Dia: 13 de agosto de 2020

Covid-19: Governo abre mais seis UTIs em São Paulo do Potengi

Sandro Menezes / ASSECOM-RN

Dentro do Plano Estadual de Contingência para o enfrentamento da pandemia da Covid-19, o Governo do Estado continua ampliando a oferta de leitos à população. Nesta quarta-feira, 12, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) coloca em funcionamento mais seis leitos de UTI no Hospital Regional de São Paulo do Potengi, município sede da V Regional de Saúde. Esta unidade já tinha 6 leitos clínicos, sendo 2 de estabilização, para tratamento da Covid.

Ainda para assegurar melhor assistência à população, o Hospital Regional Mariano Coelho, em Currais Novos, que ganhou 8 novas UTIs ontem, terá mais 4 UTIs instaladas até a próxima sexta-feira, 14. Em Assu, o Hospital Regional também vai contar com novas UTIs até o início da próxima semana, informou a subsecretária de planejamento e gestão da Sesap, Maura Sobreira, na entrevista coletiva de atualização de dados e prestação de contas das ações do Governo do RN no enfrentamento à pandemia.

“Todo este trabalho envolve um grande esforço para garantir atenção aos pacientes. O nosso Plano Estadual de Contingência passa por constantes atualizações. O Governo ampliou a capacidade instalada na rede pública de saúde e firmou parcerias importante como a que permitiu o sistema Regula RN, que permite a atualização dos dados da pandemia e a ocupação de leitos a cada 5 minutos. Isto é feito em conjunto com os especialistas do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde do Hospital Onofre Lopes da UFRN”, destacou Maura Sobreira.

A subsecretária de planejamento e gestão da Sesap afirmou, ainda, que o impacto da pandemia afeta a saúde e a forma da população se relacionar e viver. “Por isso o Governo RN desenvolve ações intersetoriais através das várias secretarias e órgãos do Estado dentro dos programas RN mais Protegido, RN Mais Unido, RN Mais Saudável, Pacto Pela Vida e RN Chega Junto para atender necessidades e oferecer estratégias para a população superar as dificuldades”. Ela reforçou a necessidade deste período de retomada das atividades econômicas acontecer de forma responsável, e, para isso, é necessário a adesão da população às medidas protetivas, de higiene, uso de máscara e de não aglomeração.

DADOS

Embora os números gerais venham tendo redução, o cenário da Covid no Estado ainda é considerado preocupante. A incidência da doença é crescente na região Seridó, principalmente o município de Jardim de Piranhas, e nas regiões Oeste e Alto Oeste, onde os municípios de Apodi e Areia Branca têm alta incidência e mortalidade.

Nesta quarta-feira, 12, a taxa de ocupação de leitos é de 57,8%. A ocupação de leitos por região é: Oeste – 67%, Pau dos Ferros – 63%, Seridó – 63% e Metropolitana de Natal – 54% (as unidades hospitalares em Natal e municípios vizinhos dispõem de 177 leitos Covid). A fila de regulação tem 2 pacientes para leitos críticos, 3 para leitos clínicos e 8 aguardando transporte sanitário.

Os casos confirmados são 56.572, suspeitos 20.094 (aguardam resultados de exame laboratorial) descartados, óbitos 2.017 (2 nas últimas 24 horas) e 313 óbitos em investigação (aguardando resultado de exames laboratoriais).

Coronel Azevedo critica humilhação da governadora a policiais em episódio do IFRN

Com mais de 30 anos dedicados à Polícia Militar, o deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) criticou a postura da governadora Fátima Bezerra com os policiais militares envolvidos no episódio ocorrido no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). “Quero registrar minha indignação e meu apoio incondicional aos policiais militares do meu estado, humilhados pela governadora no episódio lamentável da baderna”, declarou.

O parlamentar ressaltou a postura contrastante de Fátima Bezerra. “Na verdade, a governadora tem se comportado como uma leoa. Uma leoa contra os humildes, contra os policiais, servidores aposentados, funcionários da saúde. Na relação com os poderosos, Fátima se comporta como um cordeirinho, obediente e conivente”, afirmou.

Ainda a respeito do episódio no IFRN, Coronel Azevedo argumentou que “contrariando normas de aglomeração na pandemia do Covid-19, diversas pessoas invadiram o gabinete do reitor e passaram a xingar os policiais militares chamados ao cumprimento do seu dever, de restabelecer a ordem no local”.

Segundo ele, os policiais foram desrespeitados, xingados, humilhados, alguns agredidos e a atitude da governadora Fátima Bezerra foi de punir o chefe da guarnição, num ato absurdo e contrário à realidade dos fatos. “Ela tratou a polícia como inimiga, atingindo a profissionais que agiram no cumprimento do estrito dever legal”, criticou.

Dentro de sua fala, o deputado estadual lembrou o episódio do Consórcio Nordeste e os R$ 5 milhões em respiradores, além das ambulâncias alugadas por 230 mil reais cada que até agora não se tem qualquer explicação. “Vai ficar tudo como está?”, questionou.

Ao encerrar seu pronunciamento, Coronel Azevedo declarou: “só me resta dizer: Governadora, leoa contra os humildes, pede pra sair!”

“Daremos continuidade às ações do governo Bolsonaro em Natal”, diz Coronel Hélio

O coronel-aviador Hélio Oliveira, pré-candidato do PRTB a prefeito de Natal, deverá conduzir sua campanha nas eleições deste ano tendo como objetivo dar continuidade às ações desenvolvidas pelo Governo Federal, levando em consideração o resgate dos valores da família e cristãos, com ações bem definidas nas áreas de educação, saúde e desenvolvimento econômico, com forte viés na geração de emprego e renda.

“Quero conduzir minha campanha dando continuidade às ações que o Governo Federal tem desenvolvido junto aos estados e municípios. Nossa intenção é nos aliarmos às pautas da União e trazer para o município projetos em parceria com os ministérios”, frisou Hélio, em entrevista ao jornal Agora RN.

Mantendo azeitada uma rede de contatos políticos com personalidades como o ministro da Ciência e Tecnologia, astronauta Marcos Pontes, o presidente da Embratur, Gilson Machado, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro, o pré-candidato do PRTB a prefeito de Natal entende que as eleições na capital potiguar precisarão de uma candidatura que demonstre total alinhamento com o Governo Federal.

“A população de Natal merece que tenhamos um aproveitamento do êxito, tendo alinhamento com uma coisa que está dando certo, combatendo a corrupção, as regalias, resgatando os valores, confrontando a ideologia de gênero, os privilégios”, ressalta.

“Vamos administrar o município de Natal realizando uma reforma administrativa, enxugando a máquina pública e com pautas voltadas para a qualidade de vida do cidadão. Uma pauta liberal na economia, com desenvolvimento de emprego e renda, focada no primeiro emprego e renda para os jovens; estimulando a Zona Norte para que tenha empresas que consigam dar emprego a quem para quem mora lá para evitar o deslocamento de duas horas de ônibus; e incentivando o Plano Diretor para que gere emprego e renda na Zona Norte”, destacou.

Integrante do estafe da campanha presidencial do presidente Jair Bolsonaro no Rio Grande do Norte em 2018, Hélio Oliveira, hoje no PRTB, se considera o pré-candidato mais identificado com o presidente da República. Em 2019, coube a Hélio a coordenação estadual de criação do Aliança pelo Brasil, partido idealizado por Bolsonaro. Diante das dificuldades para coleta de assinaturas, o projeto do partido deve ser retomado apenas em 2021.

Para disputar a eleição de Natal, Coronel Hélio filiou-se ao partido do vice-presidente e defende a mesma pauta da gestão federal.

AGORA RN

Open chat