Dia: 12 de março de 2020

Primeiro caso de Coronavírus é confirmado em Natal

A Secretaria de Estado da Saúde Pública e a Secretaria Municipal de Saúde de Natal confirmam, na noite desta quinta-feira (12/03), o primeiro caso importado do novo Coronavírus (COVID-19) no Rio Grande do Norte.

Trata-se de paciente com histórico de viagem à Europa (França, Itália e Áustria), de 24 anos do sexo feminino.

A referida paciente passa bem e está seguindo as recomendações de isolamento preconizadas em Natal, onde reside.

As análises laboratoriais foram realizadas pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará, referência nacional para os exames do covid-19.

Importante destacar que a paciente foi contaminada na Europa, ou seja, ainda não temos transmissão local no RN – quando ocorre de pessoa a pessoa.

A paciente começou a manifestar os sintomas da doença ao retornar ao Estado, quando procurou assistência médica. Desde a notificação, todas as medidas de controle e prevenção da doença vêm sendo tomadas pelas Secretarias de Estado e Secretaria Municipal de Saúde de Natal.

As Secretarias reforçam a necessidade da população manter as medidas de higiene que protegem não só para o covid-19, mas para diversos vírus de transmissão respiratória que circulam em nosso território, como sarampo e a influenza. Os potiguares também devem ficar atentos às informações oficiais, evitando propagar fake News.

Por fim, A Sesap-RN e a SMS Natal reafirmam que este não é um momento para pânico. O Estado vem intensificando a articulação com os municípios para operacionalizar o plano de contingências que prevê a ampliação das ações assistenciais, de vigilância e de educação em saúde. Trabalhando arduamente para atender os casos suspeitos por covid-19 independente de confirmação, buscando, assim, evitar novos adoecimentos.

Natal, 12 de março de 2020.

Cipriano Maia de Vaconcelos
Secretário de Estado da Saúde Pública do RN

George Antunes de Oliveira
Secretário Municipal de Saúde do Natal

Chefe da Secom, Fábio Wajngarten testa positivo para coronavírus

Imagem: Alan Santos/Presidência da República

O secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, testou positivo para coronavírus e aguarda o resultado da contraprova. O exame foi realizado em São Paulo. Wajngarten era um dos integrantes da comitiva que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em visita a Donald Trump, nos Estados Unidos, nesta semana.

O UOL apurou que Wajngarten está com um pouco de febre, mas que não apresenta dor ou desconforto. O chefe da Secom não sabe como teria sofrido o contágio. Para reduzir os riscos de proliferação da covid-19, a mulher e as filhas de Wajngarten devem sair da residência da família, no bairro Higienópolis, em São Paulo.

Como teve contato com Wajngarten na viagem aos EUA, o presidente Bolsonaro e as demais pessoas da comitiva passam por exames para coronavírus. Fontes disseram ao UOL que os exames fazem parte de protocolo.

Imagem: Reprodução

Poucas horas depois, a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República disse que adotou todas as medidas preventivas necessárias para preservar a saúde do Presidente da República e de toda a comitiva.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, afirmou que representantes do Ministério da Saúde participarão de uma reunião na tarde de hoje com a equipe médica da Presidência da República para avaliar a situação.

Segundo Gabbardo, as providências adotadas no caso de autoridades do governo são as mesmas recomendadas para qualquer cidadão. “Há um plano de contingência para todas as pessoas, esse plano não muda se é para o presidente, se é para um ministro, se é para um cidadão que não ocupa uma função pública”, disse Gabbardo.

Uol

Open chat