Dia: 2 de setembro de 2021

Prefeito Joca Basílio ao lado de Secretários Municipais e população, discute sobre o planejamento da LOA 2022

Com a presença do prefeito municipal, Joca Basílio, dos secretários e secretárias municipais, do assessor Contábil Canindé Andrade, de vereadores, da sociedade não governamental, foi realizada na última terça-feira, 31, audiência pública para discussão e debate sobre a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2022.

Joca Basílio destacou sobre a importância da transparência e da participação popular para a gestão. “Como todos sabem, estamos trabalhando com orçamento de outra gestão, tenho certeza de que poderemos fazer muito mais com a participação da população. Este é um momento único, de planejamento e fico satisfeito. Vamos trabalhar para poder contemplar cada proposta feita”, concluiu.

Seguindo os protocolos de combate à Covid-19, a Audiência Pública da LOA aconteceu no formato híbrido, presencial com restrição de público e on-line.

A LOA contêm os programas, projetos e atividades que contemplam as metas e prioridades estabelecidas na LDO, juntamente com os recursos necessários para o seu cumprimento. Dessa forma, define as fontes de receita e autoriza as despesas públicas, expressas em valores, detalhando-as por órgão de governo e por função.

Com ajuda de Zenaide, MP que prejudicava trabalhadores é rejeitada no Senado

A senadora Zenaide Maia (Pros – RN) comemorou a rejeição da Medida Provisória 1045 pelo Senado, nesta quarta-feira (1°). “Vitória dos trabalhadores! A maioria do Senado disse ‘não’ à reforma trabalhista disfarçada de jabuti!”, publicou a senadora no Twitter, após a votação. Os “jabutis” são trechos que não têm relação com o tema de uma MP, mas são inseridos na proposta durante os debates no Congresso. No caso da MP 1045, que originalmente tratava do Programa de Manutenção de Emprego e Renda, a base do governo na Câmara inseriu cerca de 70 novos dispositivos que, na prática, faziam uma reforma trabalhista, permitindo contratações sem vínculo, sem 13º, férias, sem direitos previdenciários e com remuneração abaixo da metade do salário mínimo. “Esse governo não tem plano de geração de emprego e renda! Só propostas para perseguir os trabalhadores que já foram prejudicados em 2017, quando houve o desmonte da CLT!”, disparou a senadora, na sessão de ontem do Senado.

Desde a chegada da MP 1045 ao Senado, Zenaide atuou para barrá-la. Primeiro, conseguiu, junto com o senador Paulo Paim (PT – RS), aprovar um pedido de debate na Comissão de Assuntos Sociais, para que a MP fosse ao menos discutida com mais profundidade. Mas o governo precisava aprovar a matéria ainda na primeira semana de setembro, para que a Medida não perdesse a validade. Zenaide defendeu, então, que houvesse, ao menos, debate no plenário. Por fim, apresentou destaque para voto em separado e supressão dos “jabutis” da MP, o que acabou não sendo necessário, pois, diante do posicionamento contrário dela e de outros líderes partidários, a MP 1045 acabou sendo rejeitada por 47 votos a 27 ainda na análise dos pressupostos constitucionais. O mérito nem chegou a ser analisado.

Influenciadores Digitais Thiago Dionísio e Lawany Mirelli recebem moção de aplauso da Câmara de Parnamirim

Na manhã da última terça-feira (31), a Câmara Municipal de Parnamirim em sessão ordinária, entregou aos influenciadores digitais parnamirinenses, placa de moção de aplauso para Tiago Dionisio e Lawany Mirelli em reconhecimento e representatividade pelo trabalho dos influenciadores realizado na internet. A propositura foi do vereador Gustavo Negócio.

Bem humorado, o parnamirinense Tiago Dionisio fez sucesso na internet ao criar conteúdos exclusivos como a websérie de humor: Baculejo, mas “estourou” para o Brasil ao fazer vídeos sobre profissões.

Tiago fala o quanto se sente prestigiado pela moção em reconhecimento pelo seu trabalho. “Eu tô muito feliz, tem gente que fala “ah santo de casa não faz milagre”, mas pelo menos dessa vez não tá sendo válido esse ditado né! A Câmara Municipal decidiu me reconhecer, me parabenizar e isso é muito importante pra mim”, afirmou.

Para ele, é importante que haja essa valorização dos artistas do município, proporcionando novas oportunidades àqueles que estão buscando trilhar o mesmo caminho. “Nem tenho ciúme, nem tenho egoísmo, acho que isso é importante para alavancar carreiras, porque aqui tem muita gente boa, muito digital influencer bom e eu queria justamente isso: poder ajudar mais, tentando levar os meus amigos também a seguirem essa carreira de digital influencer”, explica Tiago.

Sobre sair do município, é algo que está fora de cogitação, “já tive convite para morar em São Paulo, mas minha vida é aqui, meus amigos são daqui, minha família é daqui, eu vou ficar aqui até o fim”.

“Vou tentar usar a minha visibilidade para tentar trazer melhores benefícios para a cidade, levar reconhecimento para os artistas, não só os digitais, mas seja na música, seja em outras artes e vou tentar levar essa visibilidade para alavancar isso”, conclui Tiago Dionísio.

A outra homenageada foi Lawany Mirelli, que com apenas 15 anos, teve um de seus vídeos viralizados na internet e desde então foi conquistando muitos seguidores, tendo hoje mais de 2 milhões. A jovem também se diz contente com a moção, “fico muito feliz com o reconhecimento da cidade e dos vereadores, porque querendo ou não eu levo o nome da cidade de Parnamirim, afinal nasci aqui!”, afirma Lawany.

“Fico muito feliz com o apoio, eu represento a cidade e nada melhor do que eu crescer junto com ela. O que os vereadores e a nossa cidade precisarem, podem contar comigo. Agradeço ao vereador Gustavo Negócio pelo reconhecimento e pelo apoio, afinal é muito importante esse incentivo da cidade! Muito obrigada!”, conclui a influenciadora digital Lawany Mirelli.

Jornalista afirma que Bolsonaro articulava manipulação das eleições com apoio da PF, MP e Judiciário

O jornalista norte-americano radicado no Brasil Glenn Greenwald prometeu, nesta quarta-feira, 1, mais uma denúncia grave. No youtube da Carta Capital, Greenwald anunciou a publicação de uma “investigação jornalística na qual estávamos trabalhando há muitas semanas ou meses”.

A reportagem será publicada na Carta Capital nesta quinta-feira, 2. “Essa investigação foi bem delicada. Tivemos acesso a um grande arquivo de documentos sigilosos que conseguimos receber”, declarou.

“E essa reportagem mostra uma corrupção muito grave dentro da Polícia Federal, do Ministério Público e do Judiciário, com fins políticos, para manipular o resultado da eleição”, afirmou.

Brasil 247