Em São Tomé, deputada Cristiane participa de audiência sobre o Agosto Lilás na Câmara Municipal

A deputada Estadual Cristiane Dantas sugeriu à Câmara Municipal de São Tomé a criação de uma Ouvidoria , que ofereça os serviços de escuta e assessoria jurídica para mulheres vítimas de violência no município. A parlamentar ainda incentivou a Prefeitura Municipal a abrir uma Sala Lilás no Centro Referência de Assistência Social (CRAS), para acolhimento especializado das vítimas por assistentes sociais e psicólogos.

As sugestões foram apresentadas durante uma audiência pública realizada no plenário da Câmara de São Tomé, na manhã desta quinta-feira (26), proposta pelo presidente do Poder Legislativo local, vereador Jean Makson. Ainda durante a palestra, a deputada Cristiane que é autora da Lei nº 10.066/2016 que criou a campanha do Agosto Lilás Dantas, que fez um balanço das legislações projetos e ações do mandato em prol das mulheres. O debate também contou com exposição da assessora jurídica da Câmara, Bárbara Araújo.

“Durante as atividades do Agosto Lilás estamos percorrendo vários municípios com o intuito de orientar as mulheres sobre a Lei Maria da Penha e prestar contas do trabalho que venho desenvolvendo ao longo de sete anos em prol das mulheres, na Assembleia Legislativa. Nossa preocupação é também propor ações e políticas públicas que os municípios possam realizar para oferecer o atendimento necessário às vítimas de violência doméstica. O presidente da Câmara e vereador Jean Makson está de parabéns por trazer esse dialogo para São Tomé”, avaliou a deputada.

A audiência mobilizou ainda vereadores, representantes da Prefeitura, servidores da Câmara e a sociedade civil de São Tomé. Além da audiência pública, a deputada Cristiane também realizou uma visita ao Lar São Camilo que abriga idosos no município. Na ocasião, ela esteve acompanhada da diretora da unidade, Cacilda Pereira, e do vereador Jean Makson.

Deixe uma resposta