Dia: 19 de março de 2019

Paulinho Freire: “Gestão de Álvaro Dias é melhor e Carlos Eduardo fazia feijão com arroz”

Para o presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Paulinho Freire (PSDB), a gestão do prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), é melhor do que a realizada pelo ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT). O parlamentar ainda criticou o ex-gestor, a quem classificou como responsável por uma administração “feijão com arroz”.

Quando questionado se Álvaro Dias fazia uma gestão melhor que seu antecessor, Paulinho foi enfático: “Eu acho”. Em seguida, disse que “Carlos [Eduardo Alves] passou seis anos falando mal de Micarla [de Sousa], ele surfou na desgraça de Micarla, mas os problemas da cidade mesmo não foram resolvidos e Álvaro herdou isso”. E acrescentou: “a verdade é que Natal vem há muito tempo com o feijão com arroz. O cara diz: o salário tá em dia, a cidade tá limpinha e isso já é bom. E não é isso, eu acho que o cidadão quer que o prefeito atue principalmente nas situações de infraestrutura”, avaliou o presidente da CMN em entrevista nesta terça-feira (19) ao programa Hora Extra da Notícia, da 91.9 FM.

Ao atual prefeito, Paulinho não poupou elogios. Segundo ele, Álvaro Dias tem demonstrado muita vontade de acertar e tem trabalhado intensamente para conseguir recursos para o município em Brasília.

Paulinho Freire defendeu ainda que Álvaro revele à sociedade natalense como recebeu o município de Carlos Eduardo Alves, algo que já deveria ter feito no início de sua administração. Ao não fazer isso, o prefeito corre um sério risco, na opinião do vereador.

“O prefeito Carlos Eduardo, quando recebeu de Micarla, expôs à sociedade como recebeu o município. Eu acho que Álvaro corre um risco. Ou ele pegou tudo bem ou ele corre o risco de, no futuro, ser cobrado, aí não adianta mais”, afirmou Freire.

Brasil e EUA selam “aliança promissora” em Washington

Os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump tiveram encontro privado no Salão Oval da Casa Branca, em Washington, seguido de almoço de trabalho Unidos na tarde desta terça-feira (19) e declaração conjunta à imprensa. Juntos, ressaltaram uma perspectiva promissora de crescimento nas relações bilaterais e no comércio entre os dois países. “Mais uma vez expresso o meu reconhecimento ao presidente Trump neste dia em que selamos aliança promissora entre as duas maiores democracias do ocidente”, declarou o presidente Bolsonaro.

Os Estados Unidos declararam apoio ao Brasil para ingresso na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). “O apoio americano ao ingresso do Brasil na OCDE será entendido como um gesto de reconhecimento que marcará ainda mais a união que buscamos”, declarou o presidente brasileiro, em declaração à imprensa, depois da reunião.

 Donald Trump disse que pretende “designar o Brasil como um aliado” fora e dentro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) — organização militar comum de defesa, com 28 países-membros.

Jair Bolsonaro agradeceu a “calorosa hospitalidade” recebida em sua primeira visita bilateral e fez um convite ao presidente norte-americano para também visitar o Brasil. “Sempre fui um admirador dos EUA e essa admiração aumentou com a chegada do presidente Trump à presidência. Agora, este nosso encontro abre um capítulo inédito na parceria entre os dois países”, sublinhou. 

Bolsonaro acrescentou que as reformas que estão sendo implementadas no Brasil, o transformarão em um “parceiro ainda mais atraente”. A isenção de visto que o Brasil acaba de anunciar, segundo Bolsonaro, também ajudará a estimular o turismo e mais negócios no País.

Segundo o presidente brasileiro, o Brasil continua fazendo negócios com o maior número de países possíveis, “apenas esse comércio não mais será direcionado pelo viés ideológico”.

Venezuela

A Venezuela também estava na pauta do encontro. “O restabelecimento da democracia na Venezuela, é de interesse comum dos nossos governos”, afirmou Jair Bolsonaro.

Ainda em declaração à imprensa com o presidente Trump, Bolsonaro afirmou que o Brasil está a postos para ajudar a levar democracia à Venezuela.  “Hoje o povo passa fome, sofre violência, sofre com falta de medicamentos. Uma coisa terrível que acontece lá e nós temos de somar esforços sim, para botar um ponto final nessa questão que é ultrajante para o mundo todo”, acrescentou.

Donald Trump

O presidente dos Estados Unidos agradeceu a visita do presidente brasileiro, com quem disse ter feito uma “excelente reunião” e assinalou que os povos dos Estados Unidos e do Brasil estão unidos por valores comuns, além de constituírem duas das maiores democracias do Ocidente. O presidente norte-americano disse que Bolsonaro é “um líder extraordinário”, por ser um aliado na luta contra o socialismo no mundo e por ajudar os EUA nos esforços para tentar levar a democracia de volta à Venezuela.

Visita EUA

O presidente brasileiro chegou aos Estados Unidos no último domingo (17) para sua primeira visita oficial ao país. Bolsonaro se hospedou na Blair House, residência que o governo norte-americano reserva para chefes de Estado em visitas oficiais. Hoje, o presidente também colocou flores no túmulo do soldado desconhecido, no Cemitério Nacional de Arlington.

Dia de São José é celebrado em Angicos com expectativa de um bom inverno

A governadora Fátima Bezerra assistiu na manhã de hoje (19) à tradicional missa de São José, no município de Angicos, na região central do RN. Considerado o padroeiro da família e também chamado pelos sertanejos de “o santo da chuva”, que traz esperança de um bom inverno, a festa teve início no dia 10 de março e foi finalizada na tarde desta terça-feira com a procissão. “É com muita satisfação que eu participo da festa dedicada a São José, o santo que simboliza a chegada do inverno para o homem e a mulher do campo”, afirmou Fátima.

Com seus guarda-chuvas a postos, na expectativa da tão aguardada chuva, a população participou atentamente da missa celebrada pelo arcebispo metropolitano Dom Jaime Vieira Rocha e pelo padre Jailton Soares da Silva, pároco de São José dos Angicos. Na ocasião, ele solicitou a D. Jaime que conceda o título de Santuário Josefino Diocesano à matriz de São José dos Angicos, no ano de 2020, quando completará 150 anos, o qual teve seu pleito de pronto atendido. “O povo trabalhador da nossa região, que da terra cultiva o sustento da sua família, tem uma personalidade forte e que se identifica bastante com o padroeiro”, disse o pároco.

Referindo-se à campanha da fraternidade, D. Jaime fez uma analogia com José do Egito, que segundo a Bíblia foi ministro do faraó e alertou que haveria sete anos de seca. “Ele armazenou alimento para os anos de seca. Isso que ele fez foi uma política pública, que nada mais é do que uma intervenção do poder público para a população, ou seja, são ações do governo para atender aos anseios e necessidades do povo”, declarou.

A missa foi realizada na praça José da Penha, em frente à igreja, teve início por volta das 9h30 e contou com a presença de Samanda Alves (secretária adjunta do Gabinete Civil), Deusdete Gomes (prefeito), Ivaneide Gomes (secretária de ação social do município), Edileuza Palhares (vereadora), Neto de Dezin (vereador), Rosalba Ciarlini (prefeita de Mossoró), Garibaldi Filho (ex-senador), dentre outras lideranças da região.

Região Central receberá Policlínica

Depois de participar da missa, Fátima Bezerra prestou contas à população durante entrevista à Rádio Cabugi Central 104 FM. Ela comentou sobre as ações em execução para reestabelecer o equilíbrio financeiro fiscal do Estado. “Paralelo ao esforço que temos feito, catando moeda, revisando contratos, economizando nas contas, estamos buscando recursos extras para quitar as folhas atrasadas”, destacou ao anunciar que nesta quinta-feira (21) haverá uma nova negociação para a venda dos royalties e que está em curso a renegociação da folha de pagamento com os bancos. “Quando os recursos extras entrarem terão destino certo: pagamento dos servidores”, acrescentou.

Ela também comentou que além de a gestão estar focada em colocar em prática o plano de recuperação econômica, busca também criar um ambiente favorável para a geração de emprego e renda, atraindo investidores para o estado, e citou o diálogo com empresas como Potiporã, Grupo Vicunha Têxtil, Enerfín (energia eólica) e Coteminas.

Outra área abordada na entrevista foi a saúde. “Vamos honrar um compromisso de campanha e criar a rede de policlínicas do RN e garanto que haverá uma policlínica na região central”, enfatizou para os ouvintes. A governadora afirmou ainda que está no planejamento das ações de saúde, recuperar o Hospital Regional de Angicos.

BASTIDORES DA POLÍTICA: De diretora para pregoeira do município

Publicado no Diário Oficial da FEMURN desta segunda-feira, 18, o município de São Paulo do Potengi/RN tem uma nova pregoeira oficial da cidade. Trata-se da ex-diretora do Hospital Regional de nossa cidade,
Josefa Aliete do Nascimento.

De diretora para pregoeira do município…

MP emite recomendação para combater nepotismo em município no interior potiguar

A prefeita do município de Tenente Laurentino Cruz, na região Seridó do Estado, tem 10 dias para exonerar seu irmão da função de Chefe de Gabinete. Foi o que recomendou o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) por meio da Promotoria de Justiça de Florânia, em ato publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (19).

Além dele, a chefe do executivo municipal deve exonerar todos os ocupantes de cargos comissionados ou funções de confiança que detenham relação de parentesco consanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau com qualquer das pessoas ocupantes dos cargos de Prefeito, Vice-Prefeito, Secretários municipais, Vereadores do referido Município ou cargos de direção, chefia ou assessoramento.

Na recomendação, o MPRN descreve que constatou que Francisco Assis de Morais Araújo é irmão da prefeita do Município de Tenente Laurentino Cruz e foi nomeado ao cargo de Chefe de Gabinete, o qual não possui natureza política. A Promotoria de Justiça destaca no documento que “ao analisar as atribuições do cargo de chefe de gabinete do município, evidencia-se que o mesmo não alça à formação da vontade superior da Administração Pública, característica respectiva à condição de Secretário Municipal, vez que este, de fato, possui natureza política, ao passo que aquele, não dispondo a Legislação Municipal de modo diverso, possui natureza administrativa, de modo que o caso apresentado deve ser solucionado com a aplicação da Súmula Vinculante do Supremo Tribunal Federal que disciplina os casos de Nepotismo”.

O MPRN advertiu a gestora que o descumprimento da recomendação ensejará a adoção das medidas cabíveis, inclusive pela via judicial.

Deputado Coronel Azevedo permanecerá no PSL e descarta a sua candidatura a Prefeito de Natal

O deputado estadual Coronel Azevedo disse ao Blog da Thaisa Galvão que não tem nenhum interesse em deixar o PSL.

“Vou cumprir meu mandato de deputado”, declarou Azevedo, que confirmou a conversa com o presidente nacional do PSV, Pastor Everaldo, quando ele esteve em Natal na semana passada.

Também não está nos seus planos ser candidato a prefeito de Natal.

O deputado disse que foi convidado pelo Pastor para se filiar ao PSC, mas não agora, e sim bem antes da campanha, quando ele ainda não havia se filiado ao PSL.

Governo Fátima reduz gasto com diárias comuns, mas investe em Segurança, diz secretário

O governo da professora Fátima Bezerra não só reduziu o volume de diárias como fez melhor uso delas, declara o secretário estadual do Planejamento e das Finanças (Seplan), Aldemir Freire. Ele explicou que o Governo optou por investir em Segurança e elevar, de forma justificada, os rendimentos ou diárias operacionais, que são os recursos pagos aos profissionais da área de Segurança Pública em períodos como os da Operação Verão e do carnaval, por exemplo”, acrescentou Aldemir.

Aldemir explica que, no acumulado de 2015 a 2018, sempre levando em consideração a execução do primeiro trimestre, o governo anterior destinava aproximadamente 53% das diárias pagas para as áreas de segurança. No governo Fátima o volume de diárias para a segurança pública respondeu por 95,7% do valor pago.

Além disso, é preciso considerar que o governo atual ainda teve que honrar aproximadamente R$ 1,21 milhão de diárias operacionais do mês de dezembro que não haviam sido pagas pelo governo anterior. “Foi justamente esse melhor uso dos recursos públicos que permitiu uma expressiva redução de 40,2% no número de homicídios nos meses de janeiro e fevereiro”.

Ele enfatiza que, “ao contrário do que tentam vender para a população” o total gasto com diárias comuns – que são aquelas pagas aos servidores que viajam em serviço – foi de R$ 534,9 mil, em 2015; R$ 1,06 milhão, em 2016; R$ 1,22 milhão, em 2017; R$ 1,34 milhão, em 2018; e R$ 146 mil este ano.