Dia: 30 de setembro de 2021

Luiz Eduardo, Prefeito de Maxaranguape, filia-se ao Solidariedade

O partido Solidariedade realizará no dia 16 de outubro, o ato de filiação de Luiz Eduardo, prefeito do município de Maxaranguape, na região metropolitana de Natal, e pré-candidato a deputado estadual.

O evento acontecerá no Cajueiro Recepção, na rua Sampaio Correia, em Jardim Progresso, na Zona Norte de Natal.

Senador Jean visita Santa Cruz nesta sexta (01)

O Senador Jean estará nesta sexta-feira (01) em Santa Cruz para cumprir uma série de agendas no município. Pela manhã, o parlamentar realizará uma visita institucional ao campus do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (IFRN), onde será recebido pelos diretores da instituição.

No período da tarde, Jean conversa com avicultores e representantes da Associação dos Produtores de Aves Caipiras da Região do Trairi (Apac). A atividade econômica já vem sendo desenvolvida em Santa Cruz e no Trairi, transformando a região no principal polo avícola do Rio Grande do Norte.

Em seguida, o senador fará uma visita à Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA). A agenda
do parlamentar se encerra no final da tarde, em um encontro com lideranças do Partido dos Trabalhadores na cidade.

Em 2021, o mandato do senador Jean destinou uma emenda no valor de R$ 200 mil para aquisição de equipamentos e estruturação da rede hospitalar, fortalecendo o sistema de saúde do município.

Parceria entre SENAI-RN e APER vai permitir capacitação de profissionais no RN

A Associação Potiguar de Energias Renováveis (APER) firmou, nesta quinta-feira (30), uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial no Rio Grande do Norte (SENAI-RN) que irá resultar na capacitação e desenvolvimento profissional no segmento de energia solar fotovoltaica do Rio Grande do Norte. A assinatura do contrato contou com a participação do presidente da APER, Max Assunção, do vice-presidente da APER, José Maria Vilar e do Diretor Institucional da APER, Williman Oliveira, juntamente com Diretor Regional do SENAI, Emerson Batista, o Diretor do Instituto Senai de Inovação em Energias Renováveis e do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER), Rodrigo Mello e da assessora técnica do SENAI, Amora Vieira.

A principal ação prevista na parceria será a preparação de profissionais que atuam em empresas associadas à APER para provas da “Certificação por Competência” que o SENAI-RN desenvolveu e aplica de forma exclusiva no Brasil em conjunto com a Alemanha.

A Certificação será para instaladores de sistemas fotovoltaicos – ou seja, para os profissionais que instalam sistemas que geram energia solar em empresas e residências. Esses profissionais representam uma categoria que corresponde a mais da metade da força de trabalho empregada nessas companhias. A Certificação envolve provas teóricas e práticas que atestam às empresas que o instalador está devidamente qualificado para o trabalho. Inicialmente será para profissionais que atuam como instaladores de sistemas fotovoltaicos, mas o SENAI-RN também disponibiliza outros cursos voltados para a área de energia solar fotovoltaica. A Certificação funciona como um selo de qualidade, indicando que o profissional está apto a realizar a atividade que desenvolverá, em campo ou na empresa.

De acordo com Rodrigo Mello, o modelo da certificação é baseado no “sistema dual de ensino alemão”, que avalia conhecimentos teóricos e práticos na formação profissional para atuação no segmento. “Esse modelo é desenvolvido dentro do Projeto Verena, que o SENAI-RN e o Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER), uma das cinco unidades educacionais do SENAI no estado, executam no Brasil com a Câmara de Indústria e Comércio da cidade alemã de Trier (EIC Trier)”, garante o diretor.

“Inicialmente teremos nesse curso preparatório uma turma piloto com 20 instaladores de empresas associadas à APER e consideramos essa parceria um marco em que o SENAI-RN traz pela primeira vez para uma Associação o modelo de certificação alemão para profissionais que estão na linha de frente do mercado”, diz Amora Vieira, coordenadora do Projeto Verena pelo SENAI.

As empresas que compõem a APER contam com aproximadamente 700 colaboradores, cerca de 17,5% do universo total empregado pelo setor no Rio Grande do Norte.

De acordo com Max Assunção, presidente da APER, “O acordo com o SENAI-RN sela o início de uma parceria que consideramos muito importante para o segmento de energia solar na modalidade de geração distribuída, aquela em que o consumidor gera sua própria energia, pois permite a qualificação dos profissionais envolvidos, como também abre espaço para a certificação das empresas associadas. Mais uma vez o RN, com o apoio do SENAI, mostra seu pioneirismo no campo das energias renováveis e a APER se junta a esse esforço de tornar o mercado sustentável e qualificado para os desafios de gerarmos cada vez mais energia com o menor custo possível”, comemora Max Assunção.

“Nós precisamos fortalecer cada vez mais nosso Rio Grande do Norte nesse contexto dessa grande fortaleza que nós temos que é a energia solar e a energia eólica. Nós temos informações com comparativos do passado e atuais da incidência dos raios solares em nossa região para geração de emprego e renda, investindo em capacitação e garantindo a qualidade dos serviços oferecidos”, comentou Emerson da Cunha Batista, Diretor Regional do SENAI-RN.

Associação Potiguar de Energias Renováveis (APER) Constituída em 2020, a Associação Potiguar de Energias Renováveis – APER nasceu da necessidade observada pelos empreendedores e parceiros que atuam na área – particularmente na Geração Distribuída de energia solar, da formação de uma cadeia de fornecedores de equipamentos, materiais e serviços que transmitam aos consumidores segurança quanto aos investimentos que estarão realizando, com o consequente crescimento sustentável do setor.

A APER conta atualmente com 34 empresas associadas, distribuídas entre a Grande Natal, a cidade de Mossoró e as regiões Seridó e Alto Oeste do estado. A lista engloba empresas que atuam com sistemas híbridos (de geração solar e eólica) e fabricantes de estruturas para energia solar.

Senadora Zenaide participa em Mossoró de importantes eventos junto com Governo do Estado

Nesta sexta-feira, dia 30 de setembro, data em que a cidade de Mossoró celebra um momento histórico, a Libertação dos Escravos, cinco anos antes da assinatura da Lei Áurea, que acabou com a escravidão no Brasil, a senadora Zenaide Maia, participou de várias atividades no município. Entre elas, a assinatura do Termo de Fomento, uma parceria do Governo do Estado com a Rede Xique-xique de Comercialização Solidária. O termo serve de estímulo para a certificação participativa em agroecologia. A iniciativa será executada pela Sedraf e Emater.

Na sequência, a parlamentar participou da entrega de microcréditos para empreendedores dos segmentos do comércio, transporte escolar, turismo e agricultura familiar. Serão beneficiadas 20 famílias de pequenos produtores da agricultura familiar de Mossoró, vinculadas às cooperativas Cooafam, Cooperxique e Coodap, totalizando R$ 200 mil em créditos.

RN registra a menor taxa de ocupação de leitos críticos na pandemia

O estado tem 387 leitos disponíveis para pacientes acometidos pela Covid-19

O Rio Grande do Norte registrou, ontem (29), a menor taxa de ocupação de leitos críticos desde o início da pandemia da Covid-19, resultado do conjunto de ações e medidas adotadas pelo Governo do Estado e Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e adesão da população à campanha estadual de vacinação. Segundo dados da plataforma Regula RN, a taxa de ocupação dos leitos críticos foi de 21,75% e a média móvel no estado marcou 24,41%, a menor média já registrada na série histórica.

A Região Metropolitana também registrou a menor taxa de ocupação dos leitos críticos da série histórica (24,13%). A Região Oeste marcou 18,51%, e a Região do Seridó registrou ocupação de 11,76%.

A maior taxa de ocupação de leitos críticos no RN aconteceu em 31 de maio deste ano, com 99,01%, aponta a série histórica da plataforma Regula. Na manhã desta quinta-feira (30), por volta das 10h, a taxa de ocupação no RN é de 22,7%; na Região Metropolitana 24,8%; Região Oeste 20,4% e Região Seridó 11,8%.

Atualmente, o RN dispõe de 387 leitos destinados aos pacientes acometidos pelo coronavírus, sendo 225 leitos críticos e 162 leitos clínicos. E nenhum paciente aguardava por leitos no estado, considerando a quantidade de leitos disponíveis. Ontem, 54,24% dos leitos críticos eram ocupados por pacientes idosos e 45,76% por pacientes não idosos.

De acordo com o último boletim epidemiológico emitido pela Sesap, o RN tem 368.500 casos confirmados do coronavírus; 176.172 suspeitos; 734.408 descartados; 259.490 descartados; e, 7.336 óbitos, sendo 01 (um) óbito confirmado nas últimas 24 horas.

Reversão de Leitos

A Sesap já iniciou o processo de reversão de leitos Covid em leitos de UTI geral. Até o momento, aproximadamente 100 leitos de UTI já foram revertidos para atendimentos de pacientes acometidos por diversas doenças.

Rafael Motta diz que está pronto para ser candidato a senador na chapa de Fátima Bezerra

Com as eleições de 2022 se aproximando cada vez mais, o deputado federal Rafael Motta, presidente do PSB no RN, defende que há espaço para ser o nome que disputará o Senado na chapa da governadora Fátima Bezerra. Ele garante que “está pronto” para isso, inclusive. “Acredito que o mais importante é não permitir que espaços estratégicos, como o do Senado, sejam ocupados por pessoas que batem palma para as atitudes do Governo Federal. Se for para fazer frente a esses nomes, estou pronto”, afirmou o parlamentar em papo exclusivo com o blog.

Na esfera do PSB, as articulações já estão a todo o vapor para o pleito do ano que vem, segundo Motta. “O PSB está pronto para exercer o seu protagonismo, tanto no âmbito nacional quanto aqui no RN”, disse o deputado, que adiantou à coluna que existe hoje “um forte diálogo entre as legendas de centro-esquerda e de esquerda e pensamentos similares”. “Certamente seguiremos juntos na caminhada de 2022, com o PSB exercendo bem o papel que lhe cabe”, destacou o deputado.

Por Daniela Freire – Novo Notícias

Fusão entre DEM e PSL resultará na sigla ‘União Brasil’

Marcelo Bivar, presidente nacional do PSL – Foto: Marina Uezima

O novo partido que resultará da fusão do DEM com o PSL deve se chamar União Brasil e aparecer nas urnas com o número 44. As marcas foram definidas nesta quarta, 29, em reunião com dirigentes das duas legendas. O encontro teve a participação dos presidentes do DEM, ACM Neto, do PSL, Luciano Bivar, do vice-presidente do PSL, Antonio Rueda, e do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM).

O líder do DEM na Câmara, Efraim Filho (PB), disse que a escolha atende à ideia de não aproveitar o 17 do PSL, que foi usado na última campanha presidencial por Jair Bolsonaro, e nem o 25 do DEM. Para ajudar na decisão desses detalhes, os articuladores da fusão contrataram, na semana passada, uma pesquisa. “A premissa era de nome novo e número novo. Foram os melhores avaliados na pesquisa qualitativa”, disse.

A nova legenda será presidida por Bivar e terá ACM Neto na secretaria-geral. As executivas nacionais dos dois partidos já aprovaram a fusão e convocaram para o dia 6 de outubro uma reunião conjunta dos diretórios nacionais das duas legendas, quando serão decididos o estatuto e o programa do novo partido. De acordo com nota do PSL, na ocasião “também será eleita a Comissão Executiva Nacional Instituidora, órgão nacional que promoverá o registro do novo partido”.

A União Brasil, se concretizada a fusão, terá as maiores fatias dos fundos eleitoral e partidário e o maior tempo de rádio e televisão para a eleição de 2022. Reunirá também a maior bancada da Câmara, com 81 deputados, com força para definir os rumos dos projetos da Casa, além de quatro governadores e sete senadores.

Pré-candidatos

O plano é ter candidatura própria a presidente da República. Atualmente são três pré-candidatos: o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e o apresentador José Luiz Datena (PSL). Pacheco também mantém negociações para se filiar ao PSD. No entanto, os articuladores da fusão pretendem liberar seus filiados para apoiarem outros candidatos, como a reeleição do presidente Jair Bolsonaro.

Apesar de não estar na base do governo, hoje o DEM tem entre seus quadros os ministros de Onyx Lorenzoni (Trabalho e Previdência) e Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Ambos votaram pela fusão na reunião da executiva.

Agência Estado

Presidente do Cosems-RN cumpre agenda nacional na companhia de outros representantes estaduais dos Conselhos de Secretarias

Nesta terça (28) e quarta-feira (29) a presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (Cosems-RN), Maria Eliza Garcia (SMS Doutor Severiano), cumpriu agenda nacional, em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, articulada pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Na oportunidade, a presidente esteve acompanhada da assessora técnica do Cosems-RN, Solane Costa.

“Estivemos em reunião da diretoria nacional do Conasems na condição de titular da Diretoria dos Municípios de Pequeno Porte. Neste espaço, debatemos a respeito da cobertura vacinal, tema este que nos preocupamos bastante e que já estamos em articulação junto a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) pra traçar estratégias e superar esta pauta”, destacou Maria Eliza Garcia.

A agenda do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, na capital mineira, também abordou outros temas de importante relevância para o Sistema Único de Saúde (SUS), a exemplo de: arboviroses, onde houve a apresentação de tecnologias de monitoramento inteligente do mosquito aedes aegypit; Previne Brasil e reforma tributária.

“Outro ponto que merece destaque em nossa agenda, foi nossa visita, na tarde de ontem, ao Núcleo Pedagógico do Conasems, uma filial do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, em Belo Horizonte”, concluiu Maria Eliza Garcia, avaliando positivamente a agenda em Minas Gerais.

Campanha de vacinação antirrábica pretende alcançar mais de 600 mil animais em todo o RN

Dia “D” acontece no próximo sábado, 02 de outubro

Com a expectativa de vacinar 659.283 animais, sendo 463.259 cães e 196.024 gatos, a Campanha de Vacinação Antirrábica 2021 terá seu Dia “D” no próximo sábado, 02 de outubro, em todo o Rio Grande do Norte.

A campanha iniciou em 13 de setembro e seguirá até 13 de novembro. Podem ser vacinados cães e gatos saudáveis acima de 3 meses de idade. Recomenda-se que os tutores levem os animais aos pontos de vacinação contidos em guias/coleiras ou caixa de transporte por pessoas com capacidade física para contê-los, não esquecendo também a carteira de vacinação do pet.

A doença é grave e 100% letal, mas passível de eliminação do ciclo urbano (transmissão por cão e gato) através da vacinação animal. A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) pretende atingir uma cobertura vacinal mínima de 80%, considerada segura para prevenção de um surto dessa doença no Estado.

Em virtude da expansão urbana e a perda de hábitat, é cada vez mais frequente, o surgimento de animais silvestres suspeitos de raiva – principalmente morcegos – próximos a residências, propiciando um maior contato com cães e gatos, aumentando o risco de transmissão da doença entre animais e para os humanos. A vacinação em massa de cães e gatos tem se mostrado a melhor forma de prevenção da doença nestes animais e em humanos.

Para informações sobre locais e postos de vacinação a população deverá entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde ou Setor de Zoonoses/Endemias dos municípios.

Considerando a pandemia do coronavírus que ainda continua em todo o estado, a campanha será realizada com adequações à essa realidade. Para a realização do dia “D” a Sesap recomenda aos municípios:

– Escolher locais arejados e ventilados para vacinar os animais, de preferência, ao ar livre;

– De acordo com a realidade do local, trabalhar a área para a não formação de filas e manutenção do distanciamento entre os tutores dos animais;

– Disponibilizar luvas, máscaras, protetores faciais, álcool a 70% e ponto com água e sabão para higienização frequente das mãos.

Governo conclui pagamento de setembro nesta quinta (30)

Somados aos R$ 140 milhões pagos pra completar o 13º de 2018, neste mês o Governo paga R$ 633 milhões aos servidores

O Governo do RN quita o salário do mês de setembro nesta quinta-feira (30), de acordo com o calendário de pagamentos acordado no início deste ano. Com isso, o Executivo Estadual conclui a folha de quase R$ 493 milhões deste mês.

Serão depositados R$ 127,4 milhões, correspondentes aos 70% restantes do salário de quase 35 mil servidores ativos, inativos e pensionistas que recebem acima de R$ 4 mil (valor bruto). Os 30% iniciais foram adiantados no último dia 15. Os 23 mil trabalhadores lotados em pastas com recursos próprios receberão o salário integral nesta quinta, num total de R$ 63,9 milhões.

Ainda neste mês de setembro, a governadora Fátima Bezerra depositou R$ 140 milhões para concluir o pagamento do 13º de 2018. Essa folha já foi quitada em janeiro deste ano para servidores que recebem até R$ 3,5 mil, e em maio para os que recebem até R$ 4,5 mil. Aos trabalhadores que recebem acima desse valor, foi depositado R$ 2 mil e o restante foi pago no último dia 15, encerrando a terceira das quatro folhas em atraso.

A quarta e última folha, no valor de R$ 316 milhões referente a dezembro de 2018, será quitada até maio de 2022, com pagamento iniciado em 31 de janeiro, com mais duas parcelas pagas em março e maio, totalizando um passivo de aproximadamente R$ 1 bilhão de salários atrasados deixados pela última gestão.

Histórico

Em junho de 2019, o Governo Fátima quitou o 13º de 2017, no valor total de R$ 30 milhões, com recursos próprios oriundos dos royalties. Ainda em 2019, em agosto, vendeu a conta da folha de pagamento dos servidores ao Banco do Brasil, descontando R$ 102 milhões não repassados pela última gestão. Em fevereiro de 2020 quitou a folha de novembro de 2018, no total de R$ 95 milhões, também com recursos próprios da arrecadação do ICMS e repasses constitucionais do Fundo de Participação do Estado. Em janeiro de 2021, usou recursos arrecadados do Super Refis para iniciar o pagamento do 13º de 2018, destinando R$ 90 milhões aos servidores que ganham até R$ 3,5 mil líquidos, folha que foi concluída neste mês de setembro.