“Não há tempo a perder”, diz Rogério Marinho a Fátima e bancada sobre Oiticica

"Não há tempo a perder", diz Rogério Marinho a Fátima e bancada sobre Oiticica

O envio de verba para conclusão de importantes obras que trarão segurança hídrica ao Rio Grande do Norte, especialmente para o Seridó e regiões adjacentes, foi o tema central da reunião entre a governadora Fátima Bezerra e o ministro potiguar Rogério Marinho, na noite desta terça-feira (10), na sede do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), em Brasília.

Ao lado do secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), João Maria Cavalcanti, ela relembrou o compromisso firmado pelo ex-titular do MDR, Gustavo Canuto, de encaminhar ao Rio Grande do Norte os montantes necessários para acelerar a conclusão das obras da Barragem de Oiticica, que será o terceiro maior reservatório hídrico do Rio Grande do Norte, e da construção da comunidade Nova Barra de Santana, planejada para abrigar as 240 famílias que deverão ser realocadas quando da conclusão de Oiticica, e que havia sido retomada nesta atual gestão. A governadora solicitou, ainda, ao diretor geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS, José Rosilonio Magalhães de Araújo, também presente à reunião, que entre nessa luta com o RN.

“Explicamos toda a situação e o ministro Rogério Marinho reiterou o compromisso que havia sido assumido pelo ministro anterior, que é a liberação de recursos para que a gente possa acelerar essas obras, sobretudo pelo que elas representam para o povo do Seridó e para o povo do Rio Grande do Norte. Falamos também acerca do Projeto Seridó, que vai garantir segurança hídrica pelos próximos 50 anos para boa parte do Estado”, disse Fátima, informando que apresentou ao ministro o projeto Seridó, que já está incluído no plano nacional de segurança hídrica, dada a sua importância para o Seridó, interligando bacias.

Sensível às ações, o ministro reiterou o compromisso da continuidade a essas parcerias em prol do RN, que vão assegurar os benefícios aos quais a população do estado tem direito.

“Queremos erradicar o carro-pipa de forma inteligente e eficaz, oferecendo apoio técnico aos Estados e municípios. É preciso trabalhar de forma integrada, buscar recursos em todas as instâncias de governo, junto aos Fundos Constitucionais, Ministérios, bancadas e também à iniciativa privada, para que os bancos invistam em projetos integradores da Região Nordeste, Norte e Centro-oeste. Este será um processo de muita conversa e pouco tempo, pois não temos tempo a perder”, ressaltou Rogério Marinho.

Em sua pauta, Fátima também reivindicou a liberação de recursos por parte do MDR para dar seguimento às obras de recuperação da Barragem de Passagem das Traíras, quarto maior reservatório da região, localizado entre os municípios de São José do Seridó, Jardim do Seridó e Caicó.

Grande Ponto

Deixe uma resposta

Open chat