Dia: 18 de julho de 2018

“Fui governador e prefeito de Natal simultaneamente”, afirma Robinson Faria

Governador Robinson Faria (PSD) criticou gestão do ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo (PDT). Foto: José Aldenir / Agora Imagens

Pré-candidato à reeleição, o governador Robinson Faria (PSD) voltou a criticar o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), seu provável adversário na disputa pelo Governo do Estado. Desta vez de maneira mais sugestiva, em entrevista à 94 FM, Robinson destacou que sua gestão executou obras na capital que poderiam ter sido realizadas pela prefeitura – comandada, durante a integralidade do governo Robinson, por Carlos Eduardo.

“Tive que ser governador e prefeito. Algumas obras de mobilidade de Natal foram feitas pelo Governo do Estado. Governei o Estado e Natal, simultaneamente”, afirmou, sem citar Carlos Eduardo, o chefe do Executivo estadual, que está no cargo desde 2015.

Como realizações na área de mobilidade urbana, Robinson citou o Pró-Transporte, o viaduto da Redinha, o prolongamento da Avenida Prudente de Morais e o Anel Viário Metropolitano, que integra a Grande Natal ao Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. As duas últimas obras já foram entregues pela gestão estadual.

Além disso, o governador frisou que Natal recebe obras de saneamento básico. “É a obra mais importante. A zona Norte tinha 3% de área saneada. Hoje, este número já passa dos 94%. Mais de 58% da obra de saneamento da capital já está pronto. O natalense poderá ter orgulho de morar na única capital brasileira 100% saneada”, assinalou.

Na entrevista à 94 FM, Robinson lembrou que administra um Estado em meio a muitas adversidades. “É um governo de muita perseverança. Enfrentei o período mais difícil para um governante na história do Rio Grande do Norte. Foram sete anos de seca, Brasil quebrado, Petrobras quebrada, e tudo isso de uma só vez. Precisei de coragem para governar e enfrentar a crise”, acrescentou o gestor, enfatizando que, mesmo diante das dificuldades, executou obras estruturantes no Estado.

Agora RN

PRP rejeita aliança com Bolsonaro nas eleições; general Heleno não será vice

Do Estadão:

O Partido Republicano Progressista (PRP) recusou nesta quarta-feira, 19, indicar o nome do general da reserva Augusto Heleno para a vaga de vice na chapa encabeçada pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) para a disputa à Presidência nas eleições 2018. No dia anterior, o parlamentar havia indicado que anunciaria Heleno como vice.

Sem o PRP, Bolsonaro pode optar por uma chapa puro-sangue com um nome do próprio PSL na vice. Há quatro nomes em discussão. Uma das saídas, segundo apurou a reportagem, seria a indicação da advogada Janaína Paschoal, filiada ao mesmo partido de Bolsonaro, como vice. Ela é uma das autoras do pedido do impeachment da presidente cassada Dilma Rousseff e estava cotada para disputar o governo paulista ou uma vaga na Câmara dos Deputados.

“O partido dele não quis aliança alegando compromissos regionais. Usaram um argumento Tim Maia: do tipo, ‘me dê motivo’”, disse o deputado major Olímpio, presidente do PSL-SP e integrante da cúpula nacional da pré-campanha de Bolsonaro.

Sobre os motivos, Olimpo usou uma frase dita pelo ex-presidente Jânio Quadros ao renunciar a Presidência da República em 1961: “Jânio chamava isso nos anos 60 de forças ocultas”. Ele afirmou, ainda, que o PRP não interessava: “Nós queríamos a figura dele (do general). O PRP é indiferente para nós”, disse.

Incêndio destrói parte do arquivo da Prefeitura de João Câmara, RN

Incêndio atingiu sala do arquivo do novo centro administrativo da Prefeitura de João Câmara (Foto: Blog do Jasão)

Um incêndio parte do arquivo da Prefeitura de João Câmara, cidade distante 81 quilômetros de Natal, na manhã desta quarta-feira (18). A situação aconteceu no novo prédio do centro administrativo, e o fogo apagado pela Defesa Civil do Município.

De acordo com Neilton Silva, agente de proteção da Defesa Civil, o centro administrativo ainda não está funcionando. As secretarias da prefeitura, segundo ele, vão se mudar em breve para o local. No entanto, parte do arquivo do Município já havia sido armazenado na sala em que aconteceu o incêndio.

A prefeitura ainda não tem um levantamento a respeito do que foi danificado, bem como ainda não se tem o laudo que indique a causa do incêndio.

G1/RN

Presidenciável do PCdoB cumprirá agenda em Natal

A pré-candidata do PCdoB à Presidência da República, Manuela d’Ávila participará no dia 25 de julho, na Casa da Indústria, às 10 horas, do Fórum Fiern Caminhos do Brasil. Será a sexta edição do Fórum, que já trouxe a Natal nos últimos três meses os presidenciáveis João Amoêdo, Álvaro Dias, Jair Bolsonaro, Aldo Rebelo e Henrique Meirelles.

O evento tem como objetivo trazer os pré-candidatos à presidência da República ao estado para apresentarem suas propostas e ideias para o país.

Álvaro Dias descarta possibilidade de aliança com PSDB nas eleições 2018

Agência Estado

Pré-candidato do Podemos à Presidência da República, o senador Álvaro Dias negou com veemência a possibilidade de abrir mão de sua candidatura para ser o vice na chapa do PSDB nas eleições 2018. O senador afirmou que seu partido está “assumindo por inteiro” a candidatura ao Planalto e busca a adesão de partidos de centro para ganhar força na disputa de outubro.

“Falam da possibilidade de um entendimento com o PSDB, quando não existe nenhuma hipótese disso. Eu me lembro do Garrincha, ‘não perguntaram pros russos’. Na verdade não existe essa hipótese”, afirmou Álvaro Dias após proferir palestra na sede da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ).

“Eu estou nessa campanha para cumprir uma missão, que é combater de forma mais veemente esse sistema e propor um rompimento. Não há nenhuma hipótese, portanto, de recuo. Não há nenhum propósito de buscar um espaço mais confortável, de menos responsabilidade. Nós estamos assumindo por inteiro a responsabilidade dessa proposta de rompimento com o sistema e vamos até o fim”, insistiu o senador.

Dias foi mais longe e assegurou que terá inclusive o apoio de tucanos – ele foi filiado ao PSDB por mais de duas décadas. “Certamente eu terei apoio de muitos tucanos, mas institucionalmente esse apoio é inviável, porque o PSDB se sente no dever de ter um candidato próprio. Agora, será uma eleição de dissidências, uma eleição suprapartidária. Nos Estados, principalmente, nós teremos muitas dissidências. Eu espero ter apoio de muitos tucanos, sim”, considerou o senador.

Sem querer descartar qualquer apoio, Álvaro Dias disse que pode ser considerado o candidato mais ao centro na disputa deste ano. “Eu sou o candidato de uma proposta visível, clara, de rompimento com esse sistema. Eu não sei desenhar bem o que é centro, o que é direita, o que é esquerda, porque há uma esquizofrenia nesse debate. Na verdade, há uma anarquia partidária no Brasil”, comentou. “Eu advogo a tese de que devemos somar, o que há de bom de conteúdo na direita, na esquerda, somar e caminhar adiante. Se isso é ser centro, então eu posso ser carimbado como candidato de centro.”

O senador também disse que está tratando da adesão de pelo menos três siglas. “Eu busco apoio sim, porque nós precisamos ampliar nosso espaço de TV para poder ter oportunidade de mostrar nossa proposta a todo o País”, frisou. “O PRB, temos conversado, o PROS, o DEM… Mas nada definido, nada que signifique expectativa de sucesso.”

Bolsonaro deve anunciar general como vice nesta quarta-feira

O deputado federal Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência pelo PSL, deve oficializar o seu vice nesta quarta-feira. Em visita ao município paulista de Registro, nesta terça-feira, o político prometeu anunciar um militar para compor a sua chapa, de acordo com o deputado federal Major Olímpio, que o acompanha na viagem.

LEIA: Acusado de votar com o PT, Bolsonaro destaca protesto contra mensalão

Com o fim das negociações com o PR, o general da reserva Augusto Heleno Ribeiro Pereira (PRP) é o nome que deve ser confirmado. O militar é o responsável pelo programa de governo de Bolsonaro na área de segurança pública. A conveção do PSL está marcada para o próximo domingo, dia 22, no Rio de Janeiro.

Em entrevista ao GLOBO hoje, o general disse que está pronto para a função.

— O Bolsonaro prometeu que vai anunciar o vice amanhã e disse que será um general. Deve mesmo ser confirmado o General Heleno — disse Major Olímpio, presidente do PSL em São Paulo.

Mesmo na reserva, Heleno ainda é uma liderança no Exército. Ele ficou mais conhecido do público em geral em 2004, após assumir o cargo de comandante das Forças de Paz da ONU no Haiti. De volta ao Brasil, trabalhou no Alto Comando do Exército, antes de ser nomeado comandante militar da Amazônia, em 2008, no governo Lula. Na época, entrou em choque com o governo petista por causa da demarcação da resserva indígena Raposa Serra do Sol.

Em 2014, já na reserva, criticou o ofício enviado pelo Ministro da Defesa, Celso Amorim, à Comissão Nacional da Verdade (CNV) reconhecendo que as Forças Armadas praticaram tortura. Para Heleno, as Forças Armadas não devem admitir e nem pedir desculpas por violações aos direitos humanos durante a ditadura militar.

Depois da recusa do senador Magno Malta (PR) em ser vice de Bolsonaro, as conversas com o PR foram encerradas diante das exigências do chefe da legenda, Valdemar Costa Neto, que queria que aliança se estendesse para a eleição proporcional no Rio e em São Paulo. A intenção de Costa Neto era que, com a coligação com o partido de Bolsonaro, o PR aumentasse sua bancada, elegendo um número maior de parlamentares.

— Isso está fora de cogitação. Em São Paulo, o (deputado federal) Eduardo Bolsonaro será um grande puxador de votos. Muitas pessoas votarão apenas na legenda por causa do (Jair) Bolsonaro. Não vamos abrir mão de eleger mais deputados do PSL com uma coligação com o PR — justificou Major Olímpio.

Nesta terça-feira, Bolsonaro visitou muncípios do Vale do Ribeira, onde foi criado em Eldorado Paulista. Pela manhã, o pré-candidato esteve em Miracatu, onde visitou um irmão, e depois em Registro se encontrou com uma irmã e participou de uma reunião comerciantes locais. À noite, o parlamentar se reunirá com produtores de banana na cidade de Sete Barras.

O GLOBO

PP deve anunciar nesta quarta-feira apoio a Carlos Eduardo. PR vai anunciar apoio a Robinson Faria e o PSB ninguém quer

O PP deve anunciar nesta quarta-feira o apoio à eleição do ex-prefeito Carlos Eduardo, com direito da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini indicar o candidato a vice-governador da chapa. O Deputado Beto Rosado teve a garantia que a nominata para deputado federal será fortalecida para ele ter condição de renovar o mandato já que hoje só se elegeriam deputados federais nessa coligação o senador José Agripino e o deputado Walter Alves.

O PR deverá até segunda-feira 23, anunciar o apoio à reeleição do atual governador, Robinson Faria, fortalecendo a nominata e viabilizando sem problema a eleição de João Maia para deputado federal, George Soares, Terezinha Maia e Jorge do Rosário para deputados estaduais.

Já o PSB, presidido no Estado pelo deputado federal Rafael Mota, tem as portas fechadas tanto na coligação do governador Robinson Faria, como na coligação do ex-prefeito Carlos Eduardo, como também nas coligações do PT e do Solidariedade, que não cogitam sequer conversar devido ao problema que seria aceitar Rafael e Ricardo Mota na proporcional sem eles terem candidatos pequenos para fortalecer a nominata e levantar voto. Até uma tentativa de se compor com partidos menores por parte dos “socialistas” nesta semana deu água. Que situação ficou o PSB com a aventura da pré-candidatura do vice-governador Fábio Dantas.

Blog do BG

Prefeito Fernando Cunha: “Trabalho de Rogério Marinho tem sido fundamental para Macaíba”

O prefeito de Macaíba, Fernando Cunha, destacou a importância do mandato do deputado federal Rogério Marinho (PSDB) para o município da Grande Natal. O chefe do Executivo macaibense disse que o tucano é o deputado que mais tem destinado recursos para a cidade e que é graças a este trabalho que a Prefeitura tem conseguido realizar importantes obras com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população.

“O trabalho de Rogério Marinho tem sido fundamental para Macaíba, com a destinação de emendas importantes não apenas na área da saúde, mas também nos setores de infraestrutura e educação”, disse Fernando Cunha nesta terça-feira (17), durante reunião com lideranças do município. O evento ainda contou com a presença do próprio Rogério Marinho e da ex-secretária Ederlinda Dias.

Na oportunidade, inclusive, o prefeito anunciou mais R$ 500 mil em emendas destinadas por Rogério. Os recursos serão investidos na construção de um ginásio esportivo no bairro de Bela Vista, onde ambos estiveram minutos antes para se reunir com moradores do local. Também em parceria com o deputado, a Prefeitura espera anunciar em breve o início do calçamento de várias ruas no mesmo bairro.

Rogério Marinho agradeceu o reconhecimento do prefeito Fernando Cunha e disse que seu mandato está à disposição de Macaíba. “Nosso trabalho sempre foi voltado para atender as necessidades do povo potiguar. Em Brasília, temos atuado de forma conjunta com a Prefeitura para buscar recursos que possibilitem obras importantes para a população, em áreas consideradas essenciais. E vamos continuar com este objetivo, porque juntos podemos fazer Macaíba avançar muito mais”, disse o parlamentar.

Também participaram do encontro o presidente da Câmara Municipal de Macaíba, Gélson Lima, e os vereadores Silvan Freitas, Ismarleide Duarte, Dr. Antônio, João de Damião, Netinho França e Ana Catarina. O vice-prefeito Auri Simplício participou da reunião com os moradores do bairro Bela Vista, além de secretários municipais.

Erick Pereira lança livro sobre Reforma Política em Mossoró

O advogado Erick Pereira lançará na próxima sexta-feira (20) o livro “Reforma Política – Brasil República” em Mossoró. Será às 19h, no Memorial da Resistência, com entrada livre.

A publicação trata de sugestões e debate sobre a necessidade de uma reforma política no Brasil, com textos em formatos de artigos científicos.Todo o valor arrecadado com as vendas, será revertido para a Associação de Pais e Amigos Excepcionais (Apae) de Mossoró.

O livro é também uma homenagem ao decano do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Celso de Mello, e foi editado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

São 25 artigos escritos por ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além da participação de renomados professores na área do Direito.

“É uma coletânea de artigos sobre a necessidade de uma reforma política nesse momento de tanta turbulência no nosso país. Há uma pluralidade de opiniões, que enriquecem o debate. No RN, vamos lançar em Mossoró, como uma forma de prestigiar o advogado do interior”, afirma Erick Pereira.

O livro já foi lançado em Brasília, São Paulo e chega ao Rio Grande do Norte, por Mossoró.