Categoria: Coronavírus

Coronavírus: Região Potengi tem 116 casos suspeitos, 25 confirmados e 4 mortes

De acordo com informações do Blog SPP News que fez um levantamento dos casos do coronavírus na Região Potengi com base no boletim da Sesap e dos municípios, os números são do boletim nº 64 da Sesap, atualizado neste domingo, 17 de maio. O blog coloca como da Região Potengi os 13 municípios que tem pactuação com o Hospital Regional Monsenhor Expedito.

Na nossa Região já são 25 casos confirmados, 4 mortes e 116 casos suspeitos. Outros 77 casos que estavam como suspeito foram descartados.

O município com mais casos confirmados é São Tome com 6. Santa Maria vem em seguida com 4. São Paulo do Potengi, Riachuelo e Bom Jesus tem 3 confirmados cada. Serra Caiada tem 2. Barcelona, Boa Saúde, Senador Elói de Souza e São Pedro (caso que reside em Natal) tem 1 cada. Caiçara do Rio do Vento, Lagoa de Velhos e Ruy Barbosa são os municípios da Região que ainda não possuem caso confirmado.

E já são 4 óbitos na nossa Região por coronavírus. Serra Caiada tem 2 mortes, São Tomé 1 morte e Bom Jesus 1 morte.

São Paulo do Potengi lidera o número de casos suspeitos entre os municípios pactuados com o Hospital Regional. São 33 casos suspeitos na capital do Potengi. Riachuelo é o que mais se aproxima em casos suspeitos com 18.

RN contabiliza 2.033 mil infectados por Covid-19; óbitos somam 93

O número de infecções confirmadas pelo novo coronavírus no Rio Grande do Norte já ultrapassou os 2 mil nesta terça-feira e soma agora 2.033, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesap). Mortos são 93. Há 7.383 casos suspeitos, 5.677 descartados, além de 49 óbitos em investigação. São 734 pacientes recuperados.
As mortes mais recentes registradas pela Sesap ocorreram em Mossoró (2) e em Natal (1).

Ainda de acordo com a Sesap, no RN, há 28 solicitações de internacão vindas do interior, das quais 4 são pacientes classificados como prioridades 1 e 2, as mais graves, e 24 pacientes que têm quadro clínico de média complexidade.

A taxa de ocupação de leitos no estado está distribuída da seguinte maneira: em Mossoró, há duas vagas no Hospital São Luís; no Tarcísio Maia, dos 17 leitos destinados a tratar Covid-19, 12 estão ocupados e outros três têm pacientes em processo de alta.

Em Caicó, 12 dos vinte leitos estão ocupados; no Hospital Dr. Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros, não há internações.

A situação é mais crítica na capital. No Giselda Trigueiro e no Hospital Municipal não há leitos disponíveis e o Hospital da Polícia Militar já conta com 90% de ocupação. Em todo o estado, 282 pessoas estão internadas com a doença.

Agora RN

No RN, número de casos suspeitos de Covid-19 salta de 272 para 478; confirmados são 14

Agência Brasil

Subiu de 272 para 478 o número de casos suspeitos de Covid-19, a infecção causada pelo novo coronavírus, no Rio Grande do Norte. A informação consta no mais recente boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), divulgado no início da tarde desta terça-feira (24). O Estado continua com 14 casos confirmados.
Dos 478 casos suspeitos, 24 são de pessoas que moram fora do Rio Grande do Norte, mas que foram atendidos no Estado. O restante está espalhado em 64 municípios potiguares. A maioria está em Natal, onde há 200 casos notificados até o momento. Em seguida, vêm Mossoró, com 90 casos suspeitos, e Parnamirim, com 29 registros.

O número de casos suspeitos registrados nesta terça-feira representa um aumento de 75% com relação ao dado de segunda-feira (23), quando havia 272 casos suspeitos. Além deles, havia 10 outros casos de pessoas que moram fora do Rio Grande do Norte, mas que foram atendidas aqui – o que elevaria o total para 282.

Entre os casos já confirmados (14), 9 estão em Natal, 4 estão em Parnamirim e 1 está em Mossoró. A cidade de Parnamirim tem ainda outros 2 casos “prováveis”, que são pessoas que tiveram contato com pacientes que testaram positivo para Covid-19.

Além disso, são 52 casos descartados em todo o Estado – pessoas que testaram negativo para a doença.

Agora RN

Secretário de Saúde diz que testes de coronavírus no RN serão “muito seletivos” e que precisa de pelo menos R$ 100 milhões

Diante do iminente crescimento dos casos de Coronavírus, entre eles aqueles com necessidade de leitos de UTI, as autoridades correm contra o tempo para tratar de forma paliativa a rede de saúde pública, e deixá-la em condições que possa evitar ou reduzir a letalidade do Covid-19 no Rio Grande do Norte. No caminho, há a necessidade preliminar de ao menos R$ 100 milhões em recursos extras, não disponíveis, e especialmente conhecer a dimensão do número de infectados no Estado. O governo só recebeu R$ 7,1 milhões, dos R$ 15 milhões pleiteados do pacote de “ajuda” da União aos estados. Tão grave quanto as limitações financeiras é a impossibilidade de diagnóstico mais rápido — hoje demora no mínimo sete dias —, enquanto o número de casos suspeitos não para de crescer. A Sesap recebeu apenas um kit de “teste rápido” do Ministério da Saúde, o que permite a realização de apenas 96 exames. O secretário estadual de saúde admite que somente os casos graves, e indicados por profissionais, serão dados prioridade para uso desses testes. E, à medida que o número de pessoas com os sintomas de coronavírus aumente, boa parte desses pacientes será diagnosticado apenas pelo exame clínico.

Em entrevista à TRIBUNA DO NORTE, nessa quinta-feira, o secretário Cipriano Maia disse que a Secretaria Estadual de Saúde vai suspender cirurgias eletivas de pacientes internados em hospitais da rede pública ou conveniada, com algumas exceções, e cirurgias eletivas de uma forma geral para resguardar os leitos à eventual demanda de internação de pacientes graves por Covid-19. As medidas mais drásticas, como proibir as pessoas de circular pelas ruas, serão adotadas a partir do crescimento do número de casos. Especialmente se entenderem que é o momento de intervir para não levar ao colapso o sistema de saúde. Cipriano admite que as estatísticas certamente não refletem a realidade do número de casos no Rio Grande do Norte, mas rechaçou que haja qualquer interesse do poder público em omitir informações para não causar pânico.

LEIA A ENTREVISTA DO SECRETÁRIO NA TRIBUNA DO NORTE CLICANDO: //www.tribunadonorte.com.br/noticia/cipriano-maia-com-o-alargamento-da-epidemia-na-o-vai-ter-teste-suficiente/475257

TRIBUNA DO NORTE

Já são 22 os infectados que viajaram com Bolsonaro aos EUA

Sérgio Lima / Poder 360

Chegou a 22 o número de pessoas que participaram da viagem do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos na semana passada e agora estão com o coronavírus.

Foram confirmados na quinta-feira, 19, os resultados positivos do assessor internacional da Presidência, Filipe Martins; do chefe da ajudância de ordens, Major Cid; do diretor do Departamento de Segurança Presidencial, Coronel Suarez; e do chefe do Cerimonial, Carlos França.

Cid, Suarez e França passam o tempo todo muito próximos do presidente. Martins, por sua vez, viajou ao lado do secretário de Comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten, que foi o primeiro membro da comitiva a ter a confirmação da infecção pelo novo coronavírus. Ambos voltaram ao Brasil na madrugada da quarta-feira, 11, no mesmo avião do presidente.

Os quatro estavam em isolamento por terem tido contato com Wajngarten. O primeiro exame de todos deu negativo. A confirmação veio no segundo teste.

Também na quinta foi confirmado que o presidente da Agência Brasileira de Promoção à Exportação (Apex), Almirante Sérgio Segovia, teve teste positivo para a covid-19. Ele também esteve nos EUA com o presidente, não apresenta sintomas e está em isolamento domiciliar.

Os ministros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, e de Minas e Energia, Bento Albuquerque, também tiveram resultado positivo após a viagem.

Os dois testes de Jair Bolsonaro deram negativo, mas o Ministério da Saúde recomendou que o exame seja refeito na próxima semana. Enquanto isso, a recomendação é para que Bolsonaro siga em “monitoramento”.

No domingo, 15, Bolsonaro quebrou a recomendação de cautela e participou de um ato a favor do governo e com críticas ao Judiciário e ao Legislativo. Ele chegou a apertar a mão de apoiadores em frente ao Palácio do Planalto.

Os 22 contaminados que integraram ou tiveram contato com a comitiva de Bolsonaro nos EUA são os seguintes:

Fabio Wajngarten, secretário de Comunicação da Presidência da República

Nelsinho Trad, senador pelo PTB-MS

Nestor Forster, embaixador e encarregado de negócios do Brasil nos EUA

Karina Kufa, advogada e tesoureira do Aliança pelo Brasil

Sérgio Lima, publicitário e marqueteiro do Aliança pelo Brasil

Samy Liberman, secretário-adjunto de comunicação da Presidência

Alan Coelho de Séllos, chefe do cerimonial do Itamaraty

Quatro integrantes não-identificados da equipe de apoio do voo presidencial aos EUA

Robson Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI)

Marcos Troyjo, secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia

Flávio Roscoe, presidente da Federação das Indústria do Estado de Minas Gerais

Daniel Freitas, deputado federal (PSL-SC)

Augusto Heleno, ministro-chefe do GSI

Bento Albuquerque, ministro de Minas e Energia

Sérgio Segovia, presidente da Apex

Filipe Martins, assessor internacional da Presidência

Major Cid, chefe da ajudância de ordens

Coronel Suarez, diretor do Departamento de Segurança Presidencial

Carlos França, chefe do Cerimonial

Agência Estado

Prefeito Dr° Cássio decreta medidas temporárias de prevenção ao Coronavírus

O prefeito Dr° Cássio, de Ielmo Marinho, decretou nesta quarta-feira (18) um conjunto de medidas temporárias de prevenção ao contágio pelo Coronavírus no âmbito de Ielmo Marinho.

Dentre as medidas tomada pelo prefeito está suspenso durante 15 dias o atendimento presencial do público externo que puder ser prestado por meio eletrônico ou telefônico. Suspenso também todas as atividades pedagógicas presenciais em todas as escolas públicas do sistema de ensino da cidade de Ielmo Marinho/RN, por um período de 15 (quinze) dias, a partir de 18 de março de 2020, a ser monitorado e avaliado o seu término, redefinindo sua continuidade ou não, conforme necessário, sem prejuízo no calendário escolar.

Veja o decreto na íntegra.

Mais duas pessoas morreram de Covid-19 no Brasil: vítimas tinham 65 e 80 anos

Foto: Divulgação

A operadora de saúde Prevent Senior confirmou nesta quarta-feira a morte de mais dois pacientes com coronavírus. De acordo com a empresa, que é voltada para o público idoso, um dos pacientes tem 65 anos e o outro 80. Ambos estavam internados Hospital Sancta Maggiore, no Paraíso, região central da capital paulista, desde 15 de março.

Ainda segundo o boletim do hospital, a vítima de 65 anos tinha comorbidades, mas a de 80 anos, não. Com essas duas novas mortes, sobe para três o número de óbitos por coronavírus no Brasil. O primeiro óbito foi registrado nesta terça-feira, no mesmo hospital. Trata-se de um porteiro, de 62 anos.

Ainda segundo boletim da Prevent Senio,r há 55 pacientes internados sob protocolo do coronavírus. Do total, 26 estão em UTI, sendo 12 já com testes positivos para Covid-19 e outros 14 ainda aguardam resultados de exames.

Outros 29 estão acomodados em apartamentos: sete testes são positivos para coronavírus e 22 aguardam resultado do exame.

Entre os pacientes internados com confirmação de coronavírus, segundo a Prevent Senior, oito são colaboradores da empresa.

O Globo

Efeito Coronavírus: Preço de máscara sobe de R$ 0,35 para R$ 1,40 em São Paulo do Potengi

De acordo com informações publicada no Blog SPP NEWS, estabelecimentos em São Paulo do Potengi estão cobrando um preço abusivo pelas máscaras e álcool em gel, explorando a procura do povo em função do coronavírus.

Uma consumidora relatou que comprou uma máscara há 3 dias por R$ 0,35, e agora quando voltou pra comprar novamente já estava custando R$ 1,40 a unidade. Um aumento abusivo de 300%. E o pior é que, segundo o relato, essa é a única farmácia que ainda tem o produto, nas demais já esgotou por tamanha procura.

Em nota técnica divulgada na última segunda-feira, 16, o Procon RN destacou que no momento de pandemia reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a elevação dos preços de álcool em gel , luvas e máscaras caracteriza prática abusiva e inflativa.

CORONAVÍRUS: General Heleno confirma caso positivo

Em sua conta no Twitter, o General Heleno confirmou que seu teste de coronavírus deu positivo.

“Informo que o resultado do meu segundo exame, realizado no HFA, acusou positivo. Aguardo a contraprova da FioCruz. Estou sem febre e não apresento qualquer dos sintomas relacionados ao COVID-19. Estou isolado, em casa, e não atenderei telefonemas”, disse o General.

Coronavírus: Bolsonaro publica resultado do seu segundo exame; confira

Fotos: José Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro informou, na noite desta terça-feira (17) que testou negativo pela segunda vez para o novo coronavírus (Covid-19). Ele já havia feito o primeiro exame na semana passada, também com resultado negativo.

“Informo que meu segundo teste para Covid-19 deu negativo”, informou o presidente em uma postagem no Twitter.

Bolsonaro, familiares e auxiliares que o acompanharam em viagem aos Estados Unidos, há pouco mais de uma semana, estão sendo monitorados e examinados depois da confirmação de que 14 integrantes da comitiva testaram positivo para o novo coronavírus.

O Ministério da Saúde contabiliza 291 casos de infecção pelo novo coronavírus no país. O total de casos suspeitos é de 8,8 mil.

Open chat