Messi acerta com PSG, é aguardado para exames e pode ser apresentado na Torre Eiffel

Após 21 anos de Barcelona, Lionel Messi jogará por outro clube: o Paris Saint-Germain. A ESPN apurou que os dois lados já têm um acerto e que o argentino é esperado na capital francesa entre a noite deste domingo (8) e a manhã de segunda-feira (9) para a realização de exames médicos e a assinatura do contrato.*

Fontes também disseram que o vínculo será de dois anos com opção de renovação por mais um. Se isto se concretizar, o jogador defenderia a equipe até o meio de 2024, quando terá 37 anos de idade – ele faz aniversário em 24 de junho.

Messi garantiu em sua entrevista emocionante de adeus ao time espanhol, na manhã deste domingo, que ainda não tem nada fechado com qualquer clube, mas deixou claro que o PSG, no qual seu ex-parceiro de Barcelona e amigo Neymar atua, é uma opção.

“O PSG é uma possibilidade. Até hoje não tenho nada combinado com ninguém. Quando saiu o comunicado, recebi muitos telefonemas. Vários clubes se interessaram. Ainda não há nada fechado, mas estamos conversando”, disse.

Apesar da cautela pública do argentino ao falar sobre o assunto, algo normal diante de sua história gigantesca no Barcelona, o PSG está tão confiante no acordo que já até cogita como fazer a apresentação.

E uma das opções, segundo apurou a reportagem, é que ela seja com pompa em um evento em um dos pontos turísticos mais conhecidos e visitados do mundo, a Torre Eiffel.

Messi no PSG mexe com Mbappé e Pogba

O PSG entrou em contato com Messi já na última quinta-feira (5), após o surpreendente anúncio do Barcelona de que não renovaria com o argentino por limitações financeiras. O brasileiro Leonardo, diretor esportivo do clube, e o presidente, Nasser Al Khelaifi, comandam os contatos com o jogador depois de tratarem com seu pai, Jorge.

Segundo apurou a ESPN, Messi no PSG aumentaria a probabilidade de Mbappé, em reta final de contrato, assinar sua renovação, a prioridade do clube – o que afeta os planos do Real Madrid conseguir o jovem astro francês em um negócio sem custos na próxima janela de transferências.

Por outro lado, o time de Paris desistiria do negócio por Paul Pogba, do Manchester United – o meio-campista também está em reta final de contrato e pode ficar livre no mercado para a próxima temporada.

O PSG nunca escondeu o interesse em Messi em meio à novela de sua renovação ou não com o Barça. Mas, em férias em Ibiza, Neymar também trabalhou nos bastidores e conversou com Messi sobre uma possível transferência para o clube francês. O argentino também falou com os compatriotas Angel di Maria e Leandro Paredes sobre isso.

Tamim bin Hamad, dono do PSG, é outro entusiasta da ideia de contar com Messi e tem sido mantido informado dos avanços. Desde que comprou o clube, em 2011, ele sonha em contratar o argentino ou o português Cristiano Ronaldo.

Apesar das negociações, haverá fortes impactos financeiros para o PSG conseguir fechar com o Messi. Apesar de livre, ele ainda assim demandaria um contrato grande, com pagamento de comissões, bônus, entre outras coisas.

Deixe uma resposta