Dia: 23 de janeiro de 2020

Styvenson exibe conversa no WhatsApp em que prefeito recusa verba federal

O senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) expôs trechos de uma conversa que teria mantido pelo aplicativo WhatsApp com o prefeito Atevaldo Nazário, do município de Encanto, no Oeste Potiguar. Nas mensagens, o prefeito aparece recusando uma verba de R$ 250 mil, que estaria sendo articulada por Styvenson junto ao Governo Federal e que seria destinada para a construção de um abatedouro na região.

Na conversa, Styvenson pede ao prefeito que regularize algumas pendências para que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) libere os recursos. Entre os impedimentos para o envio da verba, estaria a inscrição da Prefeitura de Encanto no Cauc, um cadastro de inadimplência mantido pelo Governo Federal. A inscrição nesse sistema impede a transferência de recursos federais para estados e municípios.

“O contrato de repasse do ministério da agricultura está aguardando publicação, mas o município continua com pendência no Cauc. Consta também várias diligências no contrato que precusam (sic) ser atendidas o mais rápido possível”, escreveu o senador, para o prefeito.

Inicialmente, foi divulgado que a verba – no valor de R$ 250 mil – seria proveniente de uma emenda parlamentar indicada por Styvenson no Orçamento Geral da União (OGU) em 2020, mas o senador não apresentou emenda neste teor. O Agora RN perguntou à assessoria do parlamentar qual é a origem dos recursos que ele está intermediando e aguarda esclarecimentos.

Em resposta à mensagem de Styvenson, o prefeito teria escrito – segundo as conversas divulgadas pelo senador – que não teria interesse nos recursos e que preferia receber um ônibus. O dinheiro disponibilizado, teria dito o prefeito, não daria para executar toda a obra.

“Se for o matadouro vou querer não.. / Primeiro 250 não dar nem para começar / Eu iria ficar com uma obra sem condições de terminar / Fico aguardando os ônibus caso o senador possa ajudar Encanto agradecerá”, escreveu o prefeito, em quatro mensagens separadas.

Em entrevista à Rádio Obelisco, de Pau dos Ferros, o senador repudiou as falas do prefeito e destacou que não teme processo por divulgar a conversa. “Não tem conversa particular entre entes públicos. Não tem conversa particular entre prefeito e senador. A população vai saber. Então, não converse porcaria comigo não. A população sabe com quem está lidando, sabe com quem está conversando”, afirmou Styvenson.

O Agora RN procurou o prefeito, mas ele não atendeu aos telefonemas da reportagem.

Deputado Eduardo Bolsonaro receberá título de Cidadão Natalense no dia 13 de fevereiro

Foto: Alan Santos/PR

Está marcada para o dia 13 de fevereiro solenidade da entrega do título de “Cidadão Natalense” para o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro. A honraria deverá acontecer no plenário da Câmara Municipal de Natal.

Vale lembrar que a entrega do título de “Cidadão Natalense” para Eduardo Bolsonaro foi aprovada pela Câmara de Natal em novembro de 2019. Na sessão, os vereadores autorizaram a homenagem por 17 votos a 6. O reconhecimento foi proposto pelo vereador Cícero Martins (PSL).

Autor da solicitação da homenagem, o vereador Cícero Martins alega que Eduardo Bolsonaro articulou, junto ao Governo Federal, o envio de recursos financeiros para Natal e que poderá ajudar a capital potiguar em futuras negociações em Brasília.

BLOG DO BG

[CONFIRA] Imagens do 8° dia de festividade do Padroeiro

Já estamos no 8° dia de festividade do Padroeiro de São Paulo do Potengi, São Paulo Apóstolo. Ontem, 22 de janeiro, tivemos como noiteiros: Ministros Extraordinários da Eucaristia, Clinica LAPAC, Consultório Odontológico Aneíse Azevedo, Clinica Potengi, Memorial Monsenhor Expedito, Buffet e Espaço de Festas Algo Mais, Autoescola Potengi e Pizzaia Casabella.

Mais de 60 famílias foram homenageadas na noite de ontem, tivemos como celebrante Pe. Francisco de Assis da cidade de Serra Caiada.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé e área interna

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé e criançaFotos: PASCOM

Open chat