CPI DA COVID: Renan Calheiros confirma que pedirá indiciamento de Bolsonaro

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, afirmou nesta terça (5) que o relatório final “com certeza” pedirá o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro. A previsão do relator para votação do documento junto dos demais membros da comissão é até o próximo dia 20 de outubro.

“Com certeza será [indiciado]. Nós não vamos falar grosso na investigação e miar no relatório. Ele com certeza será, sim, pelo o que praticou”, disse.

Além do presidente da República, Calheiros afirma que deve pedir indiciamento de mais 30 pessoas. A lista conta com ministros e personalidades ouvidas pela CPI que são supostos membros do gabinete paralelo e gabinete do ódio, além das que “tiveram responsabilidade no desvio de dinheiro público e da roubalheira”, conforme disse o senador.

Deixe uma resposta