Hospital Regional de São Paulo do Potengi está com 83,3% de ocupação para a Covid-19

IMAGEM: REPRODUÇÃO

Sete hospitais públicos do Rio Grande do Norte iniciaram esta quinta-feira 18 com 100% de ocupação dos leitos críticos para tratamento de pacientes com Covid-19. A informação é da plataforma “Regula RN”, da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), que faz o monitoramento em tempo real das unidades de referência para acolhimento de casos de pessoas infectadas com coronavírus.

Leitos críticos são as unidades semi-intensivas e as intensivas (UTIs) dos hospitais. Essas são as instalações reservadas para pacientes com quadros graves de Covid-19, como os que necessitam de suporte de oxigênio.

Segundo a Sesap, os hospitais que têm todos os leitos críticos ocupados nesta quinta-feira são: Hospital de Campanha de Natal; Hospital Giselda Trigueiro, também em Natal; Hospital Manoel Lucas de Miranda, em Guamaré; Hospital-Maternidade do Divino Amor, em Parnamirim; Hospital Municipal Aluízio Bezerra, em Santa Cruz; Hospital Lindolfo Alves, em Santo Antônio; e Hospital Nelson Inácio dos Santos, em Assu.

Além desses, outros cinco hospitais estão com ocupação acima dos 80%, taxa que ultrapassa o limite aceitável. São eles: Hospital Alfredo Mesquita Filho, em Macaíba, com 90%; Hospital João Machado, em Natal, com 88,9%; Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, com 88,9%; Hospital de São Paulo do Potengi, com 83,3%; e Hospital Mariano Coelho, em Currais Novos, com 80%.

Com informações do Agora RN

Deixe uma resposta

Open chat