Categoria: Carnaval

Sindicato aponta “catástrofe” financeira sem feriado de carnaval no Rio Grande do Norte

A suspensão do feriado de Carnaval no Rio Grande do Norte, determinada pela governadora Fátima Bezerra a partir do Decreto Nº 30.369/2021 é alvo de questionamento por parte do setor empresarial potiguar. De acordo com o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN), Habib Chalita, caso o decreto estadual em referência, que determinou a suspensão das festividades do período carnavalesco, além do cancelamento dos pontos facultativos compreendidos entre os dias 15 e 17 de fevereiro próximo, o setor de alimentos e bebidas, além do turismo, sofrerá uma “catástrofe” financeira.

Habib Chalita acredita em um prejuízo significativo para diversos setores. “Com esse decreto, já temos números suficientes para dizer que vai ser uma catástrofe com relação às hospedagens. Se estávamos tentando incentivar o turismo interno, que movimentasse… Não vamos atingir a ocupação do ano anterior, mas precisamos fazer com que as empresas sobrevivam. Chegamos a ter no ano passado um Carnaval com nível nacional, ocupação de 85%, mas esse ano, com milagre, queremos que chegue pelo menos a 40%”.

Os empresários dos setores representados pela Federação do Comércio do Rio Grande do Norte (Fecomércio) encaminharam nesta sexta-feira (5) uma carta conjunta ao Poder Público justificando a necessidade de manutenção do feriado no período de Carnaval e enumerando os possíveis prejuízos a dezenas de segmentos empresariais. No documento, os empresários pedem a revogação do Artigo 2º, que discorre sobre a suspensão dos pontos facultativos entre os dias 15 e 17 deste mês. Eles não pedem a realização de festas públicas ou privadas no período, apenas o retorno dos pontos facultativos.

Na semana passada, a Prefeitura do Natal e o Governo do Estado informaram que suspenderiam o ponto facultativo no Poder Público durante o Carnaval, além de determinarem a proibição de festas públicas e privadas durante o período. A medida, no entanto, não foi seguida por diversos setores, que mantiveram a suspensão do trabalho para dias do Carnaval, como comércio, supermercados, bancos e outros órgãos públicos, como Tribunal de Justiça e Assembleia Legislativa, por exemplo.

Confira matéria completa na Tribuna do Norte.

Número de homicídios durante carnaval reduz quase 40%

O número de homicídios durante o Carnaval 2020 no Rio Grande do Norte teve seu menor registro desde 2012. O cenário foi apresentado pelo Governo do Estado nesta quinta-feira (27) e revelou que foram contabilizados 16 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI’s) entre as 18h da sexta-feira (21) e as 12h da quarta-feira, 26, contra 26 ocorrências no ano passado – uma diminuição de 38,5%. Também foram expostos números sobre a atuação no combate à violência contra a mulher e fiscalização nas estradas, todos avaliados de forma positiva pela Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e os chefes de segurança presente na divulgação do balanço.

A governadora Fátima Bezerra foi à coletiva de imprensa para fazer o anúncio dos números que considerou positivos. Também apontado como fator determinante que “o Carnaval fosse de paz”, como salientou Fátima, a queda no número de veículos roubados também foi celebrada. Segundo o Governo, foram 75 casos neste ano, contra 81 em 2019, o correspondente a uma redução de 7,5%. “Um trabalho feito com foco, planejamento, seriedade e efetividade mostra que é possível conter, se não na totalidade, reduzir muito a violência e criminalidade”, afirmou a governadora Fátima Bezerra, que relembrou o custeio das diárias operacionais dos agentes de segurança envolvidos, que superou os R$ 3 milhões.

Ainda na coletiva, a cúpula da Segurança afirmou que foram 33 carros recuperados pelo Comando do Policiamento Metropolitano e Comando de Policiamento do Interior, além de 31 armas recolhidas, 77 pessoas conduzidas e aproximadamente 5 quilos de drogas apreendidas. “O trabalho feito foi integrado com todas as forças de segurança. Estive, ao lado do Coronel Araújo, em várias das ações do interior e Grande Natal e pudemos ver de perto o empenho dos agentes envolvidos na operação”, comentou o comandante da Polícia Militar, coronel Alarico Azevedo.

Para continuar lendo é só clicar aqui: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/naomero-de-homica-dios-durante-carnaval-reduz-em-38-5/473299

TRIBUNA DO NORTE

Prefeito de São Tomé decide não realizar o carnaval deste ano e também alega atraso dos salários dos servidores da educação

O Prefeito da cidade de São Tomé, Babá Pereira, em uma das suas redes sociais postou um comunicado dizendo que tomou uma decisão muito difícil. Babá se referiu a não realização do Carnaval deste ano na cidade.

Babá relatou que o dinheiro que seria para utilização do carnaval, será para pagar neste ano os salários dos servidores da educação que se encontra em atraso.

Nas redes sociais várias pessoas elogiam a decisão do Perfeito, mas outras o criticam.

Veja na integra o comunicado: 

Open chat