Pistoleiro do amor e do Brega, José Orlando faz live neste sábado

José Orlando segue sendo destaque no universo musical do brega. Na ativa desde 1975, o primeiro sucesso só surgiu em 1983 com o LP “Declaração”, pela gravadora RCA e produzido pelo parceiro Alípio Martins. Desde então, o cantor e compositor maranhense já gravou com grandes intérpretes da música brasileira, como Nando Cordel, Alcymar Monteiro, Fafá de Belém, Mastruz com Leite, Aviões do Forró, Cavaleiros do Forró, Calcinha Preta, Garota Safada e muitas outras. A lista de parcerias é grande, e o número de álbuns lançados também. Foram 12 vinis e incontáveis DVDs e CDs – o mais recente de 2018.

José Orlando aprendeu a tocar violão com um vizinho, ganhou de presente o instrumento da mãe e começou na Jovem Guarda, cantando Roberto Carlos e Raul Seixas, até conquistar o próprio estilo e sonoridade. Antes da pandemia, José Orlando fazia uma média de 15 shows por mês, sempre entre Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco… o Nordeste em peso. Com o início das medidas de isolamento social, ele foi extremamente afetado. “Fiquei quase um mês em casa sem fazer nada. Minha filha me ajudou, disse que eu precisava me reinventar.

Logo no começo da pandemia, teve esse movimento de lives. Ela me ajudou e eu comecei com o violão em casa. Foi um sucesso, fi z algumas com a banda e os fãs começaram a participar, pedir música”, relembrou ao Agora Entrevista. Em 1991, lançou o LP “Pistoleiro do amor” e a música de mesmo nome se tornou o maior sucesso, atravessou gerações e, duas décadas depois, ainda é tocada nas rádios e apresentações do artista.

“O ‘Pistoleiro do Amor’ surgiu como um desafio. No começo da década de 1990, estava em Maceió divulgando um trabalho quando um radialista disse que era meu fã e que gostava da música ‘Andarilho do Brasil’. Me contou que gostaria de fazer uma entrevista comigo, mas que o programa dele era policial. Então ele virou e disse: ‘no dia que você fi zer uma música falando de pistoleiro, você vem tocar aqui’.

Depois disso, a ideia da canção surgiu e eu produzi a música. Em 1991, a música foi lançada e eu voltei lá na emissora dele. ‘Pistoleiro do Amor’ virou tema do programa desse radialista”, contou José Orlando. Neste sábado 28, está marcada para acontecer a live “O Andarilho do Brasil”, no canal de YouTube do artista. No repertório, estarão grandes sucessos do brega e da carreira de Orlando, como “Hei você, Psiu…” e “Menina do Interior”, entre tantas outras.

Agora RN

Deixe uma resposta