Ocupação de leitos de UTI com pacientes em estado crítico atinge 28,5% no RN

Há 92 pessoas internadas nos hospitais do Rio Grande do Norte com coronavírus ou suspeita da doença. Destas, 57 em estado crítico, ou seja, que precisam de respiradores. Dos 92 casos, 44 estão confirmados com a Covid-19 e 48 suspeitos. Estes números mostram um dado preocupante, de acordo com Petrônio Spinelli: a taxa de ocupação de leitos que nesta segunda, 20, apenas um dia antes, era de 21,5% subiu para 28,5% com acréscimo mais forte nos polos de Natal e Mossoró.

Diante deste quadro, o Governo do RN intensifica a abertura de leitos, mas reforça a orientação do isolamento social e cumprimento das regras de proteção. “Precisamos voltar a um patamar mais confortável e para isso precisamos contar com o apoio de todos ficando em casa, protegendo os idosos e mais vulneráveis e usar máscara”, afirmou o secretário adjunto.

O secretário informou também a necessidade de doações pontuais para a montagem dos leitos UTIs. “São equipamentos simples, de pequeno porte, como aparadeiras, mas necessários, que poderiam ficar fora das licitações. Estamos elaborando uma lista com as necessidades para doações e esperamos contar com o apoio da sociedade”.

Na coletiva, o secretário de segurança e defesa social, Francisco Araújo, registrou a atuação das forças de segurança em duas ocorrências de desrespeito às normas de combate ao novo coronavírus. Uma ocorreu no município de Tibau do Sul onde 70 pessoas participavam de uma festa e foram conduzidas à delegacia de polícia. Outra foi aplicação de multa a um estabelecimento comercial funcionando em Natal em desconformidade com normas dos decretos do Governo do Estado, resultado de uma força tarefa estabelecida entre as Polícias Militar e Civil, Procon e Controladoria Geral do Estado para fiscalizar o cumprimento das medidas governamentais.

Portal Grande Ponto

Deixe uma resposta

Open chat