Dia: 22 de julho de 2019

Prefeita Socorro exemplo de gestão

Tendo uma boa avaliação dos munícipes, a prefeita Socorro dos Anjos está sendo um exemplo de prefeita para vários municípios do RN.

Por onde você anda em Serra Caiada ver o desenvolvimento do município a cada dia crescer.

Atenção Prefeitos, Serra Caiada a cada dia esta em desenvolvimento.

Sigam o exemplo.

Garibaldi e Walter Alves convidam Dr. Bernardo Amorim para o MDB

O presidente do MDB no Rio Grande do Norte, ex-senador Garibaldi Alves Filho, e o vice-presidente do partido, deputado federal Walter Alves, participaram, hoje (22) à tarde, de uma reunião com o deputado estadual Dr. Bernardo Amorim (Avante). Garibaldi e Walter convidaram o deputado para se filiar ao partido.

Após o encontro, o deputado estadual afirmou que se sente honrado com o convite e vai analisar a proposta. “A ida ao MDB é uma possibilidade que estamos analisando positivamente. Tenho respeito muito grande por Garibaldi e muita afinidade com Walter”, afirmou Dr. Bernardo Amorim.

Nas Eleições 2018, apesar de estarem em coligações diferentes, Walter Alves e Dr. Bernardo fizeram “dobradinhas” em diversas cidades, durante o primeiro turno. Ambos foram eleitos. Walter obteve 79.333 votos e Dr. Bernardo 42.049, sendo o terceiro deputado estadual mais bem votado no Rio Grande do Norte.

Secretário de Obras do município de São Pedro esta em Brasília em busca de recursos

O Secretário de Obras, Transportes e Serviços Urbanos do município de São Pedro, Victor Gadelha, se encontra na capital federal em busca de recursos para o desenvolvimento de São Pedro.

“Vivemos o momento muito difícil, com muitas necessidades e mãos atadas pela falta de verbas no município. Por isso, vim a Brasília com o “penico” na mão mendigando verbas, programas, auxílio ou seja o que for para ajudar nosso município que vem atravessando muitas dificuldades”, disse Victor.

Rombo da Previdência do RN chega a R$ 130 mi por mês, diz Ipern

Nereu Linhares, presidente do Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Norte — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A previdência do Rio Grande do Norte tem um rombo mensal de R$ 130 milhões, segundo o presidente do Instituto de Previdência do Estado (Ipern), Nereu Batista Linhares. O número servidores inativos já corresponde a mais de 51% da folha. De acordo com Linhares, além disso o Executivo arca com quase 50 mil aposentadorias de outros Poderes e órgãos.

“São entre 45 e 50 mil aposentadorias que o Ipern está pagando e não recebeu um centavo de custeio. E a própria Constituição Federal diz que a Previdência só pode retribuir aquilo que houve contribuição. É o Princípio Contribuitivo”, afirma Linhares.

Nereu Linhares explica que os demais Poderes e órgãos, com o Tribunal de Justiça e a Assembleia Legislativa, nunca repassaram o dinheiro para o pagamento das aposentadorias de seus servidores.

O presidente do Ipern defende que haja uma reforma que deve começar justamente por esse ponto. “A reforma é urgente, mas não pode ser do jeito que o Governo Federal está fazendo. Cada Poder e cada órgão precisa assumir a sua parte, a reforma precisa começar daí”. No entanto, o presidente do Ipern diz que qualquer tentativa de propositura estadual pode cair por terra após a definição da matéria da previdência que está sendo discutida em âmbito nacional.

G1/RN

Presidente da FIERN defende agilidade na aprovação da reforma no Senado

O presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo , destacou a necessidade do Senado garantir agilidade na aprovação da reforma da Previdência a partir de agosto, quando a votação deverá ser concluída na Câmara dos Deputados e enviada para apreciação dos senadores.

A reforma foi apreciada na Câmara, em primeiro turno, e a previsão é de que no início do próximo mês seja votada, em segundo turno, pelos deputados. “Esperamos que, a partir daí, no Senado, não apenas tenhamos o mesmo ritmo regimental, mas também seja ainda mais ousada, considerando o que todos já sabem, a situação é crítica em todos os níveis”, afirmou Amaro Sales.

A declaração foi na abertura do Seminário “Por que o Brasil Precisa da Nova Previdência”, na manhã desta segunda-feira (22), na sala de Conferência da Arena das Dunas, com a participação do secretário de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, do secretário de Trabalho, Bruno Dalcolmo, do presidente do INSS, Renato Rodrigues Vieira, do presidente da Frente Parlamentar Municipalista, Doutor Bernardo; o presidente da Fermurn, José Casimiro; do presidente da FETRONOR, Eudo Laranjeiras; da FAERN, José FIERN; do vice-presidente da FECOMÉRCIO, Luiz Lacerda, prefeitos, vereadores, empresários e demais dirigentes e gestores do Sistema FIERN.

Na ocasião, o presidente do Sistema FIERN fez também um reconhecimento aos agentes públicos que têm atuado para a aprovação da reforma previdenciária. “Neste particular merece o nosso reconhecimento, mais uma vez , ao empenho de Rogério Marinho, agora como secretário especial do Trabalho e Previdência. O seu nome foi inserido na história e tudo que tem feito a favor do futuro do país dignifica a memória de Djalma Marinho, seu avô, um dos melhores Parlamentares da Câmara em todos os tempos”, disse Amaro Sales.

O presidente do Sistema Fiern destacou também os votos favoráveis à reforma, no primeiro turno na Câmara, dos deputados João Maia, Fábio Faria, Walter Alves, Beto Rosado e Benes Loecádio. “Foram votos em favor do equilíbrio das contas previdenciárias”, afirmou. Ele citou também o deputado General Girão que, enfermo, não teve condições que comparecer à sessão de votação, mas participou das tratativas anteriores de apoio à reforma.

Amaro Sales acrescentou que a reforma da previdência marca um ciclo estruturante no Estado e no Brasil. “A nova Previdência ajudará o Brasil a ser, de fato, o país, do futuro”, concluiu.

Amaro Sales defende reforma da previdência estadual

Ao abrir o seminário “Por que o Brasil precisa da Nova Previdência”, na manhã desta segunda-feira (22), o presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo, fez uma enfática defesa da necessidade da reforma do sistema previdenciário incluir os estados e municípios. “A Nova Previdência aqui, é tão necessária quanto lá”, destacou.

Amaro Sales disse esperar que o Senado não apenas assegure o mesmo ritmo regimental que a proposta de reforma teve na Câmara dos Deputados, onde foi aprovada em primeiro turno e deverá ser apreciada em segundo turno, no início de agosto, como também inclua estados e municípios nas novas regras de aposentadorias e pensões.

Ele afirmou que essas mudanças são necessárias para que o sistema previdenciário seja equilibrado, com segurança para as próximas gerações, “que esperam ter, não apenas suas próprias aposentadorias, mas um Estado com condições de honrar suas obrigações”.

O presidente do Sistema FIERN apontou – no pronunciamento que antecedeu a palestra do secretário de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho – números que reforçam a necessidade de reforma da Previdência estadual. Atualmente, há 53 mil servidores ativos vinculados ao governo estadual, enquanto 43.204 estão aposentados e 10.832 recebem pensões. “Essas informações já indicam um forte indício de gravidade, considerando, em resumo, que no Regime de Repartição, na prática, os servidores ativos financiam os inativos. O resultado, segundo os especialistas é que o Rio Grande do Norte tem um déficit que pode superar R$ 1,5 bilhão no final do presenta exercício”, alertou.

O presidente do Sistema FIERN disse que tem mantido o diálogo com a governadora Fátima Bezerra sobre esse desafio que se apresenta ao Rio Grande do Norte. “Sei que o Governo do Estado tem sensibilidade para o diálogo”, ressaltou, ao dizer também que o problema da Previdência deve ser enfrentado independente do aspecto ideológicos e partidário.

A abertura do Seminário também teve pronunciamentos dos presidentes da FETRONOR, Eudo Laranjeiras; da FAERN, José Vieira; do vice-presidente da FECOMÉRCIO, Luiz Lacerda, acompanhados por deputados, prefeitos e vereadores. Também participam do seminário Bruno Dalcolmo, do presidente do INSS, Renato Rodrigues Vieira.

Previsão da semana: instabilidades na faixa leste do Nordeste vão continuar

Até domingo (28) RN terá céu nublado e pancadas de chuva no Leste e Agreste

De acordo com a análise e previsão do tempo, até o próximo domingo (28), a semana terá céu nublado e pancadas de chuvas no Leste e Agreste do Rio Grande do Norte devido a presença das instabilidades de origem oceânicas, associadas ao sistema de brisa. “Neste início de semana observou-se também uma intensificação do centro de Alta Pressão do Oceano Atlântico Sul, o que influencia no vento e mantém as condições de instabilidades na faixa leste do Nordeste. As temperaturas – tanto as máximas como as mínimas -, vão se manter abaixo das normais que deverão variar na capital entre as mínimas de 21 o C, as máximas de 28,5 o C”, revela o Gerente de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), Gilmar Bristot

Para a semana, as análises da gerência de meteorologia prevêem : segunda-feira (22) de céu nublado nas regiões leste e agreste com pancadas de chuvas. No interior do RN, predominância de céu parcialmente nublado a claro com possibilidade de chuvas isoladas. Terça-feira (23), com céu nublado nas regiões leste e agreste com pancadas de chuvas. No interior predominância de céu parcialmente nublado a claro com possibilidade de chuvas isoladas. Na quarta-feira (24) – céu parcialmente nublado com pancadas de chuva no Litoral Leste e Agreste, parcialmente nublado a claro nas demais regiões.

A quinta-feira (25) de céu parcialmente nublado a claro com pancadas de chuva no Litoral Leste e Agreste e parcialmente nublado a claro nas demais regiões. Na sexta-feira (26) o céu estará parcialmente nublado a claro em todo o Estado, com pancadas de chuvas fracas ao longo da faixa litorânea leste. No sábado (27) de céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado, com pancadas de chuvas fracas ao longo da faixa litorânea leste. O domingo (28) será de céu parcialmente nublado a claro em todo o Estado, com pancadas de chuvas fracas ao longo da faixa litorânea leste.

Prefeito de Bom Jesus, Clécio Azevedo, participa de seminário “Nova Previdência” em Natal

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

O prefeito do município de Bom Jesus, Clécio Azevedo juntamente com sua equipe da prefeitura, participou na manhã desta segunda, 22, do seminário “Por que o Brasil precisa da Nova Previdência?” que ocorreu na Sala de Conferência da Arena das Dunas.

O evento foi promovido pelo Sistema FIERN, FAERN, FETRONOR e FECOMÉRCIO. O secretário Nacional do Trabalho, Bruno Dalcolmo, e presidente do INSS, Renato Rodrigues Vieira, participaram do seminário. O seminário “Por que o Brasil precisa da Nova Previdência?” — teve como palestrante o secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho.

Juntamente com Clécio, participou a Coordenadora Geral da SEMTHAS, Camila Arruda; a Coordenadora do CRAS, Ane Karoline e Werliene Ferreira, Assistente Social do CRAS.

Clécio e sua equipe da Prefeitura de Bom Jesus

Em São Paulo do Potengi você encontra a Drogaria São Paulo

Com medicamentos, fraldas, perfumaria e muito mais, você encontra na melhor farmácia de São Paulo do Potengi na Drogaria São Paulo. Nossa alegria é a satisfação dos nossos clientes, somos uma farmácia completa de medicamentos.

A Drogaria São Paulo fica localizada no coração de nossa cidade, Centro, ao lado do Bradesco. Temos também Farmácia Popular.

Open chat