Natália Bonavides ignora violência e prisões na Venezuela e defende Maduro: “É o presidente que o povo elegeu”

A deputada federal Natália Bonavides emitiu uma nota sobre a grave situação política na Venezuela. No documento, ela ignorou todas as cenas de violência registradas nos dois últimos dias e defendeu presidente Nicolás Maduro. No mesmo documento, ela ainda pede desculpas ao povo venezuelano pela atuação do governo brasileiro e acusa Juan Guaidó de ser um mandatário do governo norte-americano.

Confira nota na íntegra

O governo Trump, através do golpista e “auto proclamado” presidente (!) Juan Guaidó, tentou hoje novamente dar um golpe na Venezuela. É extremamente maléfico e perigoso legitimar tais interferências estrangeiras em nosso continente, notadamente para o nosso país, abundante em riquezas naturais que hoje estão em disputa, como o petróleo, e outras que serão foco de conflitos no futuro, como a água.

Nossa solidariedade ao povo venezuelano e nossas desculpas pelas posições do governo brasileiro, que, através do presidente, busca deixar em aberto a possibilidade de intervenção militar – opção essa rechaçada pelas próprias forças armadas brasileiras.

Maduro é o presidente que o povo da Venezuela elegeu, e só o povo venezuelano é quem tem a soberania para decidir seus rumos. Reforçamos os apelos internacionais para o fim do embargo econômico que vem castigando a população do país; e que a busca pela paz respeite a soberania popular e a autodeterminação dos povos.

BG

Deixe uma resposta

Open chat