Coronel Azevedo, deputado estadual, deixará o PSL

Foto: Eduardo Maia

Com uma carta de autorização, escrita pelo Coronel Hélio Imbrósio presidente estadual da legenda, para a desfiliação do PSL, partido do presidente Bolsonaro, o coronel Azevedo deputado estadual, estará oficializando o pedido ao Tribunal Regional Eleitoral a sua desfiliação.

Azevedo decidiu deixar o PSL em virtude de divergências internas. Ele tem comentando com apoiadores que havia incompatibilidades com o atual direcionamento dado ao partido e para evitar conflitos graves, preferia deixar a sigla e fazer uma nova escolha partidária.

Tivemos essa informação de acordo com matéria publicada na Tribuna do Norte desta quarta, 15.

Deixe uma resposta