Governo e Ministério Público ampliam para 40% a participação do público nos estádios

Decisão foi tomada durante reunião com a Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) e clubes. A venda de bebida alcoólica também foi liberada para evitar aglomerações horas antes dos jogos em torno dos estádios

O Governo do Rio Grande do Norte e o Ministério Público Estadual decidiram aumentar de 30% para 40% a capacidade de participação do público em estádios e liberou a venda de bebidas alcoólicas durante os jogos. As definições foram tomadas durante reunião nesta segunda-feira (04) entre Estado, Ministério Público Estadual, Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) e dirigentes dos clubes de futebol que estão participando da Série D. As novas liberações consideram a melhora do quadro epidemiológico e a necessidade de apoio aos clubes nesse momento decisivo do futebol estadual.

A permissão para o consumo de bebidas alcoólicas dentro dos estádios, onde é possível ter maior controle dos protocolos sanitários, visa evitar tumulto e aglomerações de torcedores nas filas de entrada minutos antes de o jogo começar e também no entorno do estádio antes do horário previsto para o início da partida.

Já o acesso exclusivo para torcedores imunizados foi mantido pelo governo. Para entrar no estádio, o torcedor deve apresentar, como medida obrigatória, a comprovação do esquema de vacinação com o calendário em dia, sem atraso, junto com um documento com foto. Porém, nos estádios, as crianças abaixo de 12 anos que ainda não iniciaram o processo de vacinação não terão a entrada permitida.

O público pode comprovar a vacinação através do Aplicativo RN Mais Vacina, do Conecta SUS, ou ainda, com a carteira de vacina física, emitida pelas secretarias de saúde dos estados e municípios, ou por institutos de pesquisa, clínica ou outras instituições governamentais, sejam nacionais ou estrangeiras. Além da comprovação do esquema vacinal, o estádio deve seguir com todos os protocolos sanitários durante a realização dos eventos.

A liberação de público em estádios foi oficializada no Rio Grande do Norte em 17 de setembro de 2021, após a queda de casos e de mortes devido às medidas de prevenção adotadas pelo Estado e à campanha de vacinação. Na ocasião foi liberada a participação de público em 30% da capacidade do local.

Participaram da reunião os secretários do Estado do Rio Grande do Norte, Cipriano Maia (Sesap) e Carlos Eduardo Xavier (Set).

Deixe uma resposta