Dia: 4 de outubro de 2021

Câmara de Parnamirim realiza audiência pública sobre o Plano Plurianual

Nesta quinta-feira (7), a Casa Legislativa de Parnamirim realiza audiência pública sobre a elaboração do Plano Plurianual do município para o período de 2022 a 2025. O evento terá início logo após a realização da sessão ordinária e será transmitida pelos perfis da Câmara no Facebook e Youtube. A audiência vai contar com a presença de representantes do Poder Executivo Municipal, da Secretaria de Planejamento e Finanças, além dos parlamentares.

De acordo com a Prefeitura Municipal, o Plano Plunanual (PPA) é um dos instrumentos de planejamento – juntamente à LDO e LOA – que o poder público dispõe para identificar necessidades e lacunas para a implantação de políticas públicas nos mais variados setores dos municípios. É de suma importância que a população participe expondo os anseios e carências dos bairros, para que as ações governamentais para os próximos quatro anos sejam focadas nessas necessidades.

Sesap distribui mais 105 mil doses de vacina contra Covid-19

Amanhã (05), RN recebe mais 132 mil doses da AstraZeneca e Pfizer

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) distribui, hoje (04) às 13h, mais 105.842 doses dos imunizantes contra o coronavírus, em continuidade à Campanha Estadual de Vacinação Contra a Covid-19.

Serão distribuídas 66.970 doses da vacina da Pfizer, das quais 23.262 são destinadas para vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos; 9.078 para aplicação da dose de reforço em idosos com 60 anos ou mais; e, mais 34.630 para aplicação da segunda dose em adultos acima dos 18 anos.

Mais 38.820 doses do imunizante da AstraZeneca/Oxford para aplicação da D2 também serão distribuídos para as regionais de saúde na tarde de hoje. E, outras 52 doses da Coronavac/Butantan são para o reinício do esquema vacinal das pessoas que tomaram doses do lote interditado.

Amanhã (05), o Rio Grande do Norte recebe mais 132.360 doses de vacinas contra a Covid-19. São 64.500 doses do imunizante da AstraZeneca e 67.860 da Pfizer. A maior parte será destinada para aplicação da segunda dose na população adulta.

Vacinação

De acordo com a plataforma RN+Vacina, 75% da população geral do estado já recebeu a primeira dose da vacina contra o coronavírus e 46% dos potiguares já completaram o esquema vacinal (tomaram a D2 ou dose única).

Revisão do Plano Diretor de Natal chega à Comissão de Justiça da Câmara

O projeto de revisão do Plano Diretor de Natal (PDN) chegou à Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal, que se reuniu nesta segunda-feira (4) e apreciou 30 projetos de leis, entre eles o Plano Plurianual para o quadriênio 2022 – 2025.

O vereador Kleber Fernandes (PSDB) é o relator do projeto de revisão do PDN. Ele destacou a importância da revisão do Plano que deve gerar novas perspectivas para o desenvolvimento da cidade e explicou sobre a tramitação do projeto na comissão. “A análise na Comissão de Justiça vai se restringir à admissibilidade e constitucionalidade do texto, não adentrando no mérito urbanístico, ambiental. Pretendemos apresentar o parecer já na próxima reunião da comissão”, disse o relator, que também é presidente da comissão.

Ele também foi o relator do Plano Plurianual (2022-2025), que é elaborado a cada quatro anos, estabelecendo as medidas, gastos e objetivos a serem seguidos pelo governo ao longo dos próximos quatro anos e que norteia a Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA), que devem estar em conformidade com o PPA.

Sobre o PPA, a vereadora Nina Souza (PDT), que participou remotamente da reunião, explicou que haverá um cronograma para apreciação do projeto. “Agora segue para a Comissão de Finanças e estamos organizando o calendário para apresentarmos na sessão de amanhã e ser deliberada”, declarou a vereadora.

Entre os outros projetos aprovados na reunião, a comissão aprovou o PL 301/2021, de autoria do vereador Robson Carvalho (PDT), para assegurar a qualquer cidadão o direito de atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e de Pronto Atendimento (UPA), mesmo que esteja fora da sua área de cadastramento. “Havia uma portaria do Ministério da Saúde que determinava que o atendimento fosse por área, mas isso já foi modificado e agora não pode haver qualquer negativa de atendimento por questão de não morar na área do posto de saúde. Esse projeto agora também assegura isso”, declarou o vereador Preto Aquino (PSD), presidente da Comissão de Saúde da Casa. A vereadoras Camila Araújo (PSD) e Ana Paula (PL) também participaram da reunião.

‘Juntos para construir um Brasil melhor e fortalecer a luta no RN’, diz Senador Jean após encontro com Lula

O ex-presidente Lula se reuniu em Brasília com a bancada do Partido dos Trabalhadores (PT) do Senado e da Câmara Federal, e fez junto com os parlamentares uma avaliação sobre o Governo Federal e o cenário político do Brasil.

O Senador Jean (PT-RN), Líder da Minoria do Senado, participou da reunião com Lula e fez pronunciamento durante o encontro. “Nós temos muito claro o nosso lado e estamos juntos para construir um Brasil melhor, e fortalecer a luta no Rio Grande do Norte”, declarou Jean após a reunião.

De acordo com o Senador Jean, as manifestações do dia 2 de outubro passado, contra o governo Bolsonaro, também entraram na pauta do encontro entre Lula e os senadores e deputados. Jean afirmou que a avaliação dos atos foi positiva. “Ficou nítido que estamos conseguindo trazer o povo para a rua”, disse.

Jean avaliou como positiva a agenda com o ex-presidente e reafirmou que o diálogo com Lula dá energia para seguir nas lutas para defender as bandeiras do partido dentro do Congresso. “Que são as bandeiras de defesa do povo brasileiro, ao contrário desse governo que está aí na presidência, que só tira das classes mais pobres do Brasil para beneficiar alguns poucos”, complementou o senador.

Governo libera aulas presenciais com 100% dos alunos nas escolas públicas e privadas do RN

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

O governo do Rio Grande do Norte liberou a volta as aulas com 100% dos alunos em formato presencial nas escolas públicas e privadas do estado a partir desta segunda-feira (4). A informação foi confirmada pelo secretário de Educação, Getúlio Marques.

De acordo com ele, o retorno não é obrigatório para o estudante cuja família ainda não tem segurança de mandar os filhos para a escola. Em casos, como esses, os alunos continuarão a ser atendidos de forma remota.

Essa é a última etapa de um programa de retomada iniciado em julho deste ano. No início, era permitida apenas a presença simultânea de 30% dos alunos nas salas de aula. Em setembro, o percentual foi ampliado para 60%.

“Todos deverão continuar usando máscaras e mantendo o distanciamento possível. Claro que agora, com 100%, não teremos mais a obrigatoriedade de 1,5 metro dentro da sala de aula, mas se recomenda não ter abraços e contato”, disse o secretário.

Segundo o secretário, inicialmente não será exigida vacinação para todos os estudantes, mas o governo trabalha “entendendo” que os profissionais de educação já estão vacinados.

O secretário não descartou a possibilidade de novas medidas, caso haja surgimento de casos de Covid-19.

As aulas presenciais foram suspensas ainda no início da pandemia, em março de 2020.

Como foi a retomada

  • Professores: 19 a 24 de julho
  • 30% dos alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio: 26 de julho
  • 30% dos alunos do 6º e 7º ano do ensino fundamental e 2º ano do Ensino Médio: 9 de agosto
  • 30% dos alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio: 23 de agosto
  • 60% dos alunos de todas as etapas: 20 de setembro
  • 100% dos alunos de todas as etapas: 4 de outubro

G1 RN

Rômulo Dantas deixará a Secretaria das Finanças e Planejamento de São Paulo do Potengi

O Potengiense Rômulo Dantas, filho de uma das famílias tradicionais de São Paulo do Potengi, confirmou ao nosso Blog que estará deixando a pasta das Finanças e Planejamento da Prefeitura Municipal.

Rômulo é economista formado pela UFRN e tem especialização em Gestão Financeira. Foi Tesoureiro da Câmara Municipal entre 2011 e 2012. Já atuou como Assessor Técnico na Secretaria de Administração de São Paulo do Potengi e é servidor efetivo da SEMUT (Secretaria Municipal de Tributação) na Prefeitura do Natal.

O motivo de sua saída se dá pelo fato da sua aprovação no concurso da Caixa Econômica Federal. Em contato conosco, Rômulo nos disse que aguarda o chamado para assinar contrato. “Porém, só devo deixar a pasta, quando de fato for assinar o contrato com a caixa“.

Perguntado se já há nomes cogitados para assumir o seu lugar, Rômulo falou que está analisando, conduzindo o processo de escolha, mas, assim que confirmado irá ser divulgado.

Campeonato de Futebol de Riachuelo teve início neste sábado (02)

Neste sábado, 2/10, aconteceu a primeira partida que marcou o início do Campeonato de Futebol de Riachuelo. O prefeito Joca Basílio esteve ao lado do secretário do Gabinete Civil Caetano Sena, para acompanhar o jogo entre Vitória e Cruzeiro.

As partidas que ocorrerão no estádio Queirozão, seguirão os protocolos com: policiamento, equipe de saúde e arbitragem.

“É uma grande satisfação poder reativar o futebol do nosso município. O estádio está renovado e hoje se tem conforto para assistir as partidas. Será um grande campeonato e nosso objetivo é melhorar a cada ano”, afirmou o prefeito.

As partidas da primeira fase do campeonato acorrerão sempre as 15:30h, aos sábados e domingos, no Queirozão. A entrada é gratuita.

Frente Parlamentar da Mulher lançará campanha Outubro Rosa na Assembleia

Prevenir, cuidar e curar. Com o intuito de levar essa mensagem às mulheres do Rio Grande do Norte, a Frente Parlamentar da Mulher, da Assembleia Legislativa, realizará nesta segunda-feira (04), às 14h, no auditório da Casa, o lançamento da campanha Outubro Rosa, Mês de Prevenção do Câncer de Mama. Na ocasião também será lançada a campanha de arrecadação do Lenço Solidário.

A Frente Parlamentar da Mulher, composta pelas deputadas estaduais Cristiane Dantas, Eudiane Macedo e Isolda Dantas, sempre promove o engajamento do Outubro Rosa na Assembleia. “O lançamento é uma forma de levar mais informação para as mulheres, fazendo o alerta da prevenção por meio dos exames de rotina como ultrassom e mamografia. Até o fim do mês estarei também apoiando as mobilizações municipais em torno da causa”, pontua a presidente da Frente, deputada Cristiane Dantas.

No lançamento estarão presentes representantes dos grupos de apoio às mulheres com câncer como o Reviver, Bonitas, Despertar, Rede Feminina Contra o Câncer e a instituição Onco e Vida, além da Coletiva Nisia Floresta e a presidente da Frente Parlamentar da Mulher da Câmara Municipal de Natal, vereadora Divaneide Basílio.

LENÇO SOLIDÁRIO

Com o lançamento oficial do Outubro Rosa, ao longo de todo mês, a Frente Parlamentar da Mulher também abrirá a campanha Lenço Solidário, que consiste na arrecadação de lenços para doar às mulheres em tratamento contra o câncer e perdem os cabelos.

“A campanha do Lenço é uma forma de contribuir com a autoestima da mulher na luta contra o câncer. É uma forma de acolhimento e carinho”, ressalta Cristiane.

Ainda em parceira com o Grupo Reviver, o gabinete da deputada Cristiane comercializa camisetas da campanha para financiar a realização de mamografias gratuitas.

O lançamento na próxima segunda será transmitido, ao vivo, pelo canal da TV Assembleia, 10.3.

Manifestação contra Bolsonaro convocada por movimentos sociais e partidos acontece em cidades do RN

Manifestantes se reúnem em ao menos 60 cidades do país neste sábado 2 em atos contra o governo Jair Bolsonaro. Em Natal, a concentração do ato começou às 15h, em frente ao shopping Midway Mall, na Zona Sul. Já em Parnamirim, na Grande Natal, o ato aconteceu pela manhã. Convocados por partidos de esquerda, centrais sindicais e grupos da sociedade civil, os protestos visam não só a defesa do impeachment do presidente, mas também criticar o desemprego e o avanço da inflação, além de problemas em outras áreas, como meio ambiente e saúde.

Essa já é a 6ª mobilização nacional contra o governo Bolsonaro. Além de Natal e Parnamirim, o “Fora Bolsonaro” aconteceu pelo Rio Grande do Norte em cidades como Mossoró, Acari, Macaíba, Currais Novos e Baraúna.

Na capital, parlamentares participaram do ato, a exemplo das vereadoras de Natal Brisa Bracchi e Divaneide Basílio – ambas do Partido dos Trabalhadores (PT). “Estamos entrando em uma nova fase da luta pelo Fora Bolsonaro. Diversos setores que antes o apoiavam, agora sentem na pele os efeitos de seu governo: aumento no preço da gasolina, do gás e da comida. Aqui em Natal o ato foi lindo. Os protestos de hoje são um grito de indignação de quem não aguenta mais a carestia e o descaso com as medidas que podem nos tirar dessa pandemia”, declarou Brisa.

A vereadora Divaneide afirmou que o “protesto tem muita gente”, o que, segundo ela, “demonstra uma grande mobilização popular, uma diversidade grande. Nós, do PT, viemos bastante organizados. Juntamos nossa militância porque nós acreditamos que partido forte é aquele que ocupa as ruas. E não poderíamos deixar a população submissa a essa carestia, ao negacionismo, ao sub-emprego, ao desgoverno. Por isso, estamos mais uma vez nas ruas para afirmar o ‘fora Bolsonaro’”, pontuou, revelando que tem de indígenas a jovens na mobilização.

O deputado estadual Coronel Azevedo (PSC), aliado do presidente Bolsonaro, falou que o Brasil realizou [no 7 de setembro] a “maior manifestação popular da história” em “defesa de um presidente da República”, e que governo se caracteriza pela “seriedade”, “honestidade” e muito “trabalho”. Azevedo questiona o ato contra Bolsonaro: “Agora teremos um ato da oposição. Poderá ser uma manifestação atípica, inovadora”.

O governo do presidente Bolsonaro é desaprovado por 70% dos potiguares, segundo a pesquisa do Instituto Seta, divulgada no Blog do BG, na última quarta-feira. Por outro lado, 24% dos consultados aprovam a forma como o Palácio do Planalto, em Brasília, é conduzido pelo atual gestor. Os 6% restantes não souberam ou não opinaram.

O levantamento eleitoral revela, ainda, que o ex-presidente Lula (PT) lidera a corrida pela Presidência com 39,2% das intenções de voto dos potiguares, no cenário espontâneo – aquele em que o entrevistado diz por conta própria o nome que vem à sua cabeça. O presidente Bolsonaro aparece com 22%, seguido de Ciro Gomes (PDT), com 6,9%. Indecisos somaram 20,5% e brancos e nulos, 8,1%.

Para a realização da pesquisa em parceria com o Blog do BG, o Instituto Seta entrevistou 1.500 eleitores de todas as regiões do Rio Grande do Norte, entre os dias 25 e 27 de setembro. Os resultados foram calculados com intervalo de confiança de 95% e com margem de erro de 2,9% para mais ou para menos.

Protestos pelo Brasil
O dia de protestos começou pelo Rio de Janeiro, onde os manifestantes se reuniram nos arredores da Candelária, no Centro. A maioria usava máscaras de proeção contra coronavírus. Houve também atos em cidades como Salvador, João Pessoa, Fortaleza, Goiânia, Teresina, São Luís e em municípios do interior do país.

O protesto, que se iniciou por volta de 10h no Rio, contou com a participação de partidos políticos de esquerda, como PT, PDT, PSB, PSOL, PCdoB, PSTU, PCO e UP, além de dezenas de movimentos sindicais e populares, que se organizam ao redor de um carro de som.

– O Bolsonaro está acabando com o Brasil. Sou a favor da universidade pública e contra a reforma administrativa. São tantas como razões de estar aqui que a gente nem sabe por onde começar: roubalheira, privatizacões, publicação alta. O povo não aguenta mais – disse a idosa.

Apos caminhada até a Cinelândia e carregando bandeiras e cartazes de diferentes pautas, os manifestantes pararam em frente a Câmara dos Vereadores e ao Teatro Municipal, entoando gritos de “Fora Bolsonaro” e “Fora genocida”.

De um lado do protesto, militantes do PDT balançavam bandeiras e estendiam cartazes com o rosto do pré-candidato à presidência Ciro Gomes. Do outro, manifestantes com as core do PT, junto à maioria dos movimentos sociais, vestiam camisas com o rosto do ex-presidente Lula.

Apesar das divergências, não houve conflitos e os grupos se derrotados vezes. Para a pedagoga Claudia Paiva, no momento, os dois lados devem se unir, uma vez que defender a mesma causa.

– Hoje, finalmente, estamos conseguindo ver uma ampla unidade de partidos de esquerda no mesmo ato. Parece que só assim a classe política vai entender que a maioria da população não aguenta mais esse louco na presidência – defender a moradora do Andaraí.

Num palanque montado na Cinelândia, ao lado de um boneco gigante de Lula, uma deputada federal Jandira Feghali (PCdoB) discursou para a multidão e elogiou o uso de máscaras entre os participantes.

– Bolsonaro não respeita a democracia e a Constituição. Ele não quer eleição porque sabe que será derrotado, isso se não sofrer o impeachment antes. Esse é o momento de formarmos uma frente ampla. Sobre candidaturas, nós conversamos só no ano que vem. Precisamos juntar todas as janela do Brasil contra o fascismo – disse a parlamentar.

Representando o PDT, Ciro Gomes reiterou que as diferenças sejam deixadas de lado e reclamou da postura da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), por não dar prosseguimento aos pedidos de impeachment protocolados no Legislativo.

– O processo de impeachment exige que o presidente da República tenha cometido, de caso pensado, um crime de responsabilidade. E Bolsonaro é um criminoso repetido que atenta contra uma democracia. Com toda a humildade, precisamos ter clareza de que, nós, da escolha no Congresso, somos apenas 120. Precisamos de unidade para chegar aos 305 votos recomendados.

A concentração para o ato na capital paulista começou um pouco depois das 13h em frente ao prédio do Museu de Arte de São Paulo (Masp), cartão-postal da cidade. A expectativa dos organizadores é ocupar a Avenida Paulista com dez carros de som.

Os ex-candidatos à presidência da República Ciro Gomes (PDT), Fernando Haddad (PT) e Guilherme Boulos (PSOL) devem discursar a partir do meio da tarde, segundo os organizadores do evento.

Além dos ex-presidenciáveis, políticos de outras legendas como Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), José Nelto (Podemos-GO), e Junior Bozzella (PSL-SP) também devem participar do ato.

– Desta vez, conseguimos agregar para a campanha Fora Bolsonaro outros movimentos, como o Diretos Já !, e também outros partidos. Essa presença mais plural após os atos de 7 de setembro excluir a existência de um consenso de que todos estamos juntos em uma frente ampla contra Bolsonaro – afirmou Bruna Brelaz, presidente da União Nacional dos Estudantes, uma das entidades organizadoras do ato.

No Ceará, os manifestantes se reuniram no centro da capital, Fortaleza. Com faixas e bandeiras, eles caminharam pelas ruas da cidade e protestaram contra as condições que fazer que a fome aumentasse e pediram a geração de empregos e políticas de moradia. Eles também protestaram contra a reforma administrativa, em tramitação no Câmara dos Deputados, e contra as privatizações promovidas pela gestão atual.

Há registros de atos em Minas Gerais, em cidades como Montes Claros. No Rio Grande do Sul, manifestaram-se foram às ruas em Pelotas e Cruz Alta.

Em Belém, os manifestantes se reuniram no Mercado de São Brás, às 8h.

Em Goiânia, a manifestação começou por volta das 9h, na Praça do Trabalhador, no centro da cidade. Com as faixas e cartazes, o movimento pede o impeachment do presidente, mais vacinas contra a Covid-19 e atuação do governo federal contra o governo.

*Com informações do O Globo

Teste de Queiroga dá negativo para Covid e ministro poderá voltar ao Brasil

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, teve diagnóstico negativo para Covid-19 em novo teste feito neste domingo (3). Ele estava em isolado em Nova York desde confirmada em 21 de setembro, dia em que a comitiva presidencial embarcou de volta ao Brasil após participar da 76ª sessão da Assembleia-Geral das Nações Unidas, em Nova York (EUA).

A informação foi confirmada pelo próprio ministro, que agradeceu “a todos que enviaram boas vibrações”. Ele afirmou que “em breve retorna ao Brasil”. Ele cumpria quarentena em território americano e chegou a mudar de hotel no período para economizar com despesas de hospedagem.

R7