Dia: 18 de março de 2020

Mais duas pessoas morreram de Covid-19 no Brasil: vítimas tinham 65 e 80 anos

Foto: Divulgação

A operadora de saúde Prevent Senior confirmou nesta quarta-feira a morte de mais dois pacientes com coronavírus. De acordo com a empresa, que é voltada para o público idoso, um dos pacientes tem 65 anos e o outro 80. Ambos estavam internados Hospital Sancta Maggiore, no Paraíso, região central da capital paulista, desde 15 de março.

Ainda segundo o boletim do hospital, a vítima de 65 anos tinha comorbidades, mas a de 80 anos, não. Com essas duas novas mortes, sobe para três o número de óbitos por coronavírus no Brasil. O primeiro óbito foi registrado nesta terça-feira, no mesmo hospital. Trata-se de um porteiro, de 62 anos.

Ainda segundo boletim da Prevent Senio,r há 55 pacientes internados sob protocolo do coronavírus. Do total, 26 estão em UTI, sendo 12 já com testes positivos para Covid-19 e outros 14 ainda aguardam resultados de exames.

Outros 29 estão acomodados em apartamentos: sete testes são positivos para coronavírus e 22 aguardam resultado do exame.

Entre os pacientes internados com confirmação de coronavírus, segundo a Prevent Senior, oito são colaboradores da empresa.

O Globo

Ministro de Minas e Energia testa positivo para coronavírus

Foto: Reprodução

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, testou positivo para coronavírus nesta quarta-feira (18). A informação foi confirmada pelo presidente Jair Bolsonaro em entrevista coletiva.

A confirmação vem após o chefe do gabinete de Segurança Institucional, General Heleno, também ter testado positivo para o coronavírus. Não foi informado como o ministro de Minas e Energia contraiu o vírus.

Bento Albuquerque não estava na comitiva de Bolsonaro que viajou aos Estados Unidos há duas semanas. Das pessoas que acompanharam o presidente na viagem, pelo menos 13 testaram positivo para o vírus, entre eles o General Heleno, o chefe da SECOM, Fábio Wajngarten, o embaixador Nestor Forster, o senador Nelsinho Trad, a tesoureira do Aliança pelo Brasil Karina Kufa e o secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo.

Após suspeitas, o presidente Jair Bolsonaro testou negativo duas vezes para Covid-19. O último resultado foi divulgado pelo próprio capitão reformado na noite desta terça-feira (17).

Jovem Pan

Efeito Coronavírus: Preço de máscara sobe de R$ 0,35 para R$ 1,40 em São Paulo do Potengi

De acordo com informações publicada no Blog SPP NEWS, estabelecimentos em São Paulo do Potengi estão cobrando um preço abusivo pelas máscaras e álcool em gel, explorando a procura do povo em função do coronavírus.

Uma consumidora relatou que comprou uma máscara há 3 dias por R$ 0,35, e agora quando voltou pra comprar novamente já estava custando R$ 1,40 a unidade. Um aumento abusivo de 300%. E o pior é que, segundo o relato, essa é a única farmácia que ainda tem o produto, nas demais já esgotou por tamanha procura.

Em nota técnica divulgada na última segunda-feira, 16, o Procon RN destacou que no momento de pandemia reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a elevação dos preços de álcool em gel , luvas e máscaras caracteriza prática abusiva e inflativa.

Artigo Ney Lopes: “Análise: para onde caminha a humanidade?”

Ney Lopes – jornalista, ex-deputado federal e advogado – nl@neylopes.com.br – www.blogdoneylopes.com.br

John Kennedy já advertia, que “a mudança é a lei da vida. E aqueles que confiam somente no passado ou no presente estão destinados a perder o futuro”.

Nunca a humanidade viveu momento de tantas mudanças. Serão extintas até certas profissões, que garantem a sobrevivência das pessoas. É a revolução tecnológica em marcha.

No Brasil, estudo da Universidade de Brasília prevê a extinção de cerca de 30 milhões de empregos com carteiras assinadas, até 2026, caso os trabalhadores sejam substituídos pela tecnologia disponível.

Deixariam de existir funções como assistente administrativo, contadores, secretárias, operadores de telemarketing, vendedor de comércio varejista, faxineiro, motorista de caminhão, alimentador de linha de produção, operador de caixa, professor de nível médio no ensino fundamental, vigilante e até serventes de obras.

Nos séculos 19 e 20 ocorreram mudanças acentuadas, quando se operou o deslocamento da mão de obra da agricultura para a indústria. Nos anos 50, o setor industrial dos Estados Unidos abrigava 40% dos empregos. Hoje não supera 5%.

Vivemos a “IV Revolução Industrial”, com transformações sociais, políticas e ambientais, que gradativamente conduzem ao surgimento de novas profissões. Essa inevitável transformação gira em torno da “inteligência artificial”, que é a ciência da computação trabalhando em inovações, que imitam a inteligência humana.

No último Fórum Econômico Mundial (o encontro anual dos milionários do mundo) foi acesa a luz vermelha, com o anuncio de que desemprego global poderá chegar a 20%, quatro vezes maior do que os atuais 4.9%

Nesse contexto, surgem conceitos básicos, que ajudam a compreender a “revolução tecnológica”, como por exemplo, nanotecnologia, tecnologia de sensores, rede 5G e a “Internet das coisas”.

A nanotecnologia trabalha com os átomos (diminutas partículas da matéria) e desenvolve materiais para diversas áreas de pesquisa como medicina, eletrônica, ciências, ciência da computação e engenharia dos materiais.

A tecnologia dos sensores permite a transmissão e continuação de processamento dos sinais elétricos.

A rede 5G revoluciona a comunicação móvel (celular), com uma taxa de dados 10 a 100 vezes mais rápido, que a atual rede 4G.

Por fim, a “Internet das Coisas” conecta e troca informações instantâneas, executando as mais diversas atividades. Incrivelmente, a Internet das Coisas permite a conexão de máquinas, que conversam entre si e desempenham tarefas especificas, de forma inteligente.

Para manejar esse labirinto de mudanças, o mercado prioriza a oferta de empregos aos chamados “profissionais de TI” (tecnologia da informação), que oferecem soluções às empresas e aos governos, nas áreas de gestão, agroindústria, engenharia espacial, medicina e tantas outros setores da economia.

Esses profissionais trabalham com processamento de dados, engenharia de software, informática, hardwares e softwares.

O Papa Francisco, preocupado com a aceleração dos processos tecnológicos, promoveu o seminário “Roboética: Humanos, Máquinas e Saúde”, na Academia Pontifícia da Vida, no Vaticano.

Os debates abordaram a resposta da revolução tecnológica aos dilemas morais da sociedade. Foi também analisado, o encaixe da noção de alma com a presença de robôs, cada vez mais parecidos aos seres humanos.

A advertência papal é no sentido de que as novas fronteiras do conhecimento sejam orientadas a serviço da pessoa humana, “respeitando e promovendo a sua dignidade”.

Nesse torvelinho imprevisível, vale lembrar o romance “Admirável mundo novo”, do visionário filósofo e escritor Aldous Huxley (1932), que observou os riscos e perigos dos “progressos científicos e técnicos”, cujos efeitos poderiam levar o planeta ao progresso, mas também por em risco a espécie humana.

A grande indagação é para onde caminha a humanidade, já que não se pode negar que o futuro chegou. A questão agora é adaptar-se para sobreviver.

Albert Einstein aconselhou que “o espírito humano precisa prevalecer sobre a tecnologia”. Mais tarde, o jornalista Sidney Harris completou: “o perigo de verdade não é que os computadores passem a pensar como os humanos, mas sim que os humanos passem a pensar como computadores”.

CORONAVÍRUS: General Heleno confirma caso positivo

Em sua conta no Twitter, o General Heleno confirmou que seu teste de coronavírus deu positivo.

“Informo que o resultado do meu segundo exame, realizado no HFA, acusou positivo. Aguardo a contraprova da FioCruz. Estou sem febre e não apresento qualquer dos sintomas relacionados ao COVID-19. Estou isolado, em casa, e não atenderei telefonemas”, disse o General.

Mais reviravolta na política de Ielmo Marinho

O prefeito de Ielmo Marinho, foi surpreendido semana passada, com visitas de 5 pessoas, ditas lideranças, que se aproveitaram da gestão dizendo ser do lado do prefeito até o último dia e passaram para o lado do ex-prefeito Francinilson, que até a pouco tempo também tinha grandes espaços na prefeitura.

Chegando próximo aos dias finais de fechar a janela para ir para o partido parece que muitas pedras vão rolar. Segundo o que apuramos, dessas lideranças que saíram do prefeito, apenas duas podem ser candidatos a vereadores, os outros dois, por não prestarem conta nas últimas eleições não podem ser candidatos. Vamos ver o que o povo vai entender dessa saída: vontade de mudar ou vontade de vender o voto dos seus eleitores para outros candidatos como se fosse um pacote?

Enquanto isso o prefeito vai trabalhando, com entrega de diversas obras na cidade: “tenho compromisso com o povo de bem da cidade que estão vendo a cidade melhorar a olhos vistos, aos poucos vamos separando joio do trigo, para enfrentar mercenários, que estão preocupados apenas com eles mesmos!”, afirmou o prefeito Dr° Cássio.

Sobe para 72 o número de casos suspeitos de coronavírus no RN

O número de casos suspeitos de coronavírus subiu para 72 no Rio Grande do Norte. A informação está disponível na Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (Ivis) do Ministério da Saúde, nesta quarta-feira (18). Outros 21 casos em investigação foram descartados.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), até o momento apenas uma paciente testou positivo e foi diagnosticada com o Covid-19 no estado. Foi o caso de uma mulher de 24 anos que viajou para a Europa, e que já não apresenta mais sintomas da doença. No último boletim divulgado pela Sesap, na terça-feira (17), o número de casos suspeitos é de 33.

Na terça, a governadora Fátima Bezerra tomou diversas medidas com o intuito de tentar conter as contaminações pelo vírus. As aulas das redes pública e privada foram suspensas por 15 dias. Além disto, vários órgãos públicos paralisaram suas atividades e ofícios foram enviados à Anac e à Anvisa para que os voos internacionais com destino ao RN sejam cancelados.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) e o Instituto Federal do RN (IFRN) decidiram paralisar suas atividades por tempo indeterminado.

A Associação de Supermercados do RN (Assurn) já divulgou uma nota oficial, para acalmar o consumidor potiguar, com relação à quantidade de produtos nas prateleiras à disposição. De acordo com a Assurn, não há necessidade de correrias, nem de estocar alimentos.

No Brasil inteiro, já são 291 casos confirmados e 8.819 suspeitos.

Agora RN

Coronavírus: Bolsonaro publica resultado do seu segundo exame; confira

Fotos: José Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro informou, na noite desta terça-feira (17) que testou negativo pela segunda vez para o novo coronavírus (Covid-19). Ele já havia feito o primeiro exame na semana passada, também com resultado negativo.

“Informo que meu segundo teste para Covid-19 deu negativo”, informou o presidente em uma postagem no Twitter.

Bolsonaro, familiares e auxiliares que o acompanharam em viagem aos Estados Unidos, há pouco mais de uma semana, estão sendo monitorados e examinados depois da confirmação de que 14 integrantes da comitiva testaram positivo para o novo coronavírus.

O Ministério da Saúde contabiliza 291 casos de infecção pelo novo coronavírus no país. O total de casos suspeitos é de 8,8 mil.

QUASE 30% DA POPULAÇÃO: Suspensão de aulas no Rio Grande do Norte atinge 1,2 milhão de pessoas

A suspensão das aulas das redes de ensino do Rio Grande do Norte a partir desta quarta-feira, 18, decorrente da pandemia do coronavírus, afeta diretamente cerca de 1,2 milhão de pessoas, entre alunos e funcionários. A paralisação ocorre nas redes públicas do Estado e dos 167 municípios e na rede particular, segundo determinado nesta terça-feira pela governadora Fátima Bezerra, e também nas instituições de ensino superior, por decisão dos próprios colegiados. O período de suspensão varia de acordo com a situação do vírus no Brasil e no Estado.

O número de pessoas afetadas significa um terço da população do Rio Grande do Norte e é maior ainda se considerar os familiares dos alunos da educação infantil, que também podem ter modificações na rotina de maneira indireta. Em relação às redes publicas e particular do ensino básico, a Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC) estuda outras medidas para diminuir a consequência para famílias em situação de vulnerabilidade social que dependem da merenda escolar para garantir alimentação saudável do filho ou da escola para permitir os pais trabalharem.

Para continuar lendo é só clicar aqui: //www.tribunadonorte.com.br/noticia/suspensa-o-de-aulas-atinge-1-2-milha-o/475019

TRIBUNA DO NORTE

Open chat