Ielmo Marinho está entre os municípios mais transparentes em ações contra Covid-19

Cidade da Grande Natal surge com destaque em ferramenta do MPRN que verifica nos Portais da Transparência os recursos no combate à pandemia

Uma plataforma desenvolvida pelo Ministério Público do Rio Grande Norte faz o acompanhamento dos Portais da Transparência dos municípios potiguares no combate à pandemia pela Covid-19. Ielmo Marinho, que fica na Região Metropolitana de Natal, surge com destaque na lista das cidades, com 350 pontos, sendo considerado um dos mais transparentes. O ranking tem pontuação máxima de 400 pontos, mas é variável e pode mudar de acordo com as aplicações e ações de cada Prefeitura.

O sistema intitulado “Confúcio” analisa como os recursos são aplicados no enfrentamento da doença e como a população é beneficiada com esses investimentos, por exemplo com a aquisição de insumos médicos para o tratamento do coronavírus. Para o prefeito de Ielmo Marinho, Dr. Cássio Cavalcante, a Prefeitura segue aumentando as ações de enfretamento, com a promoção de barreiras sanitárias e reforçando a disponibilização do atendimento no Pronto Socorro, único a possuir um respirador automático na região.

“A Prefeitura de Ielmo Marinho segue trabalhando firme no combate ao novo coronavírus. A nossa gestão implantou barreiras sanitárias nos acessos às comunidades rurais, com orientação aos pedestres e motoristas que trafegam pelas estradas, assim como ações educativas na sede do Município. Reforçamos o atendimento no Pronto Socorro 24h, com equipe multidisciplinar e aquisição de insumos médicos, além de uma fiscalização mais acentuada para o uso da máscara na cidade”, ressaltou Dr. Cássio.

De acordo com o MPRN, a ferramenta se baseia em quatro critérios para classificar os Portais de Transparência, sendo o primeiro com a existência de uma aba específica para os dados da Covid-19; o segundo com a disponibilização de formulários e acesso ao download das informações; o terceiro item é com relação aos acessos às dúvidas, como telefone, e-mail ou FAQ com perguntas frequentes; e o último ponto é quanto disponibilidade do portal para a conferência das informações divulgadas. Os itens são avaliados de 0 a 100 pontos.

Deixe uma resposta

Open chat