Em mais uma audiência, Ubaldo e Fativan avançam na luta para implantar Escritório do Empreendedor de Parnamirim

O terceiro maior município do Rio Grande do Norte, Parnamirim, poderá ter um Escritório do Empreendedor. Essa é uma luta de lideranças políticas, encabeçada pela vereadora Fativan Alves e pelo deputado Ubaldo Fernandes, que ganhou mais apoios nos últimos dias e teve um fato novo importante nesta quarta-feira (11), quando o prefeito da cidade, Rosano Taveira, recebeu uma comissão e garantiu disponibilidade para locar um imóvel para a instalação do serviço em parceira com o Governo do Estado.

“Estamos muito felizes com essa reunião produtiva e de encaminhamentos, porque estamos convergindo para um benefício muito importante para esse município”, destacou Ubaldo. Já Fativan, emocionada, disse estar confiante na implementação do serviço, destacando que envidará todos os esforços para encontrarem o mais rápido possível o prédio para que os parnamirinenses tenham o mais breve possível essa unidade.

Na audiência desta quarta, somaram na evolução para a implantação do empreendimento, o presidente da Câmara do Município, Wolney França, além do presidente da CDL Parnamirim, Bira Rocha, e do secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Daniel Américo, que ficaram de levantar os imóveis com as características necessárias. Essa solução veio após o debate sobre os grandes custos que teriam para recuperar imóveis antigos que viessem a ser cedidos pelo Estado.

HISTÓRICO
Há alguns meses, a vereadora Fativan viajou ao município de Assu para conhecer seu Escritório do Empreendedor e desde então vem tentando junto ao deputado Ubaldo avançar nessa pauta. Há algumas semanas, tiveram reuniões com representantes do Governo, através de direções da Engern (Empresa Gestora de Ativos do Rio Grande do Norte), que sinalizou positivamente para cessão de prédios estaduais para a Prefeitura de Parnamirim, e Jucern (Junta Comercial do Estado do RN), que se disponibilizou desde então a celebrar Termo de Cooperação com o Município para a cessão de estrutura e servidores.

Deixe uma resposta