSD, PSB e PP afirmam que vão respeitar a exigência, mas a prioridade é a reeleição dos atuais mandatários.

Os cinco partidos integram grupo que fecharam questão sobre a importância da manutenção dos mandatos dos seus deputados federais. São eles, respectivamente: Walter Alves, Rogério Marinho, Fábio Faria, Rafael Motta e Beto Rosado. Felipe Maia (DEM) deve abrir mão da reeleição em favor do seu pai, o senador José Agripino Maia (DEM), completando a sexta candidatura de peso masculina na disputa.

Os outros dois deputados federais com mandato atualmente, Zenaide Maia (PHS) e Antônio Jácome (Podemos), declaram-se pré-candidatos ao Senado Federal. Seus partidos, porém, afirmam que terão mulheres na corrida pela manutenção das cadeiras na Câmara, mas ainda não divulgaram quais. O irmão de Zenaide, o ex-deputado João Maia (PR), pretende retornar à baixa câmara do Congresso Nacional com o apoio de bases eleitorais da sua irmã.

O Rio Grande do Norte já teve duas deputadas federais em sua bancada até o ano de 2015 – a senadora Fátima Bezerra (PT) e a vereadora de Mossoró Sandra Rosado (PSDB). O maior número até aqui. A saída de Zenaide da Câmara pode subtrair de vez a representação feminina potiguar na casa legislativa.

Partidos sem representação atual na Câmara dos Deputados, no entanto, elegeram candidaturas de mulheres como prioritárias em 2018. É o caso do PROS, com a vereadora de Natal Carla Dickson (PROS) e o Avante, com a odontóloga Karla Veruska, esposa do presidente da Câmara Municipal da capital, vereador Raniere Barbosa, do mesmo partido. Outras legendas seguem caminho parecido, na tentativa de manter ou até mesmo de ampliar a voz feminina potiguar em Brasília.

Convenção do PSDB lançará maior chapa proporcional para eleições

No próximo domingo (29), a partir das 8h, no Hotel Holiday Inn, próximo ao Arena das Dunas, o PSDB vai homologar em convenção estadual a maior chapa proporcional desta eleição. Os nomes filiados ao PSDB estão atuando em todas as regiões do Rio Grande do Norte, fortalecendo a disputa tanto para deputado estadual, como também para a Câmara dos Deputados.

O partido é representado pela liderança do deputado Tomba Farias, na região Trairi. Gustavo Carvalho reúne apoio no Potengi e Grande Natal. Gustavo Fernandes e Raimundo Fernandes no Alto Oeste. Larissa Rosado no Oeste/Mossoró. Márcia Maia na Grande Natal e demais regiões. José Dias no Agreste, Mato Grande, Vale do Açu e Natal. O jovem médico Tiago Almeida sai bem posicionado do Seridó. E Ezequiel Ferreira de Souza tem atuação no Seridó, Grande Natal, Agreste, Trairi-Potengi, Mato Grande e Região Salineira.

Para a Câmara dos Deputados, além do atuante Rogério Marinho, hoje único deputado federal do PSDB potiguar, o partido também tem no nome da mossoroense Sandra Rosado, uma aposta para 2018. Sandra já foi deputada federal por três vezes. Rogério sai fortalecido da Grande Natal e ampliou apoios no Agreste, Central, Trairi-Potengi, além do Mato Grande e Seridó. Já Sandra Rosado que tem bases em Mossoró, amplia apoios no Alto, Médio e Oeste Potiguar, além do Vale do Açu e Região Salineira.

Hoje a maior bancada na Assembleia Legislativa é do PSDB, além da presidência da Casa, que é do próprio Ezequiel Ferreira. Possui, ainda, 33 prefeitos e vices, 109 vereadores e está presente com diretórios municipais em 150 cidades das 167 do Estado. “Crescemos enquanto legenda. Fato conquistado nas eleições de 2016 e reconhecido nacionalmente. Até o pleito de 2018, unidos com os anseios da população, vamos construindo o partido que queremos, pensando em novas bandeiras para o Rio Grande do Norte e para um novo Brasil”, avaliou Ezequiel, que espera a formulação de um conteúdo programático.

Caberá aos convencionais do PSDB: A escolha de candidaturas do partido para as eleições gerais 2018, na esfera estadual; definir a nominata que irá compor a(s) coligação(ões) proporcional(is), composta por candidatos a Deputado Federal e Deputado Estadual; escolher candidatos a Senador e suplente de Senador; definir as coligações majoritária e proporcional; denominar as coligações; representantes de Coligações e demais matérias pertinentes a eleição 2018.

Portal no Ar

PP indicará segundo suplente de Garibaldi Filho

O Partido Progressista, presidido pelo ex-deputado federal Betinho Rosado, será o responsável pela indicação do segundo suplente de Garibaldi Filho na postulação ao Senado Federal pelo MDB.

O nome ainda está sendo fechado. Mas o provável é que seja um empresário.

‘Vamos ver o que escapa para mim desse balé’, diz Ciro sobre alianças

 

1

Após ver o bloco do Centrão fechar um acordo com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) para a corrida presidencial, o pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, afirmou que ainda espera fechar alguma aliança com outros partidos.

“Vamos ver o que escapa para mim desse balé, é muito cedo ainda. Embora esteja na cara do gol, os partidos todos praticamente decidiram que vão tomar suas deliberações no último dia”, disse o presidenciável, nesta segunda-feira, 23, em entrevista à TV Record de Santa Catarina exibida pela emissora nas redes sociais

Ao falar sobre a necessidade de fazer alianças com partidos de diferentes ideologias, Ciro justificou “aceitar esse balé” pela necessidade de garantir governabilidade se eleito. “Eu tenho que aceitar esse balé. Às vezes a população não entende, tem muita razão para isso. Quem quiser conversar, eu converso, porque estou olhando a eleição, mas eu tenho que olhar o dia seguinte”, disse o presidenciável, dizendo que não quer ser eleito “ditador do Brasil” e que um presidente é obrigado a conversar com diferentes partidos.

Agência Estado

PSC realiza Convenção Partidária e lança a Coligação “Renova RN”

Em um ato simples e caloroso, o PSC lançou o nome do empresário Renato Fernandes para concorrer ao cargo de Deputado Federal, alguns nomes para a Assembleia Legislativa e indicou o delegado de polícia civil, Sérgio Leocadio, como vice governador para compor a chapa majoritária, encabeçada pelo empresário Breno Queiroga, do Solidariedade.

“O que vocês estão vendo aqui hoje é o resultado de meses de trabalho, projetos, sonhos. Estamos entregando a sociedade norteriograndense um de seus clamores: mudança, nomes imaculáveis e renovação. Hoje é um dia histórico para a história do nosso Rio Grande do Norte “, disse Renato Fernandes, candidato a Deputado Federal e presidente estadual do PSC.

O ato solene foi prestigiado por membros de todos os partidos que formarão a Coligação Renova RN, composta pelos partidos Solidariedade, Patriota, Democracia Cristã, PV, PSL e PSC. O presidente do Solidariedade, Kelps Lima, destacou a importância da União das forças por um novo Rio Grande do Norte. “Se a população está exigindo mudança e um novo RN, estamos oferecendo essa opção para que possamos tirar juntos o nosso estado desse caos. Estamos juntos em busca dessa renovação”, disse Kelps.

Gladier Godeiro, presidente do PSL, encorajou os presentes, a nao desistirem da luta por um RN Renovado.

Em sua fala o candidato a vice governador, Sérgio Leocádio, falou sobre a grandeza dos que estão a frente do projeto. “Há 10 anos Natal era a 4° cidade do Brasil mais segura e hoje é uma das mais violentas do mundo. O que falta é gestão. Quem faz segurança pública como eu fiz, sabe onde estão os gargalos e como resolve-los. Por isso decidi enfrentar esse desafio e me sacrificar pelo pelo Rio Grande do Norte, que ainda tem jeito” Sérgio Leocádio.

A candidata ao senado, Magnólia Figueiredo se disse desafiada a vencer mais essa luta com a garra e a coragem das mulheres do Rio Grande do Norte. “Quando as pessoas pensam que somos pequenos, eles se enganam. Nós temos algo que eles não tem: honestidade e dignidade. Precisamos romper com tudo que nos envergonha, enquanto cidadãos norteriograndenses. Nesse caso, nossa pequenez só conta a favor do nosso grupo, pois somos aquilo que a população almeja – a verdadeira mudança e renovação, disse.

O candidato a governador do estado, Breno Queiroga, ressaltou que esse é o momento certo para realizar a mudança que o RN necessita “Antes de todas as grandes transformações e evoluções em nossa vida existe a dor. Esse é o momento em que vive o povo do Rio Grande do Norte. Precisamos entender que se nada for feito agora, essa crise só tende a se agravar. A união desses partidos representa a única possibilidade de uma verdadeira mudança acontecer. Nós, do Renova RN, estamos apresentando essa alternativa. Real e sólida. Somos todos ficha limpa e não temos motivos para nos envergonhar de bater na porta do povo norteriograndense e pedir a oportunidade de, juntos, mudarmos a história do Rio Grande do Norte”, disse Breno Queiroga.

A Coligação Renova RN é composta pelos partidos Solidariedade, Patriota, Democracia Cristã, PV, PSL, PSC.

Agora RN

Carlos Eduardo: “Em Parnamirim não preciso de prefeito ou ex-prefeito pois tenho o povo”.

Uma noite de emoção, nostalgia e demonstração de lealdade . Assim o pré-candidato a governador pelo PDT, Carlos Eduardo, iniciou sua jornada em Parnamirim, município administrado durante oito anos pelo seu pai, o falecido ex-prefeito Agnelo Alves, gestor considerado o melhor da história local.

“No interior, alguns me perguntam: Carlos, como será sua vida em Parnamirim sem prefeito, ex-prefeitos, lideranças. Respondo: Sou filho de Agnelo, sou filho de Parnamirim, tenho o povo comigo!”, declarou o pré-candidato, arrancando aplausos dos presentes à reunião.

Carlos Eduardo, emocionado também pela presença da mãe, professora Celina Alves, responsável por extenso programa social na gestão de Agnelo, afirmou que somente após a posse do pai, “Parnamirim tomou-se de autoestima, reconheceu suas próprias potencialidades, mas chegou Agnelo e todos reconhecem: houve uma cidade antes e depois dele. Por isso, sou filho de Parnamirim, tenho a responsabilidade de fazer muito por vocês”.

Carlos Eduardo criticou ainda a atual gestão, na segurança, na saúde, no atraso de salarial. “O que está desmantelado tem que mudar e, a exemplo de Agnelo aqui, o povo conhece minha capacidade de reverter problemas,atestada pelas quatro administrações em Natal”.

“Não traí ninguém”, afirma Antônio Jácome após se afastar de Robinson

O deputado federal Antônio Jácome (Podemos) disse nesta segunda-feira, 23, que “não traiu ninguém” ao se aliar a DEM, MDB, PDT e PP em uma chapa para disputar as próximas eleições no Rio Grande do Norte. Considerado aliado do governador Robinson Faria (PSD) durante os últimos três anos e meio, Jácome agora é pré-candidato a senador no mesmo grupo político do pré-candidato ao Governo Carlos Eduardo Alves (PDT).

“Não votei em Robinson para governador [em 2014], mas não podia fazer oposição ao Rio Grande do Norte. Estive à disposição dele e do secretariado quando o Rio Grande do Norte era um assunto em pauta nos ministérios ou no Palácio do Planalto. Acompanhei [em Brasília], todas as vezes em que fui convidado pelo Governo, as audiências, solicitações, dificuldades e entraves burocráticos. Estive ao lado do Rio Grande do Norte”, afirmou Jácome, em entrevista à TV Band Natal.

De acordo com o parlamentar, ele “não era um aliado automático e incondicional” do governador Robinson Faria porque sua trajetória política sempre foi de “muita independência”. Segundo o deputado federal, os cargos na gestão estadual atribuídos a ele – o que justificaria uma acusação de “traição” – na verdade foram indicados por seu filho, o deputado estadual Jacó Jácome (PSD).

“Meu filho é do PSD e sim, como membro da bancada do partido [presidido no Estado por Robinson Faria], indicou alguns espaços, o que é natural em uma aliança político-administrativa que se dá, principalmente sendo membro do mesmo partido”, registrou.

Por fim, Antônio Jácome assinalou que, devido à sua postura de “independência”, não houve sequer “rompimento” com o atual governador. “Não traí ninguém. Não precisei romper porque não anunciei qual seria o meu caminho para a majoritária. A circunstância me fez aceitar o convite de MDB, DEM, PDT e PP”, acrescentou.

Sobre a possibilidade de o PSD negar legenda para Jacó Jácome disputar a reeleição para a Assembleia Legislativa, Antônio Jácome disse que isso já foi resolvido. “Esse é um assunto vencido, superado”, finalizou o deputado, complementando que crê que o seu filho terá “segurança jurídica” para disputar as próximas eleições.

Agora RN

DEM-Mulher empossará presidentes dos Diretórios no RN

Na próxima quinta-feira (26), o Democratas Mulher no Rio Grande do Norte realizará evento na sede do partido em Natal para dar posse as novas presidentes municipais dos diretórios femininos.

Para a presidente estadual do Democratas Mulher no estado, Anita Catalão, esse é mais um momento importante idealizado pelo segmento permanente do DEM para estimular o fortalecimento da presença feminina nas eleições deste ano.

“Já desenvolvemos durante todo o ano um trabalho nos municípios para incentivar a participação feminina na vida política e social das cidades, mas em ano eleitoral esse projeto é intensificado para que possamos ver revertida nas urnas a presença de mais mulheres eleitas”, destacou.

O evento contará com a presença do presidente estadual do partido, senador José Agripino, além de várias prefeitas do partido no RN.

O DEM também já definiu a data da convenção estadual. Será no dia 04 de agosto a partir das 10h na sede do partido localizada na avenida Amintas 4488, no bairro de Nova Descoberta.

O evento que definirá os candidatos da legenda para o pleito de outubro não será festivo, apenas cartorial com a presença dos membros da Executiva Estadual, já que o DEM apoiará a chapa majoritária encabeçada pelo PDT e o Partido Democrático Trabalhista também realizará sua convenção no mesmo dia em grande evento no Palácio dos Esportes.

17 investigados na Lava Jato estão foragidos; 3 deles no exterior

Dezessete empresários e doleiros investigados na Operação Calicute (versão da Lava Jato no Rio, cujo principal alvo foi o ex-governador Sérgio Cabral) estão foragidos desde que o juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, assinou os pedidos de prisão.

Segundo informações do jornal “O Globo”, três dos 17 estão no exterior. O empresário Arthur Soares, o Rei Arthur, está nos Estados Unidos; Felipe Paiva e José Carlos Lavouras estão em Portugal por terem cidadania lusitana, e isso gerou uma crise entre as autoridades brasileiras e portuguesas.

Até o momento, o país europeu não tomou providências contra eles com base nas provas remetidas pela força-tarefa.

De acordo com “O Globo”, a Lava Jato incluiu os 17 nomes na difusão vermelha da Interpol (alerta internacional para fins de extradição) e busca acordos de cooperação internacional. No entanto, há casos em que os foragidos têm paradeiro conhecido, mas seguem a vida normalmente.

NOTÍCIAS AO MINUTO