Dia: 15 de setembro de 2020

Solidariedade tem maior nominata na disputa a vereador em Mossoró

O partido Solidariedade tem a maior chapa para a disputa por uma vaga na Câmara Municipal de Mossoró nas eleições 2020. Com um total de 35 nomes, as candidaturas foram homologadas no último sábado (12), em Convenção na Escola Chafariz, na zona rural de Mossoró.

Também foi homologado o nome do Deputado Estadual Allyson Bezerra como candidato a prefeito de Mossoró e do empresário Fernandinho como vice-prefeito.

Ao todo, são 11 mulheres e 24 homens que disputarão a eleição para vereador pelo Solidariedade em Mossoró.

Allyson, que também é presidente do Solidariedade Mossoró, destacou o importante trabalho realizado pela coordenação do partido na cidade, através do vice-presidente e ex-vereador Soldado Jadson, para formação da chapa.

“Nós já tínhamos mais de 32 pré-candidatos. 32 era o máximo permitido. A Câmara Municipal de Mossoró aumentou duas cadeiras. Então nós já temos a nominata completa. Se fosse 37 nós já teríamos também. É a maior nominata de vereadores da cidade de Mossoró nessas eleições. Parabenizo a todo o partido que construiu esse trabalho”, afirmou Allyson.

Na Convenção, Allyson também anunciou o empresário Fernandinho (PSD) como vice na sua chapa. Fernandinho é conhecido na cidade por sua atuação no ramo da panificação.

O apoio do PSD ao projeto que tem Allyson como prefeito foi anunciado pelo vereador e candidato à reeleição Raério Araújo em convenção do partido última sexta (11).

Programa Questão Política entrevista o prefeito de São Pedro nesta terça (15)

Dando sequência a série de entrevistas com os candidatos para as eleições deste ano, o programa Questão Política da Web Rádio São Paulo entrevista hoje, terça-feira, 15, o prefeito de São Pedro, Miguel Cabral.

Sintonize conosco a partir das 17h.

Eduardo Pazuello será efetivado como ministro da Saúde

Agência Brasil

O general Eduardo Pazuello será efetivado como ministro da Saúde após quase quatro meses como interino no cargo. A posse está prevista para esta quarta-feira (16).

Pazuello assumiu interinamente o Ministério da Saúde em maio, quando o médico Nelson Teich pediu demissão do cargo por divergências sobre o protocolo da hidroxicloroquina para o tratamento de pacientes da Covid-19.

Com a confirmação, Eduardo Pazuello se tornará o terceiro ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro (sem partido). Antes dele e de Teich, o ex-deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM) foi ministro entre janeiro de 2019 e abril de 2020.

CNN Brasil

MDB de São Paulo do Potengi realiza convenção nesta terça (15)

O Diretório Municipal do MDB de São Paulo do Potengi realizará nesta terça-feira, 15, a sua convenção partidária no Ginásio Aluízio Alves, a partir das 17h.

A convenção irá homologar o nome do Engenheiro Pacelli e João Maria, candidatos a Prefeito e vice-prefeito, respectivamente. Como também irá homologar os nomes dos candidatos a vereadores.

COVID: Vacina de Oxford será testada em Natal

Depois de retomar os testes da vacina contra a Covid-19 no Brasil, a Universidade de Oxford dobrará o número de voluntários que serão imunizados no país, de 5.000 para 10 mil pessoas, informa O Globo.

Para isso, dobrará também o número de cidades brasileiras participantes do estudo: vão somar-se a São Paulo, Rio e Salvador os municípios de Natal (RN), Santa Maria (RS) e Porto Alegre (RS).

De acordo com o jornal carioca, as clínicas nessas três últimas cidades já estão prontas e devem começar a recrutar voluntários acima dos 18 anos de idade na semana que vem, após o aval da Anvisa.

Segundo Sue Ann Clemens, coordenadora dos testes da vacina de Oxford (em parceria com a AstraZeneca) no Brasil e professora da Unifesp, o recrutamento será “competitivo” –ou seja, cada centro poderá vacinar o número de voluntários que conseguir, até o limite de 10 mil no país ser atingido.

Na semana passada, os testes com a vacina de Oxford haviam sido suspensos devido à suspeita de reação adversa grave numa voluntária do Reino Unido.

O ANTAGONISTA

Open chat