Governadora conclama sociedade a fortalecer luta pela conclusão das obras de transposição de águas do rio São Francisco

A barragem de Oiticica, no município de Jucurutu, também é uma grande conquista vinda com a transposição de águas

Ao participar de forma virtual, da Segunda Caravana das Águas, realizada pela Frente Parlamentar da Águas da Assembleia Legislativa do RN, nesta sexta-feira, 21, em defesa da conclusão das obras de transposição de águas do Rio São Francisco, a governadora professora Fátima Bezerra, conclamou vereadores, prefeitos, sociedade civil a fortalecer a mobilização social para que seja concluído o ramal do Seridó e iniciado o ramal Apodi/Mossoró.

“Fico muito feliz quando vejo a sociedade civil aqui presente tratando da segurança hídrica. As gestões dos presidentes da República Lula da Silva e Dilma Roussef tiveram papel muito importante quando iniciaram as obras e deram continuidade. Mesmo enfrentando dificuldades fizeram todos os esforços e deixaram a obra 94% executadas. Queremos a conclusão por que é um direito do povo nordestino”, afirmou a governadora.

Fátima Bezerra lembrou que assinou recentemente com Ministério do Desenvolvimento Regional o pré-acordo de operação do Pisf – Projeto de Integração do Rio São Francisco com as Bacias do Nordeste Setentrional, que trata a gestão do uso das águas. “As águas não chegarão de graça, têm um custo que será pago pelo povo. E conseguimos incluir no pré-acordo o compromisso do Ministério construir e entregar funcionando o ramal Apodi/Mossoró que vai levar água para a região Oeste, conquista muito importante e um direito do povo do RN”.

A barragem de Oiticica, no município de Jucurutu, é outra grande conquista vinda com a transposição de águas. “Se não houver contingenciamento pelo Governo Federal vamos entregar a barragem ao povo do Seridó este ano. Estamos realizando todos os esforços para concluir a nova cidade de Barra de Santana, que vai receber as famílias desalojadas com a formação do lago do reservatório que será o terceiro maior do estado”, informou a chefe do Executivo.

A governadora ressaltou também a presença do Legislativo estadual através dos deputados Francisco do PT, Isolda Dantas e Eudiane Macedo, e federal através da deputada Natália Bonavides e dos senadores Zenaide Maia e Jean Paul Prates. “Importante assegurar direitos àqueles que mais precisam. Pessoalmente vi e vivi a seca de muito perto. Devemos e precisamos dar continuidade a esse ciclo de lutas como a Caravana das Águas. Em nome de todos os potiguares continuaremos trabalhando para consolidar a transposição – projeto grandioso que beneficiará 12 milhões de pessoas em todo o Nordeste, promovendo desenvolvimento econômico, social e sustentabilidade. Fica aqui o compromisso reafirmado de que continuaremos fazendo tudo o que for necessário. Transposição já. O RN não pode esperar”, concluiu.

Deixe uma resposta

Open chat