Categoria: EMPARN

Emparn instala primeiros pluviômetros automáticos, no interior do RN

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), começou na última sexta (14), a instalação dos pluviômetros automáticos no interior do Rio Grande do Norte. Ao todo serão instalados 100 telepluviômetros, distribuídos por todas as regiões do Estado. Esses primeiros equipamentos foram instalados nos municípios de Ceará-Mirim e Guamaré. Os 100 telepluviômetros fazem parte do projeto de Modernização da Meteorologia Potiguar, que já instalou 15 Estações Automáticas.

Essa rede automática vai monitorar as variáveis meteorológicas como: temperatura, umidade do ar, vento, pressão atmosférica, radiação solar, umidade do solo, temperatura do solo, quantidade chuva, etc. As medições serão feitas de hora em hora e transmitidas online para o servidor da Emparn. As informações serão utilizadas tanto para divulgação para a sociedade como um todo, geração de produtos voltados para a agricultura, pecuária e turismo. A partir dessas informações, por exemplo, vai ser possível melhorar o zoneamento e monitoramento agrícola, o que dará mais segurança aos agricultores, principalmente na hora de escolher a hora e a cultura agrícola que vai plantar em sua propriedade. O monitoramento climático mais eficaz possibilita ainda auxiliar na gestão dos recursos hídricos do Estado.

Essa é a primeira vez que a meteorologia do Estado, passa por uma reformulação e modernização mais ampla, o que vai permitir que a Emparn disponibilize de forma mais eficaz, a previsão do tempo e o monitoramento de chuvas, produtos que vão auxiliar, principalmente, as áreas de turismo, agricultura e pecuária do RN. O Projeto de “ Ampliação e Modernização do Monitoramento Hidrometeorológico, Climático e Agrometeorológico do Rio Grande do Norte”, foi desenvolvido pela gerência de Meteorologia da EMPARN e em 2016 e apresentado ao Governo do Estado e Banco Mundial, agente financiador do projeto no valor de 5,5 milhões em equipamentos e desenvolvimento de Softwares.

A previsão é que essa nova rede esteja em pleno funcionamento no primeiro semestre de 2019. Quando este projeto estiver em plena execução serão 100 pluviômetros automáticos, 23 estações automáticas (15 novas e 8 que já tem e passarão por manutenção), além dos 200 pluviômetros convencionais em uso atualmente.

Volume de chuva registrado nas últimas 24 é maior que média de todo o mês de dezembro

Nesses últimos dias está sendo observada a ocorrência de chuvas de forma isoladas nas diversas regiões do Estado, resultado da atuação do sistema meteorológico transiente, típico para a época, conhecido como Vórtice Ciclônico de Ar Superior (VCAS). Esse sistema, teve origem com a presença de uma frente fria sobre o sul da região Nordeste, forçando o ar a ter uma configuração ciclônica, o que causa instabilidades na borda esquerda do sistema, favorecendo a ocorrência de chuvas.

Com a expansão da umidade da região amazônica em direção ao Nordeste, com as águas do oceano Atlântico mais aquecidas próximo do litoral nordestino e a Zona de Convergência Intertropical mais próxima da região, as chuvas têm ocorrido em praticamente toda a região Nordeste e deverão continuar durante a próxima semana. Para o Rio Grande do Norte, destaca-se nessas últimas 24 horas os volumes de chuva nos municípios de Pedro Avelino (60mm, no mês de dezembro inteiro a média de chuva é de 15mm), Luiz Gomes (40mm), Major Sales (24mm).

Lembrando que para o mês de dezembro as médias pluviométricas são: Região Oeste=22,0mm; Região Central=18,3mm; Região Agreste=14,7mm; região Leste=26,3mm.

De acordo com os modelos de previsão do tempo para os próximos dias as chuvas deverão continuar ocorrendo em todas as regiões do Estado, principalmente nas regiões Oeste e Central.

O boletim completo vai estar disponível no fim da manhã, no site da EMPARN (www.emparn.rn.gov.br), e só acessar Chuvas Diárias.

Fazendinha e animais da EMPARN são destaques na Festa do Boi 2018

Centenas de pessoas visitaram a Fazendinha da EMPARN todos os dias durante a 56ª Festa do Boi, realizada de 12 a 20 de outubro, no parque Aristófanes Fernandes em Parnamirim. Os visitantes tiveram a oportunidade de conferir uma verdadeira vitrine tecnológica do que é pesquisado pela EMPARN. Na área de plantio ele puderam encontar o Sorgo BRS Ponta Negra, Capim Capiaçu, Milho Potiguar, Feijão Potiguar e Marataoã e variedades de Palma Forrageira.

Além do plantio, foram distribuídas gratuitamente raquetes de palma, mudas de capim e sementes de sorgo, feijão e milho com objetivo de disponibilizar aos agricultores os resultados das pesquisas realizadas pela EMPARN. Os animais também chamaram a atenção de quem passou pela fazendinha.

A Emparn levou para a exposição exemplares de todas as raças de bovinos (Pardo-suíço, Gir e Guzerá), caprinos e ovinos que são pesquisados nas estações experimentais da empresa. Na fazendinha, teve oportunidade de renda no campo, a EMPARN, estava com a venda pintos caipira a preço de custo, para incentivar os agricultores a iniciarem uma criação de aves caipira e garantir uma boa renda, já que as duas linhagens Pescoço Pelado e Carijó, são de dupla aptidão, boas de ovos e também de carne. Este ano a empresa bateu recorde de vendam como cerca de 7 mil pintos comercializados nos nove dias de Festa do Boi.

O trabalho realizado pelos laboratórios também estava em exposição na fazendinha. O de análises de solo, água e plantas mostrou os equipamentos e a importância de análise, principalmente do solo, para ter uma maior garantia do plantio. O laboratório de Biotecnologia, também estava presente com as pesquisas sobre palmas e bananeiras, inclusive com mudas de banana Pacovan disponíveis para a população.

LEILÃO

O leilão Emparn & Convidados, que foi realizado na noite no primeiro domingo da Festa do Boi, comprovou mais uma vez o reconhecimento dos criadores potiguares e de estados vizinhos como Paraíba e Ceará, do trabalho de melhoramento genético de bovinos que é desenvolvido há muitos anos pelos pesquisadores da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN). O leilão ofereceu 43 lotes, entre os animais da Emparn e dos convidados e uma negociação de todos os lotes no valor de 250 mil reais, sendo o lote mais caro foi de uma vaca Pardo-suíça da EMPARN que foi vendida pelo valor de 13.200 reais, para um criador da Paraíba. O próximo leilão da EMPARN, está programado para o dia 10 de novembro, na Estação Experimental

JULGAMENTO PARDO-SUÍÇO

No primeiro domingo da exposição agropecuária também foi realizada a pista de julgamento da raça Pardo-Suíça, com a participação de cerca de 70 animais dos estados do Ceará e Rio Grande do Norte. Os resultados obtidos pelo rebanho da EMPARN, manejado na Estação Experimental de Cruzeta, uma das regiões mais secas do semiárido nordestino, podem ser considerados excepcionais. O rebanho obteve os títulos de Melhor Criador Geral, Segundo Melhor Expositor e Melhor Criador e Expositor de Gado Jovem. Individualmente vários animais do rebanho obtiveram premiações de destaque. A novilha EMPARN PRINCESA DAVENPORT foi a Grande Campeã Jovem, a novilha EMPARN ODALISCA JONAS foi a Reservada Grande Campeã Jovem. Entre as vacas, a matriz EMPARN NOVELA TEMTATION foi a Grande Campeã Vaca Jovem e a vaca EMPARN LUMA LEGACY obteve a premiação de Grande Campeã entre todas as matrizes presentes no evento.

JULGAMENTO GUZERÁ LEITEIRO

A EMPARN levou para a festa do Boi este ano, 17 animais da raça Guzerá, todos da Estação Experimental Felipe Camarão, em São Gonçalo do Amarante. A pista de julgamento da raça Guzerá Leiteiro, foi realizada na noite do dia 18 de outubro. A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) conquistou os títulos de Melhor Expositor e também Melhor Criador da raça. FOLHAGEM DA EMPARN foi a Reservada Campeã na categoria Vaca Adulta e também a Reservada Grande Campeã. Na categoria Vaca Jovem, JAMAICA DA EMPARN foi a Reservada Campeã. Uma prova que as pesquisas desenvolvidas há anos com o melhoramento genético do rebanho da EMPARN estão dando excelentes resultados.

Laboratório da EMPARN recebe mais uma vez o Certificado de Excelência, do Programa de Análises de Qualidade de Laboratórios da Embrapa

O laboratório de análise de solos da EMPARN, acaba de receber o Certificado de Excelência 2017, da Embrapa Solos, empresa responsável pelo Programa de Análise de Qualidade de Laboratórios de Fertilidade (PAQLF), que certifica que o laboratório atendeu com excelência os critérios de análise de solos. Esse certificado garante a confiabilidade do trabalho desenvolvido pelo laboratório da EMPARN, no serviço prestado à população.

O Certificado de Excelência recebido pelo laboratório da EMPARN, só veio confirmar a alta qualidade do laboratório que ano a ano aumenta o número de análises de amostras de solos, água, plantas, bactérias e calcário. Um exemplo disso é o número de análises de solos realizadas em 2017, foram 2.685 análises, número bem acima da média registrada nos últimos dez anos, que é de 1.679 por ano. Em um comparativo com a quantidade de análises de água, que também é um serviço muito solicitado, a demanda por estudo do solo também foi muito superior, no ano passado foram realizadas 1.075 análises de água, contra 2.685 de solo.

Para o químico responsável pelo laboratório, Alfrêdo Osvaldo Dantas, a maior procura foi por parte dos agricultores que necessitavam de financiamentos. O laudo é um dos documentos exigidos pelos bancos, para que seja feita a avaliação do potencial produtivo do solo da propriedade, nele também tem a recomendação e orientação do agrônomo do laboratório sobre o melhor produto para plantar no solo analisado. A credibilidade do laboratório da EMPARN, também é reconhecida fora do Rio Grande do Norte, já que é procurado por agricultores de outros estados, tais como: Alagoas, Ceará, Piauí, Paraíba, Pará e Pernambuco.

O laboratório, funciona na sede da empresa, na Estação Experimental Rommel Mesquita de Farias, no Jiqui. Em 2017, além das análises de solo e de água, o laboratório realizou também 375 análises de plantas; 362 bacteriológicas e 18 amostras de calcário, dos diversos parâmetros físicos, químicos e biológicos. O centro de análises faz pesquisas para diversos órgãos ambientais como encaminhamentos do instituto de águas (IGARN) e para o programa Água Azul, do Idema. Além de atender demandas de produtores rurais interessados em garantir a qualidade da água e do solo para obter altas produtividades nos plantios.

Apesar da difícil situação enfrentada pelo setor agropecuário potiguar nos últimos 6 anos com a escassez de água na região Nordeste, o número total de análises realizadas no laboratório da EMPARN, é sempre crescente, ao todo em 2017 foram 4.515, enquanto que no ano anterior (2016), o laboratório fez 3.895 análises. Esse ano, nos cinco primeiros meses foram realizadas em média 1.300 análises.

O laboratório conta com diversos instrumentos modernos e de alta precisão, dentre eles absorção atômica, forno de grafite, espectrofotômetro, analisador de carbono, cromatógrafo de cátions e anions. São equipamentos essenciais para determinação de amostras de solo, planta, água, calcário, adubos orgânicos e rações para consumo animal. A equipe técnica é composta de pesquisadores e auxiliares qualificados e experientes garantindo o alto padrão dos serviços laboratoriais, dentre os quais três doutores em agronomia, dois mestres em engenharia sanitária, cinco químicos, dois biólogos e quatro técnicos em laboratório.

EMPARN participa neste fim de semana de duas Exposições Agropecuárias no RN

Neste fim de semana (8 a 10), a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), vai participar simultaneamente de duas exposições do Circuito Estadual de Exposições Agropecuárias de 2018, em Caicó e Coronel Ezequiel, promovido pelo Governo do Estado através da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (SAPE). Em Caicó serão cerca de 1.500 animais, entre bovinos, caprinos e ovinos em exposição. A programação diversificada contará com Mostra de Queijos Artesanais, Cursos de Cortes Especiais de Carnes e Palestras Informativas, direcionadas aos produtores rurais. Para entreter os visitantes, atrações como Feira de Artesanato, Shopping do Cavalo, Estandes Comerciais, Shows Culturais.

Produção Animal da EMPARN vai ser um dos destaques da 45ª Exposição do Seridó

Ciente da importância da bacia leiteira do Seridó e em particular da tradição pecuária do município de Caicó, a EMPARN estará presente de forma expressiva com seus animais na 45 ª Exposição Agropecuária do Seridó, que se inicia nesta sexta-feira (8), no Parque de Exposições Monsenhor Walfredo Gurgel.

Além de participar do Leilão Seridó Terra do Leite disponibilizando aos criadores da região 12 matrizes e tourinhos de alto valor genético das raças Gir, Guzerá, Pardo-Suíça e Girolanda, o catálogo com os animais da EMPARN, está disponível na página da Empresa. Na pista ranqueada a EMPARN vai apresentar animais jovens de seu rebanho Pardo-Suíço da Estação Experimental de Cruzeta, que serão julgados pelo Dr. Fernando da Rocha Kaiser, Superintendente Técnico da Associação Nacional de Criadores de Gado Pardo-Suíço – ABCGPS.

Também estarão presentes na exposição, matrizes e reprodutores caprinos da raça Saanen adquiridos recentemente com apoio do Programa Governo Cidadão de “Fortalecimento da Pecuária Leiteira Bovina e Caprina do RN”.

Paralelamente a essas atividades, a Empresa estará disponibilizando aos produtores do Seridó 20 mil raquetes de palma forrageira de variedades tolerantes à praga da Cochonilha do Carmim, produzidas na Estação Experimental de Apodi, para produtores selecionados pela Emater e pela Associação de Produtores de Caicó. Essas palmas que serão distribuídas são oriundas do experimento do projeto de “Produção irrigada da palma forrageira adensada e outras reservas forrageiras estratégicas para garantir a segurança alimentar e escala de produção da pecuária familiar no semiárido” que faz parte de um convênio da EMPARN com a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead). Pesquisadores da EMPARN também participarão do ciclo de palestras organizado pela EMATER

Como acontece em todas as exposições a Empresa apresentará em seu estande institucional todas as suas áreas de atuação, com distribuição de amostras de sementes precoces de milho Potiguar, milho Cruzeta, feijão Riso do Ano e sorgo BRS Ponta Negra. Os visitantes também terão a sua disposição mudas bananeiras e coqueiro, raquetes de palma e publicações com os mais recentes resultados de pesquisa. Também será lançado durante o evento a publicação “Mandacaru sem espinhos, palma Orelha Elefante Mexicana” trazendo informações detalhadas da utilização dessas cactáceas na alimentação de caprinos.

Pesquisas da EMPARN estarão expostas na Caprifeira de Cel. Ezequiel

A EMPARN também estará presente na 8ª Caprifeira de Coronel Ezequiel, na Borborema Potiguar, que começa sexta-feira(08) e vai até domingo(09), a EMPARN estará com um estande, distribuindo amostras de sementes precoces e palma forrageira, além de cartilhas de orientação. A Caprifeira já se consolidou no calendário local de festividades, atraindo a participação de criadores de várias regiões do Estado, visando boas oportunidades de negócios. A Agência de Fomento do RN – AGN, e o Banco do Nordeste estarão participando das duas exposições, oferecendo linhas de crédito em condições especiais para o financiamento de animais. Na programação da Caprifeira tem julgamentos das raças Caprinas e Ovinas, comercialização de animais e Feira do Artesanato.

Interior do RN continua com chuvas no fim de semana

As chuvas estão mantendo a regularidade, principalmente no sertão potiguar, após seis anos consecutivos de seca. No fim de semana, da manhã de sexta-feira até a manhã de hoje (23), a Unidade de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) registrou precipitações em 105 pluviômetros acompanhados diariamente pela equipe da meteorologia, nas mesorregiões do Estado, com destaque para o Oeste.

Choveu mais forte em Carnaubais 89,4 milímetros (mm); Caraubas,72,5mm; Alto do Rodrigues – DIBA, 65,0 (mm); Campo Grande, 64,2mm; Paraú, 60,6mm.

Na mesorregião Central choveu em Caicó, 66,8mm e São João do Sabugi, 60mm. No Agreste e Leste as chuvas mais fortes ocorreram em Bento Fernandes, 35mm e Georgino Avelino, 22,9mm, respectivamente.

Previsão

A zona de Convergência Intertropical (ZCIT) continua atuando sobre a região Nordeste. O que é bom, principalmente para a o sertão nordestino, porque a ZCIT é o principal sistema que provoca boas chuvas nesta época do ano na região Nordeste. A previsão para as próximas 24 horas é de céu parcialmente nublado e chuva em todas as regiões do Estado. No site da EMPARN, estão disponíveis o Boletim Chuvas e a previsão. www.emparn.rn.gov.br

EMPARN registra fortes chuvas no Estado, durante o fim de semana

No acumulado de chuvas registradas durante o fim de semana, o destaque foi para a região Central Potiguar. No município de Timbaúba do Batistas, o acumulado de sexta (13) até hoje (16), chegou a 206 milímetros e em Caicó 191.7mm. Ao todo, dos 177 postos monitorados diariamente foram registradas boas chuvas em 111, especialmente, nas mesorregiões Central, Agreste e Oeste. Em todas as regiões do RN as precipitações contribuíram para elevar o nível dos açudes e barragens.

Na região Oeste choveu forte em Martins, 100mm; Serrinha dos Pintos, 86mm; Jucurutu, 73,2mm e ainda em Patu, Messias Targino, Upanema, João Dias e Frutuoso Gomes.

Na mesorregião Central choveu em Caicó, com três registros, sendo um de 191,1mm, no Açude Itans.; 126mm, no Açude Mundo Novo, na Estação Experimental da EMPARN e o terceiro de 185,3mm, na Emater. Choveu ainda em São João do Sabugi, 180mm; Cerro Corá, 135,4mm e, também nos municípios de Serra Negra do Norte, Equador, Cruzeta, entre outros.

No Agreste e Leste do Estado o acumulado mais significativo foi em São Tomé, com 139,4mm e Santa Maria, 69mm. Choveu ainda em Senador Georgino Avelino, 75,6mm; Extremoz, 55,1mm e Parnamirim, 54,7mm.

A previsão é de mais chuva nos próximos dias devido a atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que continua sobre a região Nordeste.

Avisamos que nossa rede de internet está com problemas desde a última quinta (12), por isso os dados não estão disponíveis em nossa página. Técnicos estão trabalhando para resolver os problemas na rede o mais breve possível.

Open chat